02 fevereiro 2010

Cientistas criam "oásis" de energia renovável no deserto - Projeto Sahara Forest

Esta ilustração apresenta o projeto Sahara Forest Foto: National Geographic

Parece utopia, mas não é.
O ser humano quando quer, realmente pode mover montanhas.
Se esse projeto realmente for adiante, acho que teremos boas surpresas no futuro. Pessoas interessadas em usar os recursos da natureza de forma inteligente e não destrutiva.
Isso sim é um projeto decente, revolucionário de caráter evolutivo mesmo. Ao contrário daquela porcaria do projeto HAARP, que inicialmente foi criado com objetivos plausíveis, mas corrompido pelo sistema militar de uma nação enlouquecida por poder.
Esse é um dos caminhos.
Realmente devemos manter a fé nas pessoas.
A humanidade ainda tem jeito!

Ravena


Cientistas criam "oásis" de energia renovável no deserto - Projeto Sahara Forest

Um "oásis" de energia renovável que deve ser construído em 2010 pode vir a servir como campo de provas para novas tecnologias cuja função será criar formas mais ecológicas de viver no deserto.
O centro de pesquisa planejado é parte do Sahara Forest Project - mas isso não significa que será construído na África. "Sahara" quer dizer deserto, em árabe, e o centro pretende ser uma versão em pequena escala dos grandes complexos ecológicos que os idealizadores do projeto esperam construir em desertos de todo o mundo.

Os especialistas estão agora examinando locais áridos na Austrália, Estados Unidos, Oriente Médio e África que possam receber a instalação piloto. "O Sahara Forest Project é uma abordagem holística para a criação de empregos locais, alimentos, água e energia, com o uso de soluções relativamente simples que imitam as formas de design e os princípios da natureza", disse Frederic Hauge, fundador e presidente da Bellona Foundation, uma organização sem fins lucrativos norueguesa.

Por exemplo, estufas especiais usariam o ar quente do deserto e água do mar para produzir água fresca para o cultivo de safras agrícolas, energia solar seria recolhida para gerar eletricidade e tanques de algas ofereceriam uma fonte renovável e facilmente transportável de combustível.
Além disso, plantar árvores perto dos complexos absorveria os gases atmosféricos causadores do efeito-estufa, como o dióxido de carbono, bem como restauraria a cobertura florestal perdida devido a secas e exploração madeireira.

4 comentários:

  1. Eu vi esse decomentario a aos tempos atras, alem desse mstrou outras tecnlogias e savo erro uma delas foi o cern, mas não falaram lá dos perigos do cern como é obvio. X)

    ResponderExcluir
  2. Parece que vão activar o cern de novo este mês, vem ai perigo. :|
    Outra coisa reparei agora nos meus erros ortográficos no comentário de cima é a pressa. lol

    ResponderExcluir
  3. ACrivelli - A Tribuna5 de fevereiro de 2010 06:00

    O ser humano quando quer é capaz de feitos extraordinários, mas só quando quer....o problema é que quase sempre, ele não quer nada com nada.

    ResponderExcluir
  4. Oi bluesharklima e Adriano,

    Vou pesquisar sobre esse cern, sinceramente não sei o que é isso! He he...

    E o ser humano pode tudo, mas realmente a indiferença é o estado da alma da maioria.

    Abraços

    ResponderExcluir

Comentário anônimo não será mais publicado devido a inúmeras discussões sem o menor sentido que alguns sem sintonia nenhuma no blog insistem em discutir com o objetivo de tumultuar o espaço que é feito para complementar e compartilhar informações e opiniões (não ofensas), a identificação também facilita o "diálogo".