23 outubro 2011

Irã e Síria assinaram pacto de defesa contra um possível ataque dos EUA

O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad e seu par da Síria, Bashar al-Assad assinaram um pacto de defesa contra um possível ataque dos Estados Unidos ou Israel. Além disso, esta aliança vai receber armas da Síria ao Irã em troca de não entrar em um processo de negociações de paz com Israel.

Se Israel ou os EUA ou a NATO atacar a Síria, um exército sírio não será a resposta, mas sim o iraniano. As condições para a guerra e estão preparados.




Fonte: http://nuevodesordenmundial.blogspot.com/2011/10/si-israel-o-eeuu-o-la-otan-ataca-siria.html



Notícia via Um Novo Despertar, blog do querido Daniel
A agenda global em ação: Agora o Irã é acusado de enviar tropas para Venezuela. Mais farsas estão por vir

Enquanto eles( os senhores do mundo ) não acharem chifre na cabeça de cavalo, não sossegam. 

O Irã está aumentando sua força Qods agentes paramilitares na Venezuela, enquanto secretamente continuam o fornecimento de armas e explosivos para os insurgentes do Taleban e outros no Afeganistão e no Iraque, segundo o primeiro relatório do Pentágono ao Congresso sobre militares de Teerã.

O relatório sobre o poderio militar iraniano fornece novos detalhes sobre o grupo conhecido formalmente como a Guarda Revolucionária Islâmica-Qods Force (IRGC-QF), as tropas de choque islâmica implantada em todo o mundo para promover os interesses iranianos.

A unidade está alinhada com os terroristas no Iraque, Afeganistão, Israel, África do Norte e América Latina, bem como o relatório adverte que as forças dos EUA são susceptíveis de batalha os paramilitares do Irã no futuro.

A força Qods "mantém a capacidade operacional em todo o mundo", diz o relatório, acrescentando que "é bem estabelecida no Oriente Médio e Norte da África e os anos recentes testemunharam uma maior presença na América Latina, especialmente Venezuela."

Comentário

A meu ver, os EUA e UE estão fazendo uma forte campanha para desmoralizar o Irã com falsas acusações de assassinato, envio de armas, tropas especiais do governo iraniano em nações “inimigas” e a fabricação de armas nucleares, todas estas acusações sem refutação. Agora eles estão fomentando outra farsa, acusando o Irã de fornecer tropas para a Venezuela com intuito de vigiar os EUA de perto, segundo a matéria.

Lembrando que numa reunião do Club dos Bilderberg ,uma das metas principais da agenda global do clube, era invadir o Irã e acabar com o governo do Armadinejad e posteriormente a Venezuela, na qual seu presidente Hugo Chávez se diz inimigo declarado dos EUA, ou seja, todo os ditadores que fazem oposição ao sistema da Nova Ordem Mundial, como ex-ditador da Líbia Muammar Gaddafi, estão sendo varridos ao poucos, e certamente os próximos alvos do Tio San e sua trup será o Irã e a pobre Venezuela.

Tradução: Google


Eu preferiria que o planeta explodisse antes que os homens o explodam. Que algo aconteça para nos unir de uma vez ao invés de nos separar de uma vez por todas. Quanto mais estudo o comportamento humano menos confiante no homem fico, mas façamos a nossa parte em manter a consciência da situação e passemos a informação a diante. Líbia já é assunto encerrado com a morte de Kadafi (mesmo que seja um sósia e não o próprio Kadafi, que vimos nas imagens captadas por celular, para o mundo ele está morto), e agora tudo indica que os próximos serão Irã e/ou Síria.

Leia também:

Terceira Guerra Mundial - Alerta Máximo - O Centésimo Macaco - Parte 2

EUA volta a ameaçar o Irã - Alex Jones alerta máximo para Terceira Guerra Mundial - Parte 1
  
Beijo no coração 
Ravena

8 comentários:

  1. Bom dia Rave,
    Vou fazer um dueto com esta matéria que postou.
    É aos poucos eles não se contentando com o muito de estragos que já vem proporcionando aos civis inocentes e diversas partes do mundo, agora estão se comendo de vontade de arrumarem um pretexto para seguirem adiante.
    Só que hoje não é como antigamente quando usavam a mídia e era facinho enganar, hoje está mais complicado e mesmo assim seguem atropelando todo mundo.
    É só uma questão de tempo para atacarem Síria, Irã e quem sabe uma Venezuela. Ainda acho que este cancer do Chavez foi plantado, queriam eliminá-lo sem fazerem grandes estragos. Uma conjectura minha. Sabe como esta gente tem jeitinho para tudo. hehehe
    Beijão Rave, bom domingo

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Ravena e a todos.
    Penso que "água" em ebulição é somente água quente, note que a humanidade beira os sete bilhões de Seres, com grande exagero diríamos que alguns milhões (uns cem talvez?) são, de fato, extremistas e absurdamente materialistas, o restante é, via de regra, vítima.
    Se isso não fosse racional de admitir mesmo você não estaria aqui lutando por dias melhores, pouco importa o que você crê ou entende, seja muito ou pouco vem dividir aqui, é essa o "sal" evolutivo, o tempero da conscientização universal.
    Mas.., voltando à água, quero apontar por analogia que tudo depende do calor e do volume de líquido a ferver, quando alego os sete bilhões tento dizer "muita água" e quando digo alguns milhões busco informar "pouco vapor" (que até poderia ser menos, mas não é...).
    Esse "vapor" finda por deixar o ambiente do restante e o "fogo" acaba por extinguir, sobrará a "água" morna e até agradável, o importante será não sermos parte do "vapor" mesmo que venhamos a ser vítima dele.
    Talvez nem estejamos presentes quando a fúria terminar, mas é confortante saber que findará, os prenúncios são esses que você mesma aponta todos os dias.
    Fraternalmente.

    ResponderExcluir
  3. Engraçado..
    Por que o Irã (se é tão poderoso assim!), não coloca armas no Brasil, já que o Ahmadinejad tinha um estreito relacionamento com Lula?

    ResponderExcluir
  4. Ravena,aqui a resposta para o terremoto na turquia: http://sorchafaal-en-espanol.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Os Estados Unidos querem o petróleo do oriente a todo custo, será para garantir a energia necessária para superar o que a de vim.

    ResponderExcluir
  6. Não há como comprovar oficialmente, mas não descartaria essa informação de presença iraniana na Venezuela. E diria mais! O interesse iraniano é sua presença em Cuba! Com passaportes providenciados por Chavez.

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Prestemos atenção aos terremotos da Turquia, pois acredito que o objetivo seja atingir/devastar o Irã via HAARP. E depois os cientistas/entendidos vão dizer que é a placa tectônica instável da região, etc. e blá-blá-blá...
    A Legião está preferindo causas naturais, vide Japão, a se expor à opinião pública - ainda mais com o movimento crescente Ocupem Wall Street.
    As massas estão se rebelando e Eles precisam continuar a Agenda.
    Teoria da Conspiração total, né? rs... Mas meu pensamento está por aí.

    Paz e Bem,
    Márcia Cristina

    ResponderExcluir
  8. Olá Ravena! os governos destes países, Irã e Síria, são désporas, fascínoras, de visão medieval, que infelizmente no joguete principalnente da guerra fria, os encastelaram de tal forma que só com uma "rebelião a la Líbia" poderá mudar alguma coisa. O povo árabe e persa merecem um destino melhor! bjs e abs, rrbl.

    ResponderExcluir

Comentário anônimo não será mais publicado devido a inúmeras discussões sem o menor sentido que alguns sem sintonia nenhuma no blog insistem em discutir com o objetivo de tumultuar o espaço que é feito para complementar e compartilhar informações e opiniões (não ofensas), a identificação também facilita o "diálogo".