17 julho 2011

Brasil é o quarto maior credor da dívida pública dos Estados Unidos

Outrora o detentor de uma das maiores dívidas externas do planeta, o Brasil vive hoje situação oposta: pode ser uma das principais vítimas em caso de calote dos Estados Unidos. No momento, a economia brasileira tem quase US$ 207 bilhões em papéis de dívida a receber – está abaixo apenas de China, Japão e Reino Unido. Em junho do ano passado, os Estados Unidos deviam 164 bilhões de dólares ao Brasil – um percentual de dívida 26,3% inferior ao atual.
 
O principal credor dos Estados Unidos é a China, com US$ 1.152 bilhões. Os japoneses detêm 907 bilhões em papéis de dívida norte-americanos, enquanto os ingleses compraram US$ 333 bilhões. Somados, os países exportadores de petróleo têm mais dinheiro a receber dos EUA do que o Brasil – US$ 222 bilhões, em dados de abril deste ano. Porém, o crédito cresceu apenas 5,4% em relação ao mesmo período em 2010, percentual bem inferior ao do Brasil. O maior crescimento foi o do Reino Unido: hoje, os EUA devem aos ingleses 252,4% a mais do que deviam em junho do ano passado.

Na medida em que continuam as divergências entre republicanos e democratas sobre o pacote do presidente Barack Obama, aumenta a possibilidade da economia norte-americana viver uma situação de bancarrota, com graves efeitos sobre todo o mundo. Obama pede ao Congresso que autorize a ampliação do limite da dívida, como forma de manter em suspenso os pagamentos e evitar um endividamento de dimensão incontrolável. Em maio, a dívida dos EUA teria alcançado os 14,3 mil milhões de dólares, valor considerado como teto para que os juros ainda sejam pagáveis. Se não houver acordo até o dia 2 de agosto, os EUA serão incapazes de quitar suas dívidas pela primeira vez na história.

A possibilidade de que não haja acordo, em princípio, é baixa. No entanto, o mercado financeiro internacional começa a dar sinais de que o altamente improvável já não é visto como tão improvável assim. Um comunicado sobre estratégias de investimento divulgado pela Standard & Poors afirma: “Apesar da maioria das pessoas em Wall Street não considerar que possa acontecer o impensável, ou seja, que o Congresso não se ponha de acordo para aumentar o teto da dívida, a cada dia que passa ficamos mais preocupados com o que possa suceder”.

Segundo informações do Departamento de Tesouro dos EUA, de cada US$ 1 gasto pelo governo, US$ 0,40 são emprestados. O déficit público dos EUA representou, em 2011, 11% do PIB do país. Para diminuir esse déficit, Barack Obama propõe cortar 4 mil milhões de dólares em 12 anos, reformulando programas sociais como o Medicare, reduzindo o orçamento da Defesa e restringindo vantagens fiscais para as pessoas físicas e jurídicas de maior renda. Ideias que batem de frente com os republicanos – que querem privatizar o Medicare e manter o orçamento bélico intacto, cortando verbas da educação e das políticas ambientais.

Com informações de The Guardian, Euronews e Wall Street Journal

Fonte: http://sul21.com.br/jornal/2011/07/brasil-e-o-quarto-maior-credor-da-divida-publica-dos-estados-unidos/

17 comentários:

  1. De fato, a China é credora de países como a Irlanda, a Grécia e os EUA.

    Sobre o Brasil, tenho minhas dúvidas... creio que este número seja de negociações de Comércio Exterior e não Dívida do governo.

    Mesmo que tenha o Default, a economia do Brasil é muito boa, teremos alguns efeitos colaterais mas não quebradeira.

    Mesmo nesta hipotética situação do calote dos americanos, podemos "desconsiderar" esta dívida sem nenhuma dependência... quem diria...

    ResponderExcluir
  2. Olá, não sei linkar ou deslinkar... O que é isso?

    Holosgaia

    ResponderExcluir
  3. Oi Holosgaia,

    Você coloca seus links aqui abaixo dos comentários, no "links para esta postagem", só que geralmente são muuuitos dos quais eu tive que apagar, pois não tinham nenhuma relação com o post. Outras pessoas deixam links que acrescentam ao post mas estavam perdidos nos meios dos seus que eram muitos, tinha postagem com mais de 40 links seus, por isso te pedi aquele favor.

    Obrigada pelo retorno.

    Abração

    ResponderExcluir
  4. Oi Ravena.
    Boa semana.
    Para você ver a que ponto está chegando a situação econômica global, só enganos atrás de novos enganos.
    Esta noite tive uma revelação que compartilho com você, mas bem curto e alguém dizendo,algo novo começará em breve, mundo novo bate as portas e as escolhas para este mundo, serão simplesmente de vocês.
    Ainda alertou sobre Elenin, mas não no que se refere a desastres, de forma alguma.
    Ele é apenas mensageiro de uma nova etapa, onde as pessoas terão que escolher o que querem para sua vida e para o seu mundo. Potencializando o que será de bom ou mal.Disse-me que o que passarmos a pensar, será inúmeras vêzes mais forte que à atual frequência de pensamentos que temos sobre isto.
    Cuidado com os enganos nos meios tecnológicos, o que pensam que te mostram não o é.
    Elenin, segundo me disse, é um cometa, não tem capacidade alguma de influenciar nada,a não ser ele o influenciado. O Sol é milhões de vêzes maior e tão quanto poderoso que um cometa, como um cisco aos olhos do sol, existe o equilibrio, mas Elenin é que está sendo influenciado por muitos astros por onde quer que passe, mas nada que atrapalhe o rumo dos acontecimentos.Até a Lua tem capacidades gravitacionais maiores que um Elenin.
    Quanto ao tal Nibiru,Planeta chupão ( Arkon para eles ), nada mais que uma força de transformação que está por toda parte do universo, uma força que varre, nada comparável ao que conhecemos como planetas e suas formas.Que existem outros seres dimensionais que já visitaram e ainda nos visitam sem nós ao menos saber.
    O que está acontecendo com à Terra, são as energias em pura transformação por todas as partes. Elas estão aí,ficam em constante transformação, mas existem seus picos e aí vemos as coisas ocorrerem com mais intensidade.Pede para que mudemos e façamos as pessoas mudarem seus padrões vibracionais, pois os novos padrões que começam a surgir, deixarão pessoas num estado de não entender mais o por quê das coisas.Organização ou desorganização,o que queremos?
    Bem, foi isso que tive desta visão...
    Voltando a situação econômica, não vejo esta sitaução confortável como o Sempre Guerra comentou logo acima,parece ser boa em comparação a outros tempos, em que o Brasil devia, e hoje ser diferente.
    Se por ventura os EUA deem calote,já ouvi alguns analistas repensarem o que dizem, que o Brasil é aquele país, onde tudo chega como marolinha,pode vir a ter sérios problemas com isto. Dolar em baixa e real valorizado,imprtaçãos em alta (prejudicam os empregos aqui ), exportações prejudicadas também,juros altos para barrar entrada de capital estrangeiro e barrar alta da inflação, por conta dos créditos facilitados que estimulam maior consumo. São uns dos ingredientes explosivos que podem tirar o Brasil dos trilhos. Mas ficamos na torcida para que tudo se ajeite e que as pessoas comecem a se conscientizar plenamente sobre a situação das coisas.
    BEIJOS Rave.

    ResponderExcluir
  5. Ser lunático hoje em dia virou moda.

    ResponderExcluir
  6. Olá Ravena, é o Acolon do antigo Blog Garupa das Notícias, tudo bem?, Ravena estive passando pelo Blog kafé kultura hoje pela manhã, e eis que me deparo com a seguinte postagem: Sombras de Nibiru sobre a Antártida?, pois bem, lendo a matéria do Blog, diz que está sendo visível em vários centros de observação pelo mundo, a presença de uma Anã Castanha nas proximidades do Sol, acompanhada por outros 2 Corpos Celestes, e que os AstrÔnomos estão dizendo se tratar de um Cometa com massa de 4 vezes a de Júpter e tal,,, so que, ao ler esta matéria me lembrei de uma coisa que não tinha reparado antes,,,Dias atrás fiz uma viagem para o interior de São Paulo e tirei algumas fotos, e uma em particular da rua em que eu estava e o Sol bem na frente,,, qual foi minha surpresa ao voltar a ver a Foto e está láaaa, dois Corpos Celestes ao lado do Sollll, também alterei os Filtros e luz para ver melhor e está lá super visível,,,, coincidência? não acredito nisso, tem como eu te mandar estas fotos? são duas, uma sem alteração e uma alterada os filtros,,, compare as Fotos com o que foi relatado no Kafé Kultura,,, meu e-mail é o ((( hap-2011@hotmail.com )))

    ResponderExcluir
  7. Ravena,
    Recebi o seu e-mail através do e-mail que mantenho contato com a minha parceira de blog, Regina Maste.
    Pois é anote aí o endereço de nosso blog.http://existenciaconsciente.blogspot.com um trabalho diferenciado e que seguirá a linha de raciocínio que observará no mesmo.
    Quem sabe mais pra frente Ravena, possamos desenvolver na companhia de Regina, algo novo. São planos que já tenho em mente, mas aí vou substituir ao Um Novo Despertar dentro de alguns mêses. Uma porque o intuíto vital dele é até 2012 e ele sim deverá ter um fim.Ho.Ho Ho Hooo!!! Risos ! O blog Existência Consciente vem sendo para mim, um divisor de águas,uma nova etapa do meu trabalho na companhia de Regina a qual adore conhecê-la, assim como você.
    A partir do ano que vem, começarei a desmobilizar o Um Novo Despertar, será substituido por outro blog bem...ainda não processei o perfil,são planos.
    O sonho que te relatei, foi um sonho que me veio antes de acordar e sempre lembro , me aconselha de muitas coisas. Acredito em alguns sonhos, mas também acredito que muitos possam ser simples fantasias.Mas alguns me são intuitivos do que devo ou não fazer.
    Não gosto de comentar,mas isso me vem, sendo sério ou não, nada é perdido,são frequências que devamos analisá-las.
    Beijos Rave e peça a Re meus e-mails, direcionei a ela

    ResponderExcluir
  8. Oi Ravena, eu não costumo fazer comentários no seu blog. Se fiz, foram uns 2 no máximo, pelo que me lembro, e não enchi de links. 40? Não tenho a menor idéia de como aparecem. Deve haver algum dispositivo ou comando por trás disso, de que não estou ciente.

    Às vezes surgem links meus e de outros quando estou realizando alguma postagem, mas nunca cliquei em nenhum, pois não sei para que servem.

    Abraços,
    Celia
    Holosgaia

    ResponderExcluir
  9. Todas as vezes q eu clico no seu blog aparece a seguinte janela: 91.121.87.136:84/promo.php?

    O q será isso??? Estamos sendo monitorados?

    ResponderExcluir
  10. Olá Ravena, é o Acolon, montei outro Blog, chamado Acolon SP, http://acolonsp.blogspot.com , da uma força ae, grande abraço e tudo de bom, ps: recebeu as imagens?

    ResponderExcluir
  11. O comentário de "Um novo despertar" disse tudo!
    É hora de começarmor a pensar e agir dentro das vibrações mais positivas possíveis, esse será o novo motor do mundo, portanto, paaaaaarem de falar de conspirações, morte, terror, catástrofes, apocalípse..., isso tudo é pura negatividade que está circulando com a ajuda de vocês! Quando é que vocês vão compreender isso?

    ResponderExcluir
  12. Oi, Ravena. Só uma observação: ao contrário do que muitos acreditam, a divida externa do Brasil NÂO foi paga. Ela está aí e é bem grande. A situação econômica do nosso país não é tão boa quanto a mídia está pintando.

    Se houver default nos EUA, coisa q acho improvável, não vai fazer diferença quem tem reservas em dólares ou quem não tem - a economia mundial desabaria por completo.

    Sou economista.

    E

    ResponderExcluir
  13. Ravena,

    Venho aqui fazer uma retificação, confirmei com colegas economistas e realmente este número é a quantidade de títulos que foram comprados por brasileiros que estão fugindo de ações. Peço desculpas pela informação errada.

    Como funciona a Dívida Pública? Basicamente vc compra e resgata com juros fixos ou correntes (depende do título) num prazo estipulado. Caso o título for federal, vc pode converter para algo mais rentável que seja de controle do Estado, por exemplo: Nos anos 80/90, vivemos alguns planos de Austeridade, o governo deu calote mas converteu em papéis de estatais, por exemplo, a petrobrás... quem não vendeu, tá muito rico hoje.

    Com a turbulência do mercado, indico comprar títulos dos EUA, Alemanha e do nosso País. Ou compre ouro, só que tem taxas para guardar o ouro. Relaxa pessoal, é seguro ;D

    Vejo muita gente perdidinha e achando que é colapso total, nem tanto... Não é para se alarmar. Segundo colegas economistas, se um dia a economia americana quebrar, outras economias quebrarão primeiro. (trazendo pro presente, isto ja está acontecendo, mas ainda tem muita agua para descer da cachoeira ;D) A tal dependência por dólar leva a isto, quem trabalha no ramo sabe do que estou falando.

    O Brasil está sim bem preparado, com um sistema financeiro forte e um protecionismo sem igual, com alta carga tributária, fruto da Austeridade que vivemos. De fato, a balança comercial fica prejudicada, creio que já é hora de flutuarmos o nosso Real para o Euro ou, sendo mais ousado, no Yuan chinês.

    Isto e acabando com a corrupção, cresceremos 15% ao ano! Mas sei que tudo isto é sonho ;D


    Bom, nao vou falar muito, hehe. Quem quiser trocar uma idéia é só me procurar ;D

    ResponderExcluir
  14. Olá Ravena
    Tudo bem?

    "Outrora detentor de umas da maiores dívidas externas do planeta"?? Bem, parece que ainda temos esta dívida, e o que é pior ela só esteve a aumentar:

    O governo Lula tinha dito que a dívida externa brasileira tinha sido paga...E o pior é que nós acreditamos.

    Com a crise financeira pipocando pelo mundo, na europa o EURO tá capengando, nos EUA o Obama luta para aumentar o teto da dívida interna deles que já ultrapassa os 14 trilhões de dolares...e o Brasil?

    Pasmem! Pra quem acha ou achava como eu que o Governo Lula tinha saudado nossa dívida externa...NÃOOO! Pelo contrário ela só esteve a aumentar e já ultrapassou a casa dos 280 bilhões de dolares (DÍVIDA EXTERNA BRASILEIRA AUMENTA 43% DESDE FINAL DE 2009 - Do final do ano de 2009, o período mais agudo da crise internacional, até o momento, a dívida externa brasileira, somados empresas, administrações públicas e famílias, cresceu 43%, uma taxa de expansão superior ao longo dos 15 anos anteriores, que ficou em 34%. Trata-se da alta mais acelerada da dívida desde o Plano Real, de acordo com informações do jornal Folha de S.Paulo. De acordo com a publicação, a explicação para o aumento significativo é o fato de, no mundo desenvolvido, as taxas de juros terem despencado para reativar a produção e o consumo - o Brasil tem os juros mais altos do planeta -, além da forte retomada dos investimentos públicos e privados no País. A dívida externa, que era de pouco menos de R$ 200 bilhões no final de 2009, chegou a R$ 284 bilhões em maio de 2011, segundo a Folha. Fonte: http://noticias.terra.com.br/interna/0,,OI5219338-EI8177,00.html

    Caramba...Mas, o lula não disse que a dívida externa tinha sido paga??
    Então não acabou a dívida externa brasileira?

    O Brasil zerou sua dívida externa e já é agora credor. Foi o anúncio realizado com estardalhaço pelo governo Lula no dia 21 de fevereiro de 2008, através do ministério da Fazenda e do Banco Central. Apenas um olhar mais atento basta para ver que o Brasil, não se tornou credor dos outros países, nem pagou a dívida externa. Ao contrário do que é dito, a dívida segue existindo e consumindo grande parte dos recursos que iriam para a área social.

    Mas, então o que o governo fez???

    Pasmem de novo!!...O Governo Lula apenas trocou a dívida externa pela interna e a bendita dívida interna chega, acredite ou não, INACREDITÁVEIS R$ 1,2 TRILHÃO:

    Dívida externa x dívida interna
    O governo Lula apenas trocou a dívida externa pela interna, a juros maiores. Desta forma, a dívida interna do país está a inacreditáveis R$ 1,2 trilhão, ou 65% do PIB, ou o valor de tudo o que país produz em um ano. O governo paga aos títulos da dívida interna a juros de 12,8% ao ano, maiores que a taxa básica de juros.
    O resultado divulgado pelo governo e comemorado pelo conjunto da imprensa, ao invés de demonstrar o acerto da política neoliberal, comprova o aprofundamento dessa política realizada pelo governo Lula, que beneficia apenas os mesmos setores de sempre: banqueiros e investidores estrangeiros. Além disso, desde 2006 o Brasil é formalmente “credor” da dívida externa. O anúncio do governo, além do efeito eleitoral, visou tranqüilizar os especuladores.
    Continua...

    Sávio Martins.

    ResponderExcluir
  15. Continuando...
    Economia dependente.
    A conjuntura mundial que permitiu a acumulação das reservas está se alterando rapidamente. A crise financeira deve diminuir o montante de investimentos estrangeiros. A demanda por exportações, oriunda principalmente da China, também sentirá os efeitos da recessão norte-americana.
    Seguindo sua política econômica pró-imperialista, o governo, através do Banco Central e sua equipe econômica, já anunciou que manterá a meta de superávit e, diante das turbulências internacionais, ameaça aumentar a taxa de juros.
    Se existe alguma mudança, principalmente no que se refere às bandeiras da esquerda, é que precisaremos falar de “dívida pública” ao invés de tão somente “dívida externa”. De resto, continua tudo como está, só que pior. A exigência de ruptura com o imperialismo e do não pagamento das dívidas segue atual. O que é economizado para pagar juros deve ser investido no povo brasileiro, o maior credor de todos os governos deste país, incluindo o de Lula.


    Obs: Pesquisem no GOOGLE sobre a Dívida externa brasileira.

    Abraços Fraternais
    Sávio Martins.

    ResponderExcluir
  16. Será que é o dinheiro do fundo soberano que o Brasil está aplicando nos USA? Já pensou? É mesmo uma forma de nos levar para o buraco.

    ResponderExcluir

Comentário anônimo não será mais publicado devido a inúmeras discussões sem o menor sentido que alguns sem sintonia nenhuma no blog insistem em discutir com o objetivo de tumultuar o espaço que é feito para complementar e compartilhar informações e opiniões (não ofensas), a identificação também facilita o "diálogo".