09 dezembro 2010

Dois mundos


O medo paralisa, nos mantêm estagnados, impedindo mudanças, provoca reações não só na mente como no corpo. Quando sentimos medo, um substância conhecida como adrenalina se espalha pelo corpo, os batimentos cardíacos aumentam fazendo o sangue circular mais rápido, deixando o corpo preparado para uma fuga ou um  movimento agressivo. Se houver situação de impotência diante de uma situação, misturamos a todas essas sensações a vontade incontrolável de chorar, de fugir, de sumir, de se esconder.

Com exceção da auto preservação, onde o medo é fator de sobrevivência, na maior parte seus efeitos são destrutivos.  O medo da doença, pobreza, violência, solidão, das contas no fim do mês, o medo da morte, o medo de Deus, o medo de ser você...

Seres que dominam nosso planeta utilizaram essa ferramenta para nos controlar, pois conhecem nossa natureza melhor do que nós conhecemos. Eles sabem o que somos, nossa origem, nosso excelente potencial de criação e utilizam essa ferramenta assim como alguns pais utilizam “o homem do saco”  para controlar seus filhos. O pai pensa que está agindo da melhor maneira, “eles” agem de acordo com sua natureza, seus conhecimentos, não por amor, mas fazem aquilo que sabem para sobreviver, na visão deles somos inferiores, controláveis e úteis.


Pode parecer estranho, mas vejo perfeição no jogo da vida, no jogo do Cosmos, assim é, porque se faz necessário por enquanto. Para pensar que não existe perfeição no que nos parece muito imperfeito, teríamos que utilizar aquela palavrinha chata: “SE”.
Se não houvesse controle, se não houvesse mentira, se não houvesse manipulação, se se se...

Só há um problema, a palavra “SE” não existe, pois o passado já passou e não pode ser alterado e o futuro é um leque de possibilidades. Não podemos nos apegar a algo que não aconteceu mas poderia ter acontecido, isso não existe, sabemos que o que existe realmente é o agora, o presente, você está lendo esse texto agora, o que será feito dessas palavras dentro do seu coração e mente é um leque de possibilidades.

Não se esforce na tentativa de imaginar o que poderia ser do mundo SE tudo tivesse acontecido diferente e nem na tentativa frustrada de muda-lo. Se esforce em mudar o seu mundo, em equilibrar seu corpo e sua mente.

O mundo não mudará para você, é você quem pode mudar para ser acolhido brevemente num mundo melhor, depois de passar por esse planeta escola, se seu lugar é aqui, aqui você ficará no “novo mundo” que surgirá e se não, sua essência encontrará o destino. Enquanto isso, trabalhe seus medos, não adianta fugir de notícias ruins, pois elas não são ruins, são só informações, o que muitos pensam ser frieza, eu chamo de neutralidade. Veja informação e não tragédia, veja mudança e não apatia. Esse mundo é uma escola, então aproveite para que essa seja sua última existência num mundo 3D. Você não precisa e não quer mais ser controlado. 

Somos divinos e ao mesmo tempo diabólicos, vivemos num mundo polarizado e por que?

Não é o equilíbrio que buscamos? Como aprender sobre equilíbrio se não conhecemos polaridades? É preciso experimentar ou melhor experienciar.

Aprendemos , colocamos em prática e então: sabemos. Não é preciso dizer a uma flor que ela é uma flor ou a um gato que ele é um gato, mas o ser humano precisa de alguém para lhe dizer que é especial, que é divino, criativo, criador, imortal, pois nós não enxergamos isso sozinhos, aceitamos o que nos falaram e apenas depois de algumas conquistas é que hoje percebemos que somos muito mais do que nos ensinaram

“Eles” nos omitiram isso, que sacanagem! Será mesmo?
Vamos partir do princípio de que tudo é perfeito como está, mesmo não concordando com isso.
Quantos você conhece que aceitam novas descobertas (as nossas) com facilidade?
Quantos você conhece que até aceitam, mas não querem saber mais, preferem ficar como estão?
Quantos te denominam louco? Para essa questão, eu sei a resposta...

A história da raça humana se desenvolveu como se desenvolveu, porque assim permitimos. Os céticos, materialistas, manipuladores de ontem podem ser os despertos de hoje. Algumas pessoas continuarão na Terra 3D, alguns irão para a Terra 5D, outras voltarão para seus orbes de origem, pois muitos são exilados de outros planetas que passaram pelo mesmo processo que a Terra em breve passará, o importante é compreender que somos seres imortais em evolução, partículas divinas experienciando e desenvolvendo o esquilíbrio num mundo de polaridades. 



Abade: É possível cobrir a Terra inteira de tecido para que fique suave em qualquer lugar que pisarmos?

Monge : Não.

Abade: Então o que fazemos?

Monge : Colocamos sandálias de tecido.





Confeccione para você uma sandália bem macia onde mesmo um campo cheio de pedrinhas não lhe aborreça ao andar. Essa sandália se confecciona no dia a dia, podemos produzir experiência positivas se encararmos essa caminhada focados no equilíbrio de nossa mente e corpo.

Assumir a responsabilidade por nossas experiências sem culpar fatores externos ou alheios é onde se dá origem nossa liberdade, ser escravo, é ser refém do condicionamento, da imposição, das situações, da opinião alheia, é permitir ser afetado ou controlado por fatores externos. Coletivamente criamos a situação em que estamos e estamos numa posição privilegiada de logo criarmos uma situação melhor, mas isso se dá primeiro individualmente, somos autores de nossas experiências e ter consciência disso é o primeiro passo à liberdade.

Outro passo é o desapego. O isolamento, ser um peixe fora d’ água é outra parte do processo.
Nem todos percebem ou chegaram no tempo de perceber a realidade das experiências que vivemos, preocupação provem do medo, preocupar-se com o filho, o marido, os amigos, os parentes é não respeitar o tempo de cada um deles. Muitas mães, pais, avos, amigos perderão a oportunidade de ir além por se preocupar com seus entes queridos, por isso aprender lidar com a solidão, o isolamento hoje é necessário. É mais um preparo, caso contrário, nós que expandimos um pouquinho nossas consciências, seríamos uns vizinhos dos outros e alguns de nós, estamos separados por oceanos. Separação necessária?

Por que não? Se todos fossemos vizinhos, talvez nossa relação não seria como é, nossos egos atrapalhariam, não é sempre o ego que atrapalha relações? No dia a dia e a cada post amigo, trabalhamos nosso ego um pouquinho mais, até que um dia ele não seja um problema em nossas relações.



Façamos o que for possível no auxilio, mas sem interferir agressivamente e sem perder essa grande oportunidade. Cada um estará onde deve estar, por isso é importante vigiar seus pensamentos, aprender a cancelar o negativo e criar positivos, pois no dia D, eles é que farão a diferença, não existe um “se acontecer”, mas "quando acontecer", pois esse dia chegará e quando o momento chegar seus pensamentos devem ser claros e direcionados para o que você quer criar, realizar, estar, se estiverem fixos nos outros, será onde você vai estar e esse processo é individual, não é possível transferir experiências, é preciso viver.  Compreender e respeitar o tempo do outro é amar. 


Já aprendemos muito até aqui e o que vamos realizar dependerá só do que assimilamos em nossos corações. Nós seremos nossos algozes ou salvadores. A escolha é sua e definirá o gran finale e em que mundo você ficará.  

Michael Jackson antes de sua morte, nos deixou um curto mas preciso recado. 

Grande beijo no coração
Ravena


21 comentários:

  1. Bom dia, Ravena
    Este é um ótimo post, sintético, objetivo e tão ponderado!!! Como se fosse um balanço final, para ir aos finalmente...Senti como se você fosse apagar a luz e fechar a porta. Não se esqueça de vestir a melhor beca e retocar a maquiagem, viu mocinha, prá chegar LÁ com tudo em cima. Te amo e
    você tem feito um trabalho magistral. Abraços mil.

    ResponderExcluir
  2. Como que agente não ama uma coisinha como essa!!!
    HÁ HAVENINHA.! VOCÊ É MARAVILOSAAAAAAAAAAAAA.!Suas mensagens não tem sido só recado é um tiro,crteiro de sabedoria, discernimento, e amor no coração da gente. SABE HOJE EU REAMENTE PRECISAVA DISTO. OBRIGADA QUERIA!!! com grande respeito a tamanha inspiração receba meu muiiiiiiiito obrigadooooooo!!!Novan

    ResponderExcluir
  3. Bom dia,Ravena.
    Texto esclarecedor como todos e escrito de forma imparcial,sem julgamentos e baseando-se em fatos ou estudos científicos e não em dogmas ou suposições.Isso,sim,é a forma correta de transmitir conhecimento,deixar total liberdade de raciocínio sem sugestionar ou manipular.É ensinar a encararmos a realidade como ela é,de frente,sem subterfugios que só enfraquecem o espírito tornando-o completamente alienado e medroso.Não há evolução sem o conhecimento do que acontece ao redor e do mundo,ou melhor,do universo e dentro de si mesmo.Tudo está relacionado.E para ser verdadeiramente compreendido é fundamental a visão geral dos fatos,é dessa forma que a consciência se expande tornando nossas experiências mais enriquecedoras.Um forte abraço.

    ResponderExcluir
  4. Olá Ravena, sempre acompanho suas postagens, é como se fosse um jornal diário, mas é claro que as informações aqui contidas tem suas verdades.
    Vi estas notícias e achei interessante para que vc possa postar. Bactérias ganham lógica e são programadas como computadores:
    http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=bacterias-logica-programadas-computadores&id=010850101210&ebol=sim

    Nave secreta dos EUA pousa depois de sete meses no espaço
    http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=nave-militar-secreta&id=010130101208&ebol=sim
    Atente-se para a militarização do espaço.

    ResponderExcluir
  5. Oi Luz do Sol,

    Minha querida, eu senti a mesma coisa, sei que faltam muitas coisas ainda, mas você descreveu bem, um balanço geral, de vez em quando precisamos disso. O amor é recíproco e verdadeiro e espero de todo meu coração que nos encontremos "por lá". Obrigada por brilhar por aqui!

    Beijão

    ResponderExcluir
  6. Novan gracinha,

    Mocinho, sua vibração é que é maravilhosa! Seus comentários contagiam o blog com alegria. Você sempre me arranca sorrisos do rosto e acerta meu coração com a mais alta energia de luz, sinceridade e carinho.
    SOU EU QUEM AGRADECE POR TANTO ESTÍMULO, VOCÊ TEM MEU RESPEITO E ADMIRAÇÃO NOVAN GRACINHA!
    OBRIGADA QUERIDO!

    Beijo enorme

    ResponderExcluir
  7. Olá Regina,

    Nossa liberdade começa quando nos damos conta do que realmente somos, sem dogmas religiosos ou filosóficos, apenas sentindo que somos mais do que nos explicaram e que não dependemos de forças externas para sermos sermos corajosos em enfrentar nossos medos, apegos, falta de conhecimento. Compreender que tudo está relacionado e que nada está errado, porque não existem erros no Universo, apenas experiências que nos fazem crescer. Ninguém evolui fugindo da realidade, apenas se fecha em um outro mundinho de ilusões e tudo que queremos agora, é nos livrar delas.
    Adoro seus sempre sábios e lúcidos comentários. Obrigada!

    Beijo grande

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pelo post amiga.. adorei.. bem lindo e verdadeiro... beeijaoo.. e ótimo final de semana..

    ah não sei se eh impressão minha.. mas ando muito estranha ultimamente.. em paz.. feliz.. parece q voando.. nossa sensação gostosa mas as vzes me dá um medinho.. será q to sentindo algo em relação a transição?
    bjocass

    ResponderExcluir
  9. Poxa, o homem do saco... já havia esquecido dele, rs. Brilhante texto mocinha. A visão fragmentada, o medo e os condicionamentos são os grandes entraves para a busca da consciência. Abraços.

    ResponderExcluir
  10. MICA, obrigada pelos links, eles recheiam o blog, um jornalzinho onde todos participam! Valeu! Beijão



    ANDRESSA, querida fico feliz que você esteja tão bem, sinal de que está trilhando o caminho da luz e mantenha o pensamento focado aí, nada de medo, espate-o com coragem, sei que isso não lhe falta. Grande beijo


    SABUJO, que prazer te "ler" por aqui! Pois é, esse homem um dia, já foi o terror da garotada, precisamos espantar todos os homens dos sacos empregnados ainda em nossa programação, assim tudo fica mais fácil! Obrigada por comentar!
    Beijão pra ti

    ResponderExcluir
  11. Oi Ravena, que post legal!!! Acompanho sempre seu blog e o da Laura. Vcs são ligadíssimas e aprendo muito. Tb ando sentindo uma leveza e alegria espontaneas, vindas não sei de onde, mas que é bom demais de sentir. Porém por alguns momentos sinto uma vontade gigante de chorar, o que me deixa as vezes constrangida pq essa vontade não escolhe o lugar para aparecer, pode ser na praia, andando no shopping, etc...
    Durante o ano de 2009 e 2010 senti uma necessidade avassaladora de isolamento. Passei e tenho passado o maximo de tempo que posso sozinha e isso tem me feito muito bem e feliz. Só assim consigo perceber melhor a mim mesmo. Agora lamento que nesse período muitas pessoas se afastaram do nada, sem deixar vestígios entende? Apenas se afastaram...enfim, tudo é uma questão de vibração e frequencia, não é?
    Muito obrigada pelos posts...sinto vcs como grandes amigos e isso é interessante.
    Um abraço carinhoso,
    Alix.

    ResponderExcluir
  12. Olá, Rave (posso chamá-la assim?), este texto é simplesmente maravilhoso! \(^o^)/

    Eu o li de manhã, mas o tempo estava tão curto que não foi possível comentar, todavia eu faço questão de vir aqui e fazê-lo, pois a sabedoria nessas palavras precisam ser evidenciadas.

    Cada parágrafo pode ser analisado individualmente, pois em cada um há um ensinamento.

    "Não é o equilíbrio que buscamos? Como aprender sobre equilíbrio se não conhecemos polaridades? É preciso experimentar ou melhor experienciar."

    Este aqui deveria ser lido por todas as pessoas ainda com a visão limitada sobre dualidade. Uma pérola.

    Parabéns, Ravena, dessa vez se superou! =]

    Abração do tamanho do mundo!

    ResponderExcluir
  13. Ravena

    Minha mãe me treinou para ter medo do homem do saco. E realmente conheci um. A pessoa que ela me mostrava vivia em outro nível de consciência... Loucura!
    Indo na direção do que você escreve gostaria de lembrar algo que o Rubem Alves escreveu. A página é de 2003, mas tudo continua atual.

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/sinapse/ult1063u326.shtml

    Um possível recado do Michael Jackson poderia ser com relação ao ambiente (nível de CO2 na atmosfera) ou ao máximo solar (no último máximo solar foi época de apagões e secas aqui no Brasil.
    http://en.wikipedia.org/wiki/Solar_maximum

    Mas, segundo Molion, o planeta já está esfriando:

    http://planetasustentavel.abril.com.br/blog/redacao/molion-garante-terra-esfriara-proximas-duas-decadas-213021_post.shtml

    Mas existe a polêmica:

    http://arcadenoe.ning.com/forum/topics/interessante-debate-prof

    João Guilherme

    ResponderExcluir
  14. Rave,
    Estou bem melhor hoje, só passeia aqui pois precisei vir na cidade comprar uns remédios, sou contra tomar medicamentos, mas o médico ontem no PS pediu para que eu me medicasse.
    Estou um pouco melhor e terei que cortar muitas coisas que como, e já comecei.
    Este seu texto é super legal, gostei Rave.
    Posso te chamar carinhosamente de Rave? Gostei tanto de escrever para você. Super gratificante.
    Mas aquele aviso que coloquei no meu blog, vai permanecer por alguns dias apenas, ainda não estou estimulado em postar algo ou escrever muito por enquanto.Nesta semana que vem eu volto.
    Fico por aqui e nestes dias quem entrar lá, eu os oriento a procurar por informações em seu blog e ou no Particulas da Fonte.
    Beijão e deixe eu melhorar bem primeiro...

    ResponderExcluir
  15. Oi Ravena!

    Muito bacana o texto!!!

    Eu sabia que essa histéria do Michael que a mídia nos contava era bablela. Ele foi "pixado" pelos por estratégia dos "Illuminaticos". Como sempre foi, a Mídia, politica e religião foram criados como ferramentas de controle mental/social.

    Obrigado por mais um texto!

    Abração!

    ResponderExcluir
  16. Oi Higher,

    Meu querido, você pode tudo! É impossível transcrever em símbolos (palavras) o prazer que sinto em te ler. Só posso agradecer sempre seus sábios complementos. Meu eterno obrigado!

    Beijão no coração

    ResponderExcluir
  17. Olá Alix,

    Pelo que descreveu, você está indo muito bem! Todos sentimos esse vai e vem de sensações, o importante é não dar força ou focar nos sentimentos mais negativos, senti-los é mais que natural, rir faz bem, chorar faz bem e devemos sempre satisfazer a vontade de nossa alma por momentos de recolhimento. São nesses momentos que realmente nos descobrimos, nos conhecendo. Busque sempre se manter equilibrada entre um sentimento e outro, sensações e desejos e tudo ficará bem. Não é ruim sentir tudo, ruim seria se não sentíssemos nada! É experimentando que aprendemos nos equilibrar. Obrigada por dividir suas experiências conosco Alix.

    Um grande beijo.

    ResponderExcluir
  18. Oi JÕAO GUILHERME, quantos links! Obrigada por dividir sua experiência e nos indicar os textos. Beijão



    Oi RODRIGO é verdade, todos que de alguma forma tentam desvendar ou passar uma mensagem positiva, sofrem com estratégias cruéis dos Illumináticos, mas sempre nos deixam o que pensar. Obrigada por comentar querido. Beijão



    DANIEL, oh meu amigo, descanse bastante, talvez sua mente e alma precise relaxar de outra forma. Aproveite esse tempinho de indisposição para se renovar. Te desejo o melhor, muita energia renovadora e equilíbrio.

    PS: Você não viu o comentário do Higher, pois não havia publicado ainda e me pediu a mesma coisa, para me chamar de Rave...engraçado, parece que estamos todos tendo as mesmas ideias, falando das mesmas coisas, vivenciando situações parecidas, estamos mesmo conectados e eu me sinto muito bem conectada com pessoas especiais como vocês, te respondo o que respondi para o Higher, você pode tudo meu querido!

    Beijão

    ResponderExcluir
  19. Olá Ravena, parabéns, excelente mensagem.

    o Dia D é o final perfeito para uma mentira do tamanho do mundo, por isso esse dia vai chegar.

    beijo minha amiga, tudo de bom.

    ResponderExcluir
  20. Oi Ravena,
    primeiramente quero lhe parabenizar pelo blog, o descobri a só dois dias e estou lendo 'aleatoriamente' conforme o que vai me chamando atenção, mas enfim, não é esse o ponto.
    Costumo ler os mais diferentes pontos de vista, de várias religiões, crenças e filosofias, como em uma busca preguiçosa por alguma verdade. Ao chegar a esse blog e principalmente após ler esse post senti uma profunda emoção por que percebi que, mesmo com abordagens diferentes(por vezes um pouco insanas e fanáticas) tudo converge para o mesmo ponto, não cabe a mim julgar qual dos pontos de vista está certo, mas posso perceber que somente uma verdade gigante pode por em acordo crenças tão diferentes. No fim deste post você expôs um vídeo que também foi usado por um blog cristão - de visão mais extremista e preconceituosa, mas voltados para a mesma transformação que está por vir - isso de certa forma me deu mais certeza de que não é só loucura minha pensar da forma que penso.
    Não sei se consegui me expressar direito, mas enfim, precisava fazer isso.

    Parabéns pela visão mental limpa que lhe permite um tal discernimento,e espero que você continue escrevendo.

    Grata.

    ResponderExcluir
  21. Oi Ravena, não posso faltar às suas "festas" imperdíveis. Esta postagem me fez lembrar minha mãe dizendo que o mundo seria perfeito não fosse o "se" e o "quase"... Beijos, e passa lá pra ver mais uma homenagem.

    ResponderExcluir

Comentário anônimo não será mais publicado devido a inúmeras discussões sem o menor sentido que alguns sem sintonia nenhuma no blog insistem em discutir com o objetivo de tumultuar o espaço que é feito para complementar e compartilhar informações e opiniões (não ofensas), a identificação também facilita o "diálogo".