02 agosto 2011

Explosão Solar classe M de 2 de agosto em direção a Terra


Depois da explosão solar classe M do dia 30, a foto acima mostra uma nova tempestade solar que projetou uma ejeção de massa coronal (CME) de longa duração de classe M1.4, proveniente da machas solares 1261, quase diretamente para a Terra. Imagens da Soho e da Stereo-A, mostram a nuvem de plasma e partículas que se estendeu numa velocidade de quase 900 km/s. Tempestades geomagnéticas podem ocorrer quando a CME chegar na Terra por volta de 5 de agosto.  

No auge da ação, o Observatório Dinâmico Solar da NASA, registrou um aumento de radiação ultravioleta extrema em torno da mancha. 




Fontes: 

Usando os dados dos satélites, os analistas do Laboratório de Clima Espacial GSFC, fizeram um modelo em tri-dimensional do CME agora a caminho para a Terra.




Na imagem acima, o que você vê a direita do Sol é Vênus, que tem uma luminosidade 10 vezes maior do que o normal.  De acordo com o StarViewerTeam, o brilho de Vênus está assim por causa do "cluster" Elenin. 

Ravena



3 comentários:

  1. O brilho de Venus...
    ABRAÇOS FRATERNOS!

    Kadudox

    ResponderExcluir
  2. http://tilesexperts.com/wordpress/os-maias/2012-profecias-dos-indios-hopi/
    elenim azul rav...pois é vai vendo
    1ª foto do "azulado" Elenim
    http://painelglobal.com.br/talk/destaque.php?id=dat_20110802-192127.incxxadministrador_20110802192127#.Tjh4g1Fq5jk.twitter

    ResponderExcluir
  3. Parece que houve outra explosão hoje 03/08, no Sol, mais poderosa do que essa noticiada, abraços.

    ResponderExcluir

Comentário anônimo não será mais publicado devido a inúmeras discussões sem o menor sentido que alguns sem sintonia nenhuma no blog insistem em discutir com o objetivo de tumultuar o espaço que é feito para complementar e compartilhar informações e opiniões (não ofensas), a identificação também facilita o "diálogo".