06 dezembro 2009

Farsa do Aquecimento Global na Fox News por Glen Beck

Às vésperas de uma conferência mundial sobre mudanças climáticas. Mensagens trocadas ao longo da última década entre os maiores nomes da comunidade científica que defendem a influência humana no aquecimento global revelam tentativas de manipulação de dados e sonegação de informações no que alguns cientistas já classificam como uma "conspiração" para fraudar a ciência. Tudo veio à tona após hackers terem invadido os computadores da Universidade de East Anglia, na Inglaterra, um dos principais centros mundiais de pesquisa sobre as mudanças climáticas. Mais de mil arquivos foram roubados, incluindo 1.079 emails e 72 documentos, trocados ao longo dos últimos 13 anos entre os cientistas. O material inclui mensagens de James Hansen, diretor do Goddard Institute for Space Studies da NASA; Michael Mann, famoso pelo gráfico hockey stick que produziu para mostrar que a Terra passa pelo período mais quente em mil e anos e que depois foi acusado de ser uma fraude matemática; Gavin Schmidt, especialista em modelagem climática da NASA; e Stephen Schneider, professor da Universidade de Stanford e consultor de Al Gore. Em comunicado, a universidade de East Anglia confirmou a invasão de seus computadores, mas se negou a dizer se os arquivos que passaram a circular pela internet eram autênticos. Esse escandâlo ficou conhecido como Climategate. Veja o jornalista Glen Beck falando a respeito na Fox News:

Glenn Beck é um jornalista da FoxNews. Recentemente, lançou o livro “argumentando com idiotas”, e que, como centenas de outros, infelizmente nunca chegarão a ser publicados no Brasil.
Glenn Beck”, apresenta em seu programa opiniões em diversos assuntos, com ênfase nos mais polêmicos, que vão desde a medicina socializada até a nomeação de anti-americanos no governo americano. Assistido por mais de 55% da população dos EUA, Beck se empenha em mostrar, com provas, que a preocupação do atual governo americano se resume em “destruir a América como a conhecemos” (palavras dele).
Apesar disso, a diretora interina de comunicações da Casa Branca tem apontado o canal FoxNews como uma “emissora que na realidade não transmite notícias” e que é um “braço” do Partido Republicano e declarou a emissora como “inimiga do governo”.
Declarada inimiga, Fox News reage a Obama
leia mais aqui

Fonte: A Tribuna
http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20091015/not_imp450801,0.php

É parece que a guerra televisiva está servindo pra alguma coisa, no Brasil e fora dele, a informação nos leva a pensar e já que a televisão infelizmente é o meio mais popular, que se faça bom uso dela. Vamos torcer pra que essa "guerra" de informações continuem e que os envolvidos na verdade não se intimidem com os interessados em continuar a propagar as mentiras que lamentavelmente estam direcionando a humanidade pro buraco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentário anônimo não será mais publicado devido a inúmeras discussões sem o menor sentido que alguns sem sintonia nenhuma no blog insistem em discutir com o objetivo de tumultuar o espaço que é feito para complementar e compartilhar informações e opiniões (não ofensas), a identificação também facilita o "diálogo".