28 setembro 2011

Poderia um Planeta Gigante Ter Sido Ejetado de Nosso Sistema Solar?

Crédito: NASA

Começaram a preparar terreno, para a possibilidade real, de existência de um planeta errante.

Cientistas estão sugerindo, através de um novo conjunto de simulações de computador, que existiu “uma vez”, um quinto planeta gigante, além de Júpiter, Saturno, Urano e Netuno.

Este quinto planeta, chega a soar como título de filme de ficção científica, “O Quinto Elemento”, talvez trazendo e transportando até nós, como sequela do filme de 1997. Entretanto este quinto planeta pode ser real. Esta hipótese sugere que um mundo gigantesco foi arremessado para fora do nosso sistema solar a quatro bilhões de anos atrás e estaria agora à dezenas de milhares de anos-luz de distância da Terra.

Mas neste ponto surge a pergunta: Porque suspeitar, que um planeta gigante teria existido e fora arremessado, para fora de nosso sistema?

Embora os astrônomos tenham descoberto muitos sistemas planetários em torno de estrelas vizinhas, nosso próprio sistema solar parece que é a exeção a regra. Cientistas estão descobrindo, que o nosso sistema é um lugar incomum, ordenado, onde os planetas se comportam em órbitas que são quase circulares. Enquanto isso, nos sistemas planetários em torno de outras estrelas encontradas, suas órbitas podem ser muito inclinadas (Os oito maiores planetas de nosso sistemas solar são coplanares - órbitas que se situam no mesmo plano de outra). Há muitos planetas gigantes que migraram perigosamente perto de suas estrelas. Outros planetas estão em movimentos tipo “montanha-russa” órbitas altamente elípticas, que alternativamente os congelam, assim como podem cozinhá-los, proximos de suas estrelas. Ainda mais atordoante, é difícil para os teóricos, construir um modelo de formação de planetas numa visão como do nosso sistema solar. Porém, um novo conjunto de simulações de computador geradas por David Nesvorny, do Southwest Research Institute em Boulder, Colorado, mostra que isso vai funcionar e provar que uma vez, realmente existiu, um quinto planeta gigante, além de Júpiter, Saturno, Urano e Netuno.

Os modelos de Nesvorny, posicionam um quinto planeta, de várias dezenas de vezes a massa da Terra em vários locais possíveis no sistema solar exterior: A meio caminho entre Saturno e Urano, e para lá de Netuno. Nesta intrincada disposição de orbitas, o quinto planeta teria sido expulso, após uma briga territorial espacial, com Júpiter. Isto pode parecer extraordinário, mas há uma abundância de evidências para planetas órfãos de livre flutuação ou planetas errantes nossa galáxia. (Está me parecendo, que estão começando a admitir a existência real de um planeta-x). Uma pesquisa entre 2006-2007, da Via Láctea, usado lentes gravitacionais, foram encontrados 10 objetos escuros flutuando na frente de estrelas no fundo distante. Estatisticamente, isso significa que pode haver tantos, como centenas de bilhões de planetas, vagando livremente dentro da nossa galáxia.

Em primeiro lugar, sabe-se que Urano e Netuno estão muito longe do Sol, para que eles tenham se formado, em seus locais atuais. Simplesmente não houve tempo suficiente e materiais para que eles se aglomerassem em mundos de 15 vezes a massa da Terra. Urano e Netuno devem ter sido formados mais próximo ao sol e depois migraram para o exterior. Isso implica, que o nosso sistema solar era muito caótico. Corpos menores, foram gravitacionalmente chutados e esta troca de hierarquia resultou num ampliação das órbitas dos planetas exteriores. Nossa Lua carrega as cicatrizes deste período irregular e confuso, chamado de Bombardeio Pesado Tardio, de cerca de 4 bilhões de anos atrás.

Fica aqui a pergunta: Seria tanta ilusão e fuga da realidade acreditar na existência e quem sabe o retorno deste tão falado e mítico planeta de tantos nomes? Os cientistas parecem, já estarem, dando a “mão a palmatória” - ou será que estão preparando terreno para não serem depois cobrados e queimados na fogueira por não terem avisado?

Gério Ganimedes

Fonte:
Direitos Reservados - Projeto Quartzo Azul ©©: http://projetoquartzoazul.blogspot.com/2011/09/poderia-um-planeta-gigante-ter-sido.html#ixzz1ZH1mh1YL


Eles vão confirmar o que já sabemos faz tempo. Aliás é só questão de tempo para aqueles que precisam de provas e ou confirmações a respeito dessa e outras questões. 

Ravena 

9 comentários:

  1. Ola Ravena,
    Esse pessoal é muito cara de pau (NASA, além de mostrarem seu "poder" escondendo as emissões solares desses ultimos dias, tipo "nós controlamos, viu!?". Estou falando para quem eu posso para ver as manchas no sol, para observarem o céu, como a lua está com uma luminosidade diferente e como o sol está muito claro, coisa que há muitos anos não seria possivel. Mas só algo drastico para o pessoal sair da tv, dos "compromissos" e ver que a natureza e o universo estão especialmente diferentes. Alias vi o filme "Melancolia", muito bom, melhor quando, ao final, o pessoal continua sentado na poltrono do cinema esperando... esperando "algo cômodo ou confortante" ahahah, simplesmente todos saem em silencio.
    Muita força e luz, abraços,
    Simone

    ResponderExcluir
  2. Ravena,

    A Amasofia explica que onde hoje é o cinturão de asteróides, existiu o planeta Dármon, cujo espírito encarnou na Terra. E que um grande pedaço deste planeta despedaçado, chamado de Tito, colidiu com o planeta Pharma, expulsando-o do sistema solar. O planeta Pharma existia neste espaço onde a NASA sugere o tal planeta.

    Portanto, a AMASOFIA está mais uma vez correta. Leia mais sobre a Amasofia. Visite
    www.amasofia.org.br

    JJ

    ResponderExcluir
  3. A última informação é de que o WISE iria atrás de informações mais precisas do Tyche...será que já acharam as tais informações? Será que já têm "fotinha fotoshopada" pra gente ver?

    Abs de outro mundo...

    ResponderExcluir
  4. OI RAVENA,estamos em compasso de espera!Não deixe de assistir a esses 2 filmes,imperdíveis!STAR TREK
    V : A ÚLTIMA FRONTEIRA e VIAGENS ALUCINANTES com William Hurt!Faz um fechamento em tudo que estudamos como "partes de verdades"! Traz uma grande compreensão e entendimento do todo
    até agora,de acordo com nosso grau de consciência!
    Abraço Fraterno

    ResponderExcluir
  5. OI RAVENA, BOM DIA, AINDA NÃO CONSEGUI LOCALIZAR, O FILME MELANCOLIA, OS ENDEREÇOS QUE ACHEI JÁ NÃO FUNCIONAM, ESTOU BAIXANDO E ASSISTINDO A SÉRIE O EVENTO, TAMBÉM É INTERESSANTE...
    GRANDE ABRAÇO, PAZ PROFUNDA...

    ResponderExcluir
  6. Trecho do discurso do publicitário Nizan Guanaes como paraninfo de estudantes da FAAP

    Dizem que conselho só se dá a quem pede. E, se vocês me convidaram para paraninfo, estou tentado a acreditar que tenho licença para dar alguns.
    Portanto, apesar da minha pouca autoridade para dar conselhos a quem quer que seja, aqui vão alguns que julgo valiosos.

    Meu primeiro conselho: não paute sua vida, nem sua carreira, pelo dinheiro. Ame seu ofício com todo o coração. Persiga fazer o melhor. Seja fascinado pelo realizar, que o dinheiro virá como conseqüência.

    Quem pensa só em dinheiro não consegue sequer ser nem um grande bandido, nem um grande canalha.
    Napoleão não invadiu a Europa por dinheiro.
    Hitler não matou 6 milhões de judeus por dinheiro.
    Michelangelo não passou 16 anos pintando a Capela Sistina por dinheiro.
    E, geralmente, os que só pensam nele não o ganham, porque são incapazes de sonhar. E tudo que fica pronto na vida foi construído antes, na alma.
    A propósito disso, lembro-me de uma passagem extraordinária, que descreve o diálogo entre uma freira americana cuidando de leprosos no Pacífico e um milionário texano.

    O milionário, vendo-a tratar daqueles leprosos, disse:
    - Freira, eu não faria isso por dinheiro nenhum no mundo.
    E ela respondeu:
    - Eu também não faço, meu filho.
    Não estou fazendo com isso nenhuma apologia à pobreza, muito pelo contrário. Digo apenas que pensar e realizar tem trazido mais fortuna do que pensarem fortuna.

    Meu segundo conselho: Pense no seu País. Porque, principalmente hoje, pensar em todos é a melhor maneira de pensar em si.
    Afinal, é difícil viver numa nação onde a maioria morre de fome e a minoria morre de medo. O caos político gera uma queda de padrão de vida generalizada.

    Os pobres vivem como bichos, e uma elite brega, sem cultura e sem refinamento, não chega a viver como homens. Roubam, mas vivem uma vida digna de Odorico Paraguaçu.
    Meu terceiro conselho vem diretamente da Bíblia: 'Seja quente ou seja frio, não seja morno que eu te vomito'.

    ResponderExcluir
  7. É exatamente isso que está escrito na carta de Laudiceia: Seja quente ou seja frio, não seja morno que eu te vomito, ou seja, é preferível o erro à omissão, o fracasso ao tédio, o escândalo ao vazio.
    Porque já vi grandes livros e filmes sobre a tristeza, a tragédia, o fracasso. Mas ninguém narra o ócio, a acomodação, o não fazer, o remanso.

    Colabore com seu biógrafo. Faça, erre, tente, falhe, lute. Mas, por favor, não jogue fora, se acomodando, a extraordinária oportunidade de ter vivido, tendo consciência de que cada homem foi feito para fazer história.
    Que todo homem é um milagre e traz em si uma revolução. Que é mais do que sexo ou dinheiro.

    Você foi criado para construir pirâmides e versos, descobrir continentes e mundos, e caminhar, sempre, com um saco de interrogações na mão e uma caixa de possibilidades na outra.

    Não use Rider, Não dê férias a seus pés.
    Não se sente e passe a ser analista da vida alheia, espectador do mundo, comentarista do cotidiano, dessas pessoas que vivem a dizer: 'eu não disse!', 'eu sabia!'.

    Toda família tem um tio batalhador e bem de vida. E, durante o almoço de domingo, tem que agüentar aquele outro tio muito inteligente e fracassado contar tudo que ele faria, se fizesse alguma coisa.
    Chega dos poetas não publicados. Empresários de mesa de bar. Pessoas que fazem coisas fantásticas toda sexta de noite, todo sábado e domingo, mas que na segunda não sabem concretizar o que falam. Porque não sabem ansiar, não sabem perder a pose, porque não sabem recomeçar. Porque não sabem trabalhar.

    Eu digo: trabalhem, trabalhem, trabalhem. Das 08 ás 12 e das 12 ás 08 horas - e mais, se for preciso.

    Trabalho não mata. Ocupa o tempo. Evita o ócio (que é a morada do demônio) e constrói prodígios.

    O Brasil, este país de malandros e espertos, da vantagem em tudo, tem muito que aprender com aqueles trouxas dos japoneses.
    Porque aqueles trouxas japoneses, que trabalham de sol a sol, construíram em menos de 50 anos, a 2ª maior megapotência do planeta. Enquanto nós os espertos, construímos uma das maiores impotências do trabalho.
    Trabalhe!

    Muitos de seus colegas dirão que você está perdendo sua vida, porque você vai trabalhar enquanto eles veraneiam. Porque você vai trabalhar enquanto eles vão ao mesmo bar da semana anterior, conversar as mesmas conversas, mas o tempo (que é mesmo o senhor da razão) vai bendizer o fruto do seu esforço, e só o trabalho lhe leva a conhecer pessoas e mundos que os acomodados não conhecerão.

    E isso se chama “SUCESSO”.

    (Nizan Guanaes, publicitário)

    Meu IP foi bloqueado - acho que pegeui na veia. Mas continuarei a acompanhar o blog

    ResponderExcluir
  8. Muito bacana os dois últimos comentários. Trabalhar é desenvolver nossos dons e
    aprimorar nosso espírito. E ninguém faz
    isso passando tempo vendo baboseiras na
    tv ou conversando no bar....

    Dona Ana

    ResponderExcluir
  9. Tudo muito bonito,palavras muito poéticas e ideais muito sensatos,se a "verdade" não estivesse escondida sob tais formas profícuas de pensar e realizar!Quer dizer 95 por cento do ser humano é:totalmente sem sonhos, preguiçoso, estúpido, manipulável e escolhe sempre "não ser".Os outros 5 por cento que aqui chegam: Não "são escolhidos", escolhem!São inteligentes, apropriados,operosos,consientes do que fazer, por isso vitoriosos!Gente,não tá faltando nada
    nessa história!O ser humano não é realmente uma
    maravilha,mas o consolo do vencedor não destoa demais do desvio dos fracassados?Peguei na veia!
    perguntem-se mais sobre o que além do medo,nos move mais aqui neste lugar "vigiado"por tantos!
    Nizan Guanaes Afff ...rs..rs.. Abraço Fraterno

    ResponderExcluir

Comentário anônimo não será mais publicado devido a inúmeras discussões sem o menor sentido que alguns sem sintonia nenhuma no blog insistem em discutir com o objetivo de tumultuar o espaço que é feito para complementar e compartilhar informações e opiniões (não ofensas), a identificação também facilita o "diálogo".