30 março 2012

Duas falhas ativas são descobertas no Japão

Chiba é o ponto em azul no mapa

Duas falhas geológicas ativas até então desconhecidas foram encontradas próximas à península de Boso, em Chiba. Um pesquisador afirmou que um abalo simultâneo poderia provocar um terremoto de 8 a 9 graus de magnitude.

As falhas, uma com pelo menos 160km de extensão e a outra com mais de 300km, foram encontradas no assoalho do Oceano Pacífico, a uma distância de cerca de 100km a 200km a sudeste da península. A pesquisa foi feita por especialistas das universidades de Hiroshima, Nagóia, da Agência para Ciência Marinha Terrestre e Tecnologia do Japão e outras instituições, de acordo com a agência Kyodo.

“As falhas eram desconhecidas e não eram examinadas. Existe a possibilidade de ocorrer um forte abalo seguido por tsunami na região sul de Kanto, incluindo Tóquio, e a região Tokai, no centro do Japão. Isso deve ser investigado imediatamente com detalhes”, teria afirmado um professor da universidade Toyo.

Um comentário:

  1. http://tecnociencia.co/marte-tuvo-un-oceano-una-vez/

    ResponderExcluir

Comentário anônimo não será mais publicado devido a inúmeras discussões sem o menor sentido que alguns sem sintonia nenhuma no blog insistem em discutir com o objetivo de tumultuar o espaço que é feito para complementar e compartilhar informações e opiniões (não ofensas), a identificação também facilita o "diálogo".