24 março 2010

Por que eles não me escutam? Onde estou falhando? O que será dos meus?

Oi pessoal, estava desconectada! Meu computador quase morreu, então tive uma hibernação forçada! Mas para minha surpresa, ficou pronto hoje, então voltei ao trabalho!

Existe uma preocupação geral em meio a nossa comunidade (os despertos e despertando), todos estão extremamente preocupados em despertar, alertar, sacudir seus entes queridos.
Como fazer isso? O que será dos meus? Onde estou falhando? Por que eles não me escutam?
Acredito que a maioria já se fez alguma dessas perguntas.


Gente, adianta amarrar um alcólatra, dopá-lo e interná-lo numa clínica sem que ele queira?
Se ele não percebeu o quanto o álcool lhe faz mal e ainda sente prazer nas sensações que o mesmo produz, vai adiantar forçá-lo a mudar?

Já sabemos que as mudanças verdadeiras são realizadas dentro de nós e que no desejo de mudar, mudamos nosso comportamento e tudo ao nosso redor muda também. Esse processo na maioria das vezes é repleto de sofrimento e dor, mas deve acontecer naturalmente.
Ninguém muda se violentando, é exatamente o contrário: paramos de nos violentar quando mudamos.

Se é um processo natural, cada um de nós funciona de um jeito. Não dá para ensinar física nuclear a uma criança de 5 anos.
Todos estamos no processo evolutivo e cada um vive no seu mundo de ilusões.
Quando se começa a romper com as ilusões e que se começa o período de despertamento.
Infelizmente, a humanidade vive numa imensa ilusão, distante dos sentimentos fraternos, preocupados demais com o pão de cada dia, com a conta de cada dia, com a compra de cada dia,
com as sensações ilusórias de prazer no que se pode ter ou tocar. Todos cumprindo a programação limitada que nos foi idealizado à milênios sem questionar.

Nós, em busca de algo mais, aprendemos e descobrimos muitas coisas que nos fez questionar e chegar onde estamos: querendo gritar, sacudir, alertar à todos.
Essa é uma das nossas missões?
Sim, acredito que sim.
Continuemos a alertar, a cutucar, a falar sem se incomodar o quão louco vão nos achar.
Mas precisamos nos manter em equilíbrio e lembrar que cada um chegará a despertar no seu momento e que todos são portadores do bem mais precioso do Universo: o livre arbítrio. Um bem intransferivel, uma lei imutável e inquestionável.

Faça a sua parte sem violência, sem imposições, sem apego. Ninguém muda ninguém.
Não se preocupe, logo logo, seremos todos sacudidos pelo Universo e muitos irão acordar. Não seremos mais ridicularizados, talvez sejamos até procurados e precisamos estar preparados e dispostos a ajudar.

Tudo se realiza através de uma escolha pessoal (livre arbítrio), as pessoas vêem uma mesma coisa de maneira diferente, de acordo com sua percepção, compreensão e interesse, portanto se preocupar é desperdiçar energia.

Não se preocupe, coloque em prática o que você têm aprendido, será essencial num futuro próximo e não se desespere ou fique chateado, até porque, como diz o ditado "Santo de casa não faz milagre".

Li uma frase uma vez que muito me impressiono por sua simplicidade e profundidade absurda:

"Palavras ensinam, exemplos arrastam"

Vamos dividir e exemplificar o que aprendemos no dia a dia, o restante a vida ensina.

Beijão no coração de vocês todos.

Ravena

7 comentários:

  1. Ólá Ravena,

    Concordo contigo, acho que as pessoas à nossa volta acabam por ser uma preocupação mas a preocupação "é desperdiçar energia", não dá para enfiar argumentos na cabeça de quem não sente ainda ou sente por fora.

    Todos conhecemos pessoas que parece que não sabem o que fazem, que pensam que somos malucos e nós sabemos que são ignorantes que nem se dão ao trabalho de ver por elas proprias e outras coisas. Não poderemos esquecer dessas pessoas podemos sim tratá las melhor ainda, até podemos tratar bem quem nos quer mal porque interiorizamos que elas podem não saber o que fazem. Quem manda 'ser' no mundo do ter!?

    Concordo com tudo o que disseste e faz todo o sentido.

    Sê Feliz o tempo todo!

    ResponderExcluir
  2. Minha fofíssima amiguinha Ravena...é isso aí!!! Como diz meu mestre: seja exemplo. Já é muito...

    beijinhos
    Iara

    ResponderExcluir
  3. Ravena, infelizmente teremos de ser passivos em relação a todos em nossa volta. Todos os acontecimentos maravilhosos e necessários que estão por vir terão de ser absorvidos e compreendidos por cada um de forma particular. Cada qual terá de fazer sua lição de casa. Já não será mais possível arrastar pessoas contra sua vontade. Se você compreende, muda, caso contrário será um mero espectador das mudanças alheias. Acredito que essas mudanças vem para todos sem excessão, mas se serão absorvidas e compreendidas já são outros quinhentos. Seremos capazes apenas de fazer por nós mesmos, cada qual terá de buscar dentro de si suas respostas. O autoconhecimento é a chave para todos nós.

    ResponderExcluir
  4. Oi meus três amigos queridos,

    Vamos aguardar o momento em que todos estarão "maluquinhos" como nós, sem interferência, sem impaciência.
    Logicamente o auto conhecimento é uma conquista pessoal, portanto ninguém faz por ninguém, podemos ajudar fazendo a diferença e respeitando o momento de cada um.

    Beijão a todos

    ResponderExcluir
  5. Olá Ravena!
    O que acontece é exatamente o que você disse:
    "Ninguém muda ninguém."
    E assim funciona.

    Como seria essa mudança que teremos se os "bandidos" despertassem, por exemplo!
    Só despertará aquele que irá fazer algo para esse início de Nova Era.
    Vemos amigos e até mesmo familiares que não "despertam". Ai você começa a perceber que nem todos irão partilhar dessa nova energia.
    É como diz Shtareer por Rodrigo Romo:

    " 82% da população da Terra não pertencerá a Nova Era"

    Somente ficarão aqueles que terão de ficar e ponto. Assim funciona a Lei minha amiga!
    Nela ninguém dá calóte não!

    Um abraço!
    Muita força para você! Que novos portais se abram em você, transmutando o velho e estagnado no movimento e no novo.
    Fique na paz!

    Jazz(Admin)
    2012 O Portal

    ResponderExcluir
  6. Jéssica Linhares14 de junho de 2011 10:01

    Olá, Ravena, recebi um texto por email que complementa e muito bem este post, dizendo que a mudança não pode ser forçada. Como não sei seu email, estou postando o link original aqui, okay?

    http://www.blog.potencialidadepura.com/2011/06/revolucao-silenciosa.html

    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Olá Ravena! Se existe um Deus verdadeiro de bondade e justiça, mais poderoso do que esses Ets, por que ele permite tanta maldade com os filhos da luz? Por que não interfere? Onde está esse Deus?

    ResponderExcluir

Comentário anônimo não será mais publicado devido a inúmeras discussões sem o menor sentido que alguns sem sintonia nenhuma no blog insistem em discutir com o objetivo de tumultuar o espaço que é feito para complementar e compartilhar informações e opiniões (não ofensas), a identificação também facilita o "diálogo".