24 novembro 2009

Satélite que monitora condições climáticas na América do Sul será desativado em dezembro

Satélite que monitora as condições climáticas na América do Sul será desativado pelos EUA

A previsão do tempo, hoje com 98% de acerto, pode ter a margem de eficiência reduzida a menos da metade - em torno de 45% - a partir de dezembro. Isso porque o principal satélite responsável por monitorar as condições climáticas na América do Sul vai ser desativado.

O GOES 10 pertence aos Estados Unidos, que o consideram lixo espacial e vão derrubá-lo por considerá-lo obsoleto e caro: custa mais de 10 milhões de dólares por ano em manutenção e equipe. Ele está virado para a América do Sul há dois anos por acordo internacional.

O coordenador do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do INPE, Luis Augusto Machado, diz que diversas áreas vão ser prejudicadas: as enchentes de Santa Catarina ou uma grande queimada na Amazônia, por exemplo, poderão passar despercebidas.

O meteorologista do Instituto Somar, Marcel Rocco, diz que a alternativa imediata será usar outro satélite, o GOES 12, que também pertence aos Estados Unidos e está igualmente sucateado. Segundo uma fonte do governo, o Brasil foi avisado da derrubada do satélite há 5 meses, manteve o assunto em sigilo e não adotou nenhuma providência.

O ministro de Ciência e Tecnologia, Sérgio Rezende, foi a Washington na última sexta-feira em busca de um acordo. Os Estados Unidos disseram que um posicionamento do satélite GOES 12 direcionado para a América do Sul só será possível em maio - até lá, serão quase 6 meses sem previsão do tempo precisa.
Ouça a reportagem de Marcelo Freitas na íntegra no site da BandNews FM: http://bandnewsfm.band.com.br/conteudo.asp?ID=226701

Fontes e Links:
http://www.motonline.com.br/default.asp?cod=13792&categoria=9
http://bandnewsfm.band.com.br/conteudo.asp?ID=226701
http://satelite.cptec.inpe.br/home/

É um absurdo que na mídia não se comente absolutamente nada a respeito disso. Li essa matéira num jornal regional por nome Metroabc hoje, "jornalzinho" local da região do ABC do Estado de São Paulo, então fiz uma busca na internet pra chegar a uma conclusão, e por mais incrível que possa parecer, é a pura verdade. Sinceramente não consigo pensar se isso é pura incompetência dos governo sulamericanos ou se existe algo mais sujo do que a própria incompetência, por que em meio a tantas catastrófes que o Brasil vem atravessando devido ao tempo, nem fará falta um satélite que nos possibilita uma melhor ou maior probabilidade de previsão de tempo, não é mesmo? Esse satélite nos passava imagens a cada 15 minutos, agora sem ele passamos a recebê-las a cada 3 horas. O Brasil não tem radar metereológico em todo o território, só em algumas regiões, assim as previsões que já não são tão precisas, vão ficar ainda pior.
Acho que podemos esperar catastrófes ainda piores nesse meio tempo, se é que vamos realmente poder contar com o GOES 12 em maio.
Acho tudo isso muito estranho, a mídia não divulga esses mini tsunamis que estão acontecendo no Sul, não divulga a desativação de satélites.

O que os governos(brasileiros e americanos) querem esconder?

É temos que aproveitar enquanto podemos a internet, porque quando a nossa farra acabar, estaremos preso somente à notícias que "eles" acharem por bem nos passar...

4 comentários:

  1. Enquanto assuntos como esses de suma importância sequer respingam na mídia, a medíocre e pseudo-celebridade Geyse(a da mini-sáia da Unibam) esta bombando em todos os sites e programas de tv.
    Um absurdo, é a total inversão de valores.
    A mediocridade em alta e o importante deixado as moscas!

    ResponderExcluir
  2. Parabens pelo 'furo' de reportagem... se nao fosse blogueiros como voce nao ficaríms sabendo de muitas coisas!

    ResponderExcluir
  3. Pois é Adriano, as pessoas e seus valores invertidos, infelizmente estamos vivendo num mundo onde a Geyse é a notícia do momento, onde as novelas ditam as leis morais, o que vestir, o que comer, como se comportar... Onde o que interessa é a exploração do corpo na sua forma mais vulgar, intensificado por músicas e vídeos igualmente vulgares. As pessoas não se conhecem, não sabem quem são, porque só sabem imitar comportamentos...Enquanto isso, é inexistente na mídia notícias realmente importante como essa. É lamentável!
    Abraço

    ResponderExcluir
  4. Olá Sonia, muito obrigada.
    Seja bem vinda ao meu humilde blog.
    Só não quero mais ficar calada, quero ser uma gotinha de informação nesse oceano de desinformação, pra que pessoas como você interessada nas verdades, possam ter mais um blog interessado em ajudar na divulgação sem mentiras , estamos todos aprendendo juntos, pois estamos sempre em constante troca de informações.
    Agradeço seu comentário e me visite sempre.
    Beijo

    ResponderExcluir

Comentário anônimo não será mais publicado devido a inúmeras discussões sem o menor sentido que alguns sem sintonia nenhuma no blog insistem em discutir com o objetivo de tumultuar o espaço que é feito para complementar e compartilhar informações e opiniões (não ofensas), a identificação também facilita o "diálogo".