07 maio 2010

Fumaça misteriosa sai de gruta, mata animais e gera perplexidade em TO


Uma fumaça misteriosa cuspida de uma gruta no interior do Tocantins está mobilizando curiosos, acadêmicos e autoridades governamentais. Todos tentam entender a origem da névoa esbranquiçada que vem matando os animais e plantas do entorno.

A caverna fica nas redondezas do município de Miracema, no interior do Tocantins, dentro de uma propriedade particular. Como contam os moradores da cidade, a estranha novidade começou a ser notada há cerca de 20 dias. "Mas de ontem para hoje, só se fala disso aqui. Virou uma fofoca só", narra Humberto Luiz, proprietário do hotel Vereda Leste.

Por medida de segurança, o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Tocantins e a Coordenadoria Estadual da Defesa Civil isolaram o acesso à gruta, que fica próxima ao assentamento Brejinho. O bloqueio é feito num raio de 100 metros e, até que um laudo seja feito para atestar o tipo de gás que exala do local, qualquer visitação está proibida.

No último dia 5 de maio, durante inspeção feita por integrantes do Corpo de Bombeiros e dos órgãos ambientais do governo, foram coletadas amostras de solo, rochas laterais e de resíduos de material orgânico (morcegos, corujas e insetos). O material foi entregue ao Instituto Natureza do Tocantins, departamento oficial responsável pela análise. Até terça-feira, o resultado será conhecido.

Duas explicações
Fernando Morais, professor de geologia do curso de geografia da Universidade Federal do Tocantins (UFT), esteve na caverna na manhã desta sexta-feira (7). Como ele conta, mesmo a 4 km do local, já é possível notar um forte cheiro que lembra amônia. "Mesmo da cidade já se sente o odor", diz.

O especialista chegou a entrar na gruta, cuja embocadura mede seis metros de altura por 100 de comprimento. Como ele analisa, o único fato concreto é que se trata de um foco de incêndio em excrementos de morcego, chamados de guano.
A origem das labaredas, porém, divide os técnicos. São duas as hipóteses apontadas: combustão natural, causada por motivos desconhecidos, ou então uma combustão provocada por visitantes. "Não é um ponto turístico. Mas vimos inscrições de nomes nas paredes, lixo e sinais de fogueiras. Pode ser que alguém, querendo ou não, colocou fogo ali", argumenta.
Morais atesta a morte de animais e plantas. "Encontramos aves, morcegos e insetos que não resistiram ao cheiro", afirma. Para ele, a toxicidade vem da mistura da fumaça com amônia. "Estudiosos de morcegos entram em cavernas diariamente e nunca têm problemas, já que a amônia produzida pela decomposição das fezes dos bichos é pouco concentrada. Mas a reação química, junto com a fumaça, criou uma nuvem perigosa", explica.
"Há plantas mortas na entrada da caverna. Provavelmente, o sereno fez com que os materiais presentes no gás caíssem nas folhas", diz.
Será isso mesmo? Cocô de morcego? 
Sabemos que grutas e cavernas são "moradas" e "entradas" de seres da Escuridão e esse povo faz experiência a torto e a direita com seres humanos encarnados e desencarnados. Pode  até ser natural, mas é um fato que nos leva a pensar em outras hipóteses, já que tanta coisa inexplicável andam acontecendo por aí. 
E o pessoal negativo está doidinho, tentando encontrar uma forma de atrapalhar nossa transição, por isso ao invés de natural pode ser mais uma experiência. 
Abraços


5 comentários:

  1. Muito boa a matéria, Ravena!
    Imagine se toda caverna entrasse em combustão por conta de coco de morcego, (mesmo com ajuda de humanos) eim?Iria ser uma matança e tanta!

    Tudo tem uma explicação. Pode ser que encontrem uma explicação "racional" em breve para esse fenomeno, tal qual encontraram para os outros de toda nossa história...

    vamos aguardar essa também.

    obrigada pela informação, amiga!
    laura

    ResponderExcluir
  2. É aceitável a hipótese do Professor Fernando Morais, desfaz muito do mistério...
    Mas há 20 dias os moradores locais reclamam do mau cheiro, segundo o noticiário.
    A pergunta de leigo que deixo é:
    Que quantidade ou composição do material é suficiente para manter um foco de incêndio por todo esse tempo?

    ResponderExcluir
  3. Não era pra eu compartilhar esse material com você mas, tudo bem.
    Bom, nem preciso fazer um comentário com relação à este post você é uma mulher esperta... Então SEGURE!:

    http://en.wikipedia.org/wiki/Project_Gnome

    https://wikispooks.com/wiki/Nuclear_Demolition

    https://wikispooks.com/w/images/d/db/911_The_Third_Truth_v2.pdf

    http://youtu.be/eAV_BUQoGBw


    Obs: Você também pode associar essas informações ao pequeno "incidente" que ocorreu no Rio de Janeiro algum tempo atrás quando um prédio supostamente desabou. Ao contrario do que a midia sionista disse... Testenhas oculares relataram na Web que antes de tudo vir abaixo eles sentiram um tremor no chão e, que em seguida subiu um fodo por dentro do edifício.

    Richard

    ResponderExcluir
  4. agora me explica essa aqui no piaui que tambem está com 2 meses que começou a sair fumaça e tem cheiro de borracha queimada!!

    http://www.youtube.com/watch?v=riqpfD2ACdM

    http://g1.globo.com/pi/piaui/noticia/2012/11/fumaca-que-sai-de-caverna-assusta-moradores-no-interior-do-piaui.html

    ResponderExcluir

Comentário anônimo não será mais publicado devido a inúmeras discussões sem o menor sentido que alguns sem sintonia nenhuma no blog insistem em discutir com o objetivo de tumultuar o espaço que é feito para complementar e compartilhar informações e opiniões (não ofensas), a identificação também facilita o "diálogo".