28 outubro 2018

Aceitar é mais penoso que resistir



Como a Terra nós possuímos um campo magnético com exclusiva assinatura energética como uma digital que nos torna únicos e vivendo coletivamente criamos vínculos energéticos que criam e mantêm essa realidade.

Tudo no Universo vibra, os átomos em você e em seu entorno vibram em freqüências diferentes para se tornar percebido.

Seus pensamentos criam frequências que se transformam em palavras e atitudes que elevam ou rebaixam sua vibração e isso é tudo que importa

A realidade coletiva faz parte de um entrelaçamento quântico e kármico do qual todos fazemos parte, a física existe para todos e a lei do retorno é um ajuste universal

O inconsciente coletivo brasileiro vibra numa faixa ainda muito densa de extrema polaridade. Caos é produto de ignorância  e manifesta o medo que gera o egoísmo, o ódio, a hipocrisia, a falta de solidariedade e de generosidade. O amor é ausência de medo, que manifesta exatamente o contrário, a bondade, a generosidade, a solidariedade e o conhecimento

Nunca antes a hipocrisia se manifestou com tanta intensidade como neste momento na sociedade brasileira, máscaras caíram porque a escolha dos candidatos durante todo o curso dessas eleições serviu apenas de espelhos, um reflexo de nossas crenças, caráter e atitudes no dia a dia

Aceitar a manifestação de algo que parece não fazer parte da sua realidade e que você custa acreditar que faça parte do interior de outra pessoa é a chave para compreender o processo e sabe por quê?
Porque compartilhamos da mesma realidade e esse entrelaçamento quântico e kármico impõe que façamos a diferença e nosso melhor para efetivar uma realidade baseada no amor e na verdade e não no medo e na mentira.

A numerologia e a astrologia já previa o resultado que a muito custo tenho tentado repelir, porque aceitar é mais penoso que resistir. Só quando aceitamos nossas sombras podemos desenvolver a capacidade de melhorar aquilo que precisa ser melhorado e assim aceitar também a sombra coletiva dos brasileiros, sua hipocrisia, seu jeitinho brasileiro, seu modus operandi

Essa eleição descortinou nossa sociedade que permanece nas zonas de freqüências mais baixas da intolerância, da violência, do preconceito e da hipocrisia. Não existe 1 neofacista, existem milhões deles! O cenário ficou perfeito pra libertar o lobo mal interno de cada um e isso não deixa de ser um passo muito pequeno de assumir e lidar com suas próprias sombras. Você deixa sua assinatura energética na urna

Parece que o sistema sempre ganha, mas o que te define verdadeiramente é o que VOCÊ FAZ INDIVIDUALMENTE para garantir no hoje que amanhã você será diferente, melhor, mais sábio, mais perto da vibração do amor do que do medo, o Brasil é apenas a soma de todas as situações espirituais, que façamos da nossa situação individual a mais elevada para refletir no coletivo.
Ravena