14 outubro 2011

Filme Melancholia - A obra prima dos loucos

O filme que foi praticamente banido dos cinemas brasileiros.

Uma obra prima que não respeitou as leis da física e por isso tornou o filme interessante, já que as leis são mutáveis e o que ontem parecia impossível hoje não é mais.   


Uma Estrela Vermelha que era um Planeta Negro, que estava atrás do Sol que virou um Planeta Azul que engana em sua trajetória...

"A mente de um louco, nada mais é, do que a realidade adormecida, do restante da humanidade"! 
Frase emprestada do querido Acolon. 

Bom filme!

Ravena

Título original: (Melancholia)
Lançamento: 2011 
Direção: Lars von Trier
Atores: Kirsten Dunst, Charlotte Gainsbourg, Kiefer Sutherland, Charlotte Rampling.
Duração: 130 min

Gênero: Ficção Científica



Sinopse
Um planeta chamado Melancolia está prestes a colidir com a Terra, o que resultaria em sua destruição por completo. Neste contexto Justine (Kirsten Dunst) está prestes a se casar com Michael (Alexander Skarsgard). Ela recebe a ajuda de sua irmã, Claire (Charlotte Gainsbourg), que juntamente com seu marido John (Kiefer Sutherland) realiza uma festa suntuosa para a comemoração.

Link do vídeo aqui


17 comentários:

  1. Esse filme é insano eu diria.
    A primeira impressao que eu tive foi que filme nao ia começar. E pra mim a melhor parte foi a demonstração da fraqueza daquele que um dia acreditou ter controle sobre as coisas.

    É um filme para loucos, quem tem normose nao entenderá.

    Good Job Rav. ;)
    abração

    ResponderExcluir
  2. Filme interessante mas realmente e efetivamente o filme é uma melancolia de verdade, poderiam ter feito com mais atrativos, mas se tornou um filme extremamente chato e enfadonho com as pessoas dormindo dentro do cinema.

    ResponderExcluir
  3. esse filme mexeu demais comigo. chega uma hora que tu te irrita porque o resto das pessoas no cinema é incapaz de perceber a mensagem e começa a reclamar sem respeitar quem quer prestar atenção.

    De qualquer maneira, é um filme que deixa sem ar. Tem a cena em que uma das protagonistas não consegue respirar e eu me sentia igual na poltrona do cinema. As emoções são passadas se uma forma forte e impactantes, sem filtro, como eu nunca tinha visto em filme algum. mas, óbvio, é triste e tu sai da sala do cinema com vontade de deitar na cama e ficar chorando pra sempre. dizem que o diretor escreveu o roteiro durante uma depressão profunda. se isso é verdade eu não sei, mas que essa emoção definitivamente foi passada, isso é fato.

    ResponderExcluir
  4. Eu gostei do filme
    E o Acolon, o que aconteceu com ele?

    ResponderExcluir
  5. cade o acolon havena???? o que aconteceu com o blog dele???

    ResponderExcluir
  6. O ser humano esta tão ligado a materia que poucos são aqueles que tem a sensibilidade para admirar este filme, muitos gostam do festival de situações impossiveis como no filme 2012 onde tudo desaba mas o Nicolas Cage continua lá, marmelandia americana onde explosões e efeitos especiais que desafiam até mesmo quem os produz, creio que quem faz o roteiro deve pensar, nem eu acredito que ele vai escapar dessa rsrsrsrs, ai quando vem um filme onde nada disso acontece a maioria do ser humano não entende, não consegue enxergar as entrelinhas da mensagem que o filme passa, falta a sensibilidade, falta ai sim ser no minimo um "pouco louco", mas isso tambem não é para qualquer um, somente aqueles que estão em um estágio elevado de luz pode captar e entender perfeitamente este filme, quem não assistiu, assista, mas assista com os olhos do coração e não com os olhos da critica.

    Abraços

    Jorge David

    ResponderExcluir
  7. "A mente de um louco, nada mais é, do que a realidade adormecida, do restante da humanidade"! Este Acolon é um grande Poeta, Filósofo e pensador, quem dera tivéssemos mais pessoas como ele na internet e no mundo, acompanhei ele desde o Garupa das Notícias, saudades de seus textos "LOUCOS".

    ResponderExcluir
  8. Filme descepcionante, e ainda tem mensagens subliminar nele.

    ResponderExcluir
  9. Apertem os cintos! Acolon SP sumiu!!!

    ResponderExcluir
  10. Gostei do que o romulo disse.. "É um filme para loucos, quem tem normose nao entenderá." O filme deve ter ficado uma ou duas semanas em cartaz, todas as salas na Paulista (S.Paulo). Mas o filme e fantasticos... pelo menos para nos "loucos"

    Carlos The Crazy

    ResponderExcluir
  11. Também queria saber onde foi o Acolon. O blog dele sumiu, assim como o perfil do facebook!

    Acho que os homens de preto desintegraram ele...kkkk.Afinal ele tava "falando" demais...rsss

    Mas sério...Queria saber se ele só desistiu de existir na internet, ou foi censurado mesmo...

    ResponderExcluir
  12. Para Paladino: Vc sabe o que é mensagem subliminar? Essa foi boa..kkkk

    ResponderExcluir
  13. Olá Ravena, td bem? Lars von Trier é sempre uma referência, este filme é uma ótima sugestão! Um outro filme imperdível, é PI, um filme de Darren Aronofsky (o mesmo dir. do fantástico Cisne Negro, 2011) PI é rodado em preto e branco, não há tons cinzas, tal como o tema, é dualista, ciência vs misticismo, o principal personagem do filme entra em um conflito cujo dilema requereu uma decisão atípica.
    Abs e bjs, até++++

    ResponderExcluir
  14. NICOLAS CAGE, NÃO PARTICIPOU DO FILME 2012...

    ResponderExcluir
  15. Gostaria de saber também o que aconteceu com o Acolon e seu blog, caso alguem saiba, poste ai.

    ResponderExcluir
  16. Também não tenho idéia do que aconteceu com o Acolon. Sempre visitava o blog dele, até que um dia... DESAPARECEU! Se alguém souber de algo, avise.

    ResponderExcluir
  17. Pessoal,

    O Acolon está bem, não se preocupem!

    Beijo grande a todos!

    ResponderExcluir

Comentário anônimo não será mais publicado devido a inúmeras discussões sem o menor sentido que alguns sem sintonia nenhuma no blog insistem em discutir com o objetivo de tumultuar o espaço que é feito para complementar e compartilhar informações e opiniões (não ofensas), a identificação também facilita o "diálogo".