14 maio 2010

O que acontece quando se está ciente de uma crise?

Em uma crise financeira a maioria sai perdendo, alguns perdem tudo, porém existem aqueles que já sabem o que vai rolar por trás dos bastidores e que lucram muito mais em momentos assim. Essa crise está prevista há tempos, não é segredo para aqueles que estão ligados nas informações "extra oficiais" que navegam na internet. 

Acabei lembrando de um filme que explica direitinho o que acontece quando se está ciente do que vai rolar por trás dos bastidores das bolsas de ações. De longe não é a história das famílias "Illumináticas", como os  Rothschild,  mas quem ainda não assistiu, é uma boa dica para o fim de semana.

Sinopse: Em O Sequestro do Metrô (The Taking of Pelham 1 2 3), Denzel Washington estrela como Walter Garber, um controlador de tráfego do metrô da cidade de Nova York, que tem seu dia transformado em caos por um crime audacioso: o sequestro de um dos carros do metrô. John Travolta estrela como Ryder, a mente criminosa, que como líder de uma gangue de bandidos fortemente armados, ameaça executar os passageiros do carro, a menos que um enorme resgate seja pago no prazo de uma hora. Enquanto a tensão aumenta sob seus pés, Garber aplica seu amplo conhecimento do sistema metroviário numa batalha para enganar Ryder e salvar os reféns. Entretanto, existe um enigma que Garber não pode resolver: mesmo que os ladrões consigam o dinheiro, como eles poderiam fugir?


E aqui vai a notícia do dia:

Bolsa cai 2,12% e dólar sobe a R$ 1,804 com crise na Europa
Da Redação, em São Paulo

Em mais um dia marcado pela preocupação com a situação fiscal europeia; a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou nesta sexta-feira em forte queda de 2,12%, aos 63.412,47 pontos. No ano, a perda acumulada do Ibovespa (principal índice da Bolsa) é de 7,55%.


O dólar comercial registrou alta de 1,58%, cotado a R$ 1,805 na venda. Na semana, entretanto, a moeda norte-americana acumula desvalorização de 2,49%. No ano, o dólar já subiu 3,56%. 
Na Europa, as principais Bolsas fecharam com forte queda em meio à escalada das preocupações de que as duras medidas fiscais adotadas por países da zona do euro prejudiquem o crescimento econômico da região.

Pela manhã, o euro voltou a cair em relação ao dólar. Nos mercados europeus, um euro atingiu o valor de US$ 1,245 e tocou o seu nível mais baixo em um ano e meio.

As Bolsas da Ásia também registraram queda nesta sexta-feira, com a preocupação sobre as medidas de austeridade que estão sendo adotadas por países endividados da Europa.



Abraço
Ravena

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentário anônimo não será mais publicado devido a inúmeras discussões sem o menor sentido que alguns sem sintonia nenhuma no blog insistem em discutir com o objetivo de tumultuar o espaço que é feito para complementar e compartilhar informações e opiniões (não ofensas), a identificação também facilita o "diálogo".