27 novembro 2011

SC: animais mortos chegam a 43; cientistas não sabem a causa

O número de animais marinhos mortos encontrados no litoral de Santa Catarina chegou a 43 na quinta-feira, segundo informações dos pesquisadores do Museu Oceanográfico da Universidade do Vale do Itajaí (Univali).

Os corpos começaram a ser encontrados há cerca de 30 dias e os pesquisadores ainda não sabem o que está causando as mortes.

Na tarde da quinta-feira, foi encontrada na praia Brava, em Itajaí, uma toninha. O animal integra o grupo de espécies ameaçadas de extinção na costa brasileira.

Além dela, a carcaça de duas baleias foram localizadas na costa: uma jubarte em São Francisco do Sul e uma baleia minke-antártica de 3,6 m de comprimento, em Porto Belo.

A jubarte apresentava sinais de mordidas de tubarão, indicativo de que teria morrido em alto-mar.

Já foram registradas as mortes de 26 tartarugas verdes (Chelonia mydas), dois golfinhos cinza (Sotalia guianensis) e 12 botos (Tursiops truncatus).

A equipe da Univali deve divulgar um laudo sobre as mortes nos próximos 10 dias. De acordo com Jules Souto, curador do museu, o quadro é preocupante pelo fato de o número de mortes de animais ser muito acima do considerado habitual.

"Além do mais, os casos estão concentrados. Numa única praia, em oito quilômetros, havia 11 tartarugas", disse ele, que não descarta a hipótese de problemas relacionados à poluição.

"Chegamos a ter um golfinho a cada quatro dias. Estamos monitorando a orla e iremos averiguar a razão da alta concentração de mortes".


Veja também:

Fonte: Terra

9 comentários:

  1. Muito triste isso. E o pior é que não há o que fazer =( Lamentável

    ResponderExcluir
  2. Ave, Ravena! A resposta, vez por outra, está muito mais perto do que pensamos. Meu pai mora em Bombinhas-SC, um município que sobrevive basicamente da pesca,e, secundariamente, do turismo. Ele já teve também barcos de em um dos quais eu mesmo trabalhei por três meses, pescando camarão e lula. Certa vez, conversei longamente com um pescador que havia sido "mestre" (capitão) de barcos que pescavam "cação" (tubarão) com redes de superfície, ou seja, redes que usavam bóias para ficar á flor dá água. Disse ele que nessas redes vinha de tudo quanto é bicho que vivia "á flor da água": golfinhos, focas, tartarugas, baleias, pinguins, etc. , e que eles só jogavam esses bichos fora por causa do ibama, por que se o ibama os pegasse com tartarugas, a multa seria pior do que não ter saído prá pescar, além do barco ficar apreendido. Prá fechar, lembre que SC é um estado com fortíssima indústria pesqueira, e não é de se espantar que essas mortes de mamíferos marinhos e tartarugas tenham se dado justo aqui e logo nesta época, em que os pescadores arriscam mais por que querem uma graninha extra para curtir um fim de ano digno de todo trabalhador brasileiro. Não se iluda, querida guerreira, sei do que estou falando por que cheguei a ganhar algum dinheiro com a pesca, e a realidade é bem mais cruel, NESTE ASPECTO ESPECÍFICO, que qualquer teoria conspiratória. Esqueça os Haarp, as mudanças dos polos magnéticos, os testes com armas ultra sônicas, etc. Aqui, em SC, e agora, NA ENTRADA DAS FESTAS DE FIM DE ANO E DO VERÃO, o que está causando a morte destas criaturas que vivem na superfície do mar são as redes dos pescadores, só isso e nada mais. Lamento ter que te dizer estas coisas, de coração; preferia mil vezes te dizer que são fenômenos astronômicos ou extra terrestres ou nibiru ou elenin ou cinturão de fótons, mas não são: somos nós, a espécie humana. Abraço do Wilson de Blumenau
    ***Veja na reportagem do Terra que as tartarugas apresentavam marcas de interação com equipamentos de pesca

    ResponderExcluir
  3. será por causa da vazamento de óleo em Campos????

    ResponderExcluir
  4. O fim da cadeia alimentar.....Animais marinhos pequenos vivem do plâncton. Animais marinhos de porte médio se alimentam de animais menores, E os animais marinhos de grande porte se alimentam de outros animais, além dos plântons.

    Catástrofes a vista!!! De acordo com vários "oceanógrafos", os plânctons estão morrendo por vários motivos, entre eles a poluição (produtos químicos, petróleo, plásticos e, etc). Uma vez a base alimentar "plânctons" não existindo mais, a cadeia alimentar se tornará um "caos" generalizado. Os animais pequenos morrerão de fome e devorados. Animais médios e grandes, entrarão em colapso. Há 5 anos atrás, foi predito por cientistas que as espécies marinhas estarão extintas num prazo de 40 anos ou mesmo antes, vai depender da rapidez do processo de destruição, que ainda não é bem conhecido pelos estudiosos..

    Infelizmente, extração & destruição, são irmãos gêmeos.

    Os homens são como as crianças comendo bolo de chocolate. Não conseguem comer sem se borrar todo.......e se julgam espertos......kkkkk

    Tharcon

    ResponderExcluir
  5. Olá a todos, boa tarde!

    Sei que para nós isso é muito fácil de compreender, trata-se da alteração das linhas magnéticas que são formadas pelo campo magnético da terra e está se alterando devido ao que acontece com o ''nosso'' sistema solar influenciado por todo um conjunto de outros fatores do universo, para nós que estamos aqui nos fortalecendo dia a dia compreendemos com facilidade, e sei que a Ravena também sabe, porém o tópico é um despertador para a maioria.

    para finalizar vou citar uma frase que aprendi em um filme chamado Espartacus (1960) (telecine cult):

    Quando um homem diz NÃO, os governos tremem.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Ravena, bobagem publicar este.
    Recebi seu comentário de extravio, mas não lembro sobre o tema, isso não importa e agradeço seu elogio que nem mereço.
    Vou desenvolver um tema hoje e à noite ou amanhã cedo lhe envio se quiser publique como uma mensagem, coisa que você costuma fazer e muito bem, senão deixe como um simples comentário, eu apenas não o farei ligado ao tema que você postar.
    Se aquele Deus que vive em você se manifesta, como costumo ver, que ele brilhe cada vez mais.
    Fraternalmente.

    Em tempo: Uma das editoras que contatei sobre meu trabalho literário pediu o envio do arquivo com o tema, há alguma esperança nisso, beijos do vô!

    ResponderExcluir
  7. Querido,

    Envie o que desejar, se for grande, envie por email, o prazer é meu em ler e publicar.

    E iupi!! Vibro para que um ser consciente publique seus sábios pensamentos, pesquisas, romances...é justo que brasileiros tenham literatura de qualidade.

    Beijo no coração do vô! Rs...

    ResponderExcluir
  8. O que aconteceria se a Terra parasse de girar?
    "Catástrofes em escala global e dizimação da raça humana seriam algumas das consequências mais brutais."

    http://www.tecmundo.com.br/ciencia/15883-o-que-aconteceria-se-a-terra-parasse-de-girar-.htm

    ResponderExcluir
  9. Oi Louise,

    Vou ler o link, obrigada.
    Você conhece Greg Braden? Eu já escrevi sobre ele e sinceramente adoraria estar viva para ver o dia em que a Terra parar. Não existe destruição mas transformação e grandes oportunidades.

    Abração

    ResponderExcluir

Comentário anônimo não será mais publicado devido a inúmeras discussões sem o menor sentido que alguns sem sintonia nenhuma no blog insistem em discutir com o objetivo de tumultuar o espaço que é feito para complementar e compartilhar informações e opiniões (não ofensas), a identificação também facilita o "diálogo".