18 dezembro 2009

Nascer é que é o problema, e não morrer...

Acredito na reencarnação e no principio de evolução, porque a verdade é exatamente essa.
Nascemos, vivemos, erramos, acertamos, para nascer, viver, errar e acertar, quantas vezes forem necessárias para que se alcance em nós a perfeição.

Nosso Criador é justiça, bondade, perdão, nunca nos condena, mas nos auxilia através de suas leis que são imutáveis e justas.
Nosso Universo é como o Brasil, cheio de diversidades! Existem seres mais e menos evoluídos.
Nunca estamos sozinhos, vivemos numa dimensão que nos possibilita estar sempre acompanhados. A afinidade de sentimentos, pensamentos e vibrações é que nos faz sintonizar com tais “companhias”.
Sendo a verdade como é, é só esperar, hoje existem pesquisas e ciências que estudam tudo que nos cerca, Física Quântica, Metafísica e outras tantas.
Vou compartilhar com você, uma pesquisa muito interessante:

A Dra Helen Wambach era uma psicóloga americana, devidamente credenciada pelo seu PhD e pelo processo da regressão da memória conseguiu reunir o mais importante acervo de dados científicos acerca dos antecedentes espirituais dos ser humano até agora.

A regressão da memória, basicamente consiste em, colocar uma pessoa em transe hipnótico ou magnético e fazê-la recuar gradativamente no tempo, em busca de lembrança do passado. A pessoa começa a lembrar-se de coisas mais recentes, passa pela juventude, infância, vai ao momento em que nasceu, ao tempo que estava ainda no ventre, ao período em que viveu como Espírito e finalmente, às vidas já vividas, por aí nesse grande mundo de Deus.

A técnica de indução da Dra Wambach consiste em propor ao paciente uma “redução de seu potencial elétrico das ondas cerebrais a cinco ciclos por segundo”. Segundo ela, embora o paciente não saiba, ao certo, do que se trata, sua “mente interna” (pra mim o Espírito) sabe.

As excelentes pesquisas da Dra. Contidas no seu livro Life before life, foram montadas em cima de perguntas básicas, formuladas depois que a pessoa regride ao período anterior ao do seu nascimento, ou seja no mundo Espiritual. (pesquisa baseada em 750 pacientes)

A Dra Wambach não está fantasiando, nem se dirigindo a uma “coisa”, a uma abstração ou hipótese, ela está falando com uma pessoa normal, inteligente, consciente, responsável, capaz de observar , concluir e expor suas idéias coerentemente, como qualquer adulto razoavelmente sensato e equilibrado.

De acordo com 90% de seus pacientes, surpreendentemente afirmam que morrer até que é bom, nascer é que é nada interessante. A consciência de cada ser não provém do feto, não faz parte integrante nele, apenas está nele. Na realidade o corpo fetal é restritivo e limitador, e muitas preferiam “a liberdade da existência sem o corpo”. Em outras palavras, era melhor não ter nascido.

Perguntas básicas e seus dados estáticos:

1 – Foi sua decisão nascer?
81% dos pacientes disseram que eles próprios haviam decidido renascer.
19% afirmaram que não tinham lembrança de nenhuma decisão ou que nada lhe ocorrera dizer, quando questionados.
2 – Como você se sente ante a perspectiva de viver a próxima existência?
68% declaravam-se relutantes, tensos ou resignados ante a perspectiva de viver nova existência. Somente 26% consideravam a nova oportunidade com certo otimismo, mas estavam interessados em fazer da vida um contínuo fluxo de prazeres , e sim, nutriam esperança de alcançar alguma conquista evolutiva.

3 – Há alguma razão pela qual você tenha escolhido nascer na segunda metade do século XX?

51% declararam ter decidido nascer nessa época “por causa de seu GRANDE POTENCIAL para MATURAÇÃO ESPIRITUAL” das pessoas. Houve quem dissesse que “muitos espíritos EVOLUIDOS estavam nascendo agora” e que “ estamos todos mais próximos da paz mundial, e de um sentimento de integração na humanidade com um todo”. Ou que “ muitas grandes almas estão vindo juntas”, para elaboração de “uma ERA DE OURO”, na qual “ mudanças monumentais começam a ocorrer e ainda ocorrerão”.
4 – Foi você que escolheu seu sexo?

Nenhum dos pacientes sentia que o “ verdadeiro ser interior de cada um fosse masculino ou feminino”, isso nos leva a evidência de que o libido é uma forma de energia e o sexo, em si mesmo, a resultante de uma polarização de tal energia.
Geralmente a escolha é feita de acordo com sua oportunidade de aprendizagem na nova roupagem.

5 - Qual seu objetivo na vida?

A cientista não observou nenhum projeto especial de desenvolver talentos ou faculdades, mas, "prioritariamente, aprender a relacionar-se com os outros e amar sem ser exigente e possessivo"
Deste grupo, 28% tinham consciência de haver trazido uma espécie de "mensagem" à humanidade, no sentido de que é preciso ser SOLIDÁRIO COM O SEMELHANTE e "desenvolver o consciente superior", ou seja, o conceito de que todos somos todos, primariamente SERES ESPIRITUAIS. Os pacientes foram praticamente unânimes em REJEITAR qualquer intenção para o AUMENTO DA RIQUEZA, DO STATUS E DO PODER".

6 - Você ja conheceu seus parentes, amigos e amantes?

87% declaram haver conhecidos seus pais, amantes, parentes e amigos de uma outra vida anterior. O relacionamento anterior pode ter sido o mais diversificado possível.

O nascer ainda constitui para a maioria uma espécie de provação, de mais um dever do que um prazer.

Na verdade todos nós nascemos com objetivos nobres de melhoria e aprendizado, a idéia de acúmulo de riqueza, status e poder é rejeitado pela maioria.

Infelizmente, o maioria dos objetivos não são concretizados e nós nos deixamos levar por paixões e tentações ilusórias da matéria.

O morrer é bom porque significa libertar-se, enquanto o nascer nos traz a incerteza, melancolia, inquietação, medo.

Vamos mudar a nossos sentimentos em relação a vida. Agradecer esta nova oportunidade e realizar o nosso melhor, não nos desviar do espiritual e ncarar tudo o que é material (e ilusório) como passageiro. Foi para isso que nascemos, para crescer espiritualmente.

O dinheiro, o poder, os bens materiais, sua posiçao social é mesmo tão importante? Não, não é, seu coração sabe a resposta.

Esse é o momento, escolhemos nascer nesse século, século que se confirma dezenas de profecias, a tão esperada "Era de Ouro".

Vamos aproveitar a oportunidade e fazer o nosso melhor, pois as dificuldades virão, e só aquele que trabalhar sua consciência, seu Espírito, sua mente, saberá enfrentá-las.

Paz e Luz a todos.

Pesquisa retirada do livro: Nossos filhos são Espíritos - Herminio C. Miranda



Um comentário:

  1. Caraca!!!! Esse estudo foi demais, valeu mais que muitas postagens com explicações mil. Realmente foca tudo que deveríamos "lembrar", mas o NASCER nos atrapalha. pelo menos depois da última manipulação genética feita pelos nibiruanos, já que escolheram uma raça que conviviam em paz com a natureza e se comunicavam telepaticamente com os animais, a ponto de os atrapalhar, desarmando suas armadilhas para capturar seus amigos (os animais) e isso seria (pra mim) um sinal que os Nibiruanos não eram vegetarianos e talvez... isso tenha sido genticamente transferido par nós. Parabens e muita Luz pra você.

    ResponderExcluir

Comentário anônimo não será mais publicado devido a inúmeras discussões sem o menor sentido que alguns sem sintonia nenhuma no blog insistem em discutir com o objetivo de tumultuar o espaço que é feito para complementar e compartilhar informações e opiniões (não ofensas), a identificação também facilita o "diálogo".