28 março 2012

O mês de março - O Sol - Os Terremotos inclusive no Brasil - Plumas de Vapor dos Vulcões - Cometa Swan - Simulação de Preparação para tsunamis

Diversas erupções solares ocorreram proveniente da mancha 1429 no começo do mês de março, por 2 semanas o Sol praticamente nos bombardeou e ventos solares atingiram o campo magnético da Terra causando tempestades magnéticas durante e após esse período. A agitação dessas semanas são uma prévia do que devemos esperar quando o Sol realmente entrar no pico do ciclo 24, previsto para o final desse ano e começo de 2013.

Contudo, essa agitação causou reação nos meios de comunicação e até aqui no Brasil, a Globo através do programa Fantástico fez uma reportagem a respeito. Ridículo é verdade, um misto de informações verdadeiras com pura desinformação, típico dos ditos especialistas que aparecem na tv aberta, esse é o papel às vezes ingênuo desses doutores na mídia controlada, desinformar. Enquanto no Reino Unido, a tempestade solar entra na lista de ameaça à segurança, o brasileiro que utiliza apenas a mídia comum para se informar, pensa que o Brasil é abençoado e está blindado a essas ameaças.

Mas outras coisas interessantes aconteceram esse mês no Astro Rei, uma estranha esfera surgiu conectada ao Sol no dia 11, "desprendendo-se" no dia 12. Ainda não sei o que é aquilo, mas a explicação da Nasa que o fenômeno é uma proeminência do filamento não convenceu...


A atividade sustentada pelas manchas solares 1429 manteve o Círculo Polar Ártico aceso com auroras durante quase duas semanas. O guia turístico Chad Blakely disse:
"Eu gastei muitos milhares de horas assistindo e fotografando as Luzes do Norte" "e posso dizer honestamente que nunca vi o auroras tão forte por tantos dias seguidos", esse guia registrou imagens maravilhosas no dia 12 de março.

Depois da estranha esfera, no dia 13 essa era a imagem do Sol captadas pelas lentes SDO:


Frequentemente o Sol apresenta buracos coronais que são áreas onde a coroa solar é mais escura, fria, e possui uma densidade de plasma mais baixa do que a média da coroa (cerca de 100 vezes menos do que a média), mas dessa vez o que se parece com mais um apresenta essa aparência bem interessante e peculiar, um triângulo enorme.

Então aparece um vídeo que relembra aquele padrão de 188 dias de intervalo entre grandes terremotos, com previsão para o dia 22 de março de terremotos com grande magnitude. E Pedro Gaete entra em cena novamente informando que terremotos de grandes magnitudes podem acontecer entre 20 e 25 de março. O Big One, não aconteceu, mas algumas "coincidências" são gritantes.

No dia 20 de março um terremoto de magnitude 7.4 ocorreu no México, por coincidência uma simulação de terremoto estava previsto para o mesmo dia.

A simulação, que estava marcada há meses e começou com o som de alarmes em escritórios, templos e sinos tocando em escolas e hospitais, tornou-se uma mobilização real de ambulâncias e bombeiros e as chamadas para evacuar edifícios quando a terra começou a tremer.

No dia 21 um de 6.6 mag. em Nova Guiné e no dia 23 ocorreu na Austrália o mais forte terremoto registrado nos últimos 15 anos de 6.1 de magnitude, reduzido mais tarde pela USGS para 5.6

Dia 25 de março um terremoto de 7.1 de magnitude sacode o Chile, o governo chileno informou que o terremoto não era elegível para gerar tsunami, mas o governo mudou de ideia, o mar recuou 40, 50 metros, por precaução o governo evacuou a zona costeira da Região do Maule.

Paulina Gonzalez, especialista em análise sísmica da Universidade de Santiago, disse que o forte terremoto de 7,1 graus na escala Richter, foi uma réplica do terremoto de 27 de fevereiro de 2010.

"O terremoto estava na mesma área do sismo de 2010, de modo que seria uma réplica, uma vez que está na zona de falha."

Ela acrescentou que "tudo é considerado réplica inferior a 7,8 graus."

Gonzalez disse que a intensidade do dia 25 poderia acontecer novamente, "É uma réplica um pouco mais tarde, mas como não temos histórico de terremotos tão grande quanto o 8,8 não se sabe quanto tempo pode levar essas réplicas".

Vocês acharam isso estranho? Eu idem! Uma réplica 2 anos mais tarde? É uma especialista.

O jornal La Nacion informou que mais de 20 tremores secundários ocorreram na Região do Maule, após o forte terremoto, alguns foram sentidos e outros não. O interessante é que essas réplicas não foram registradas nos sites comuns de monitoração, como o USGS ou Monitor Global. Por que?

O curioso nesses dois últimos grandes terremotos é que no México a profundidade do epicentro foi de apenas 20 km e magnitude 7,6 e no Chile, a profundidade de 34 km e magnitude 7,1, movimentos dessa magnitude e tão próximos da crosta deveriam ter consequências maiores, o que é positivo para aqueles que sofrem os efeitos de um, mas algo em torno desses dois terremotos soa estranho, talvez apareça informação significativa nos próximos dias que possa esclarecer essa característica incomum dos dois terremotos.

No nosso querido Brasil Blindado dois terremotos foram registrados no seguinte site European-Mediterranean Seismological Centre, um site que fornece informações para uso de sismólogos, informação crua sem análise anterior, por isso eles avisam no site que a qualidade é incerta, os parâmetros são obtidos através de uma análise automática, às vezes é melhor assim devido a atual condição dos nossos especialista.


Segue notícia interessante:

Um tremor de 5,2 graus na escla Richter atingiu o estado brasileiro, Rondônia, na semana passada, dia 22 de março.

O terremoto considerado moderado foi registrado pelo Centro Sismológico Europeu.

No mesmo dia, um portal de notícias de Rondônia publicou que "Um terremoto na Bolívia foi sentido em prédio do Ministério Público, funcionários evacuaram o local".




Também em março, de acordo com um vídeo postado no youtube, surgem "plumas" de vapor saindo do solo por curtos períodos de tempo de uma série de vulcões adormecidos nas cidades Hot Springs, Sulphur Springs, e Crater of Diamonds que aparecem em imagens de satélites visíveis do espaço, que pode ser um escapamento de gás natural do subsolo, que poderia gerar uma possível reação em cadeia de atividade vulcânica na região.

O vapor proveniente nesta área poderia ser possívelmente de um vulcão antes dormente e agora em atividade, atingindo os lençois de água do subsolo e as empurrando para a superfície por válvulas naturais de escape, assim como Geisers que ocorrem comumente no Yellowstone - EUA.

Isso aumenta as chances de um grande evento sísmico ao longo da Zona de Nova Madrid, uma área conhecida por abalos sísmicos no continente norte americano e pode de fato, ser a própria causa do aumento recente de terremotos no meio oeste americano.


Também em março, o Cometa Swan mergulhou na atmosfera do Sol no dia 14 e aparentemente não sobreviveu. No filme o Cometa entra na corona solar mas não sai...

Como podemos observar no vídeo abaixo, uma CME é lançada logo após o impacto do cometa no Sol, mas é claro que a Spaceweather atribuiu o fenômeno a mais uma simples erupção que ocorreu na mancha solar 1429. Pelo menos eles não disseram que era o vapor do que restou do pobre cometinha no espaço, acreditem, me escreveram isso nos comentário em meio a ofensas...


Engraçado é que toda vez que um cometa cai nas graças do Sol, uma CME quase que imediatamente é lançada por ele...mas são só coincidências...

E para terminar, uma simulação de preparação para tsunamis acontece entre 25 a 31 de março. Em Washington por exemplo, o cenário será a simulação de um terremoto de magnitude 9,2 que ocorre no Alasca e provoca um grande tsunami que afeta toda a costa do estado de Washington em 3 horas.
O objetivo do exercício é testar a resposta federal, estadual e local e as capacidades de evacuação, e mensagens para a população dispersa.

Você pode conferir os cenários e a cidades que participaram da preparação no link abaixo:

É isso galera! E março nem terminou ainda.
Beijo no coração
Ravena

18 comentários:

  1. Só uma perguntinha. O mar voltou ao normal após o recuo que resultou no alerta de tsunami? E uma curiosidade no dia 26/03/2012 passou dois asteróides raspando na terra (2012 FP35 0.4LD e 2012 FS35 0.2LD) e que me consta estava com um calculo bem diferente antes da passagem, e tem outro para o dia 01/04/2012 o 2012 EG5 0.6LD. Sera que a NASA vai errar o calculo novamente?. Espero que não. Essas informações está no site APOLLO 11. É só uma observação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procurei por essa informação e não achei Martineli...Pelo que entendi não voltou, o que causa mais estranheza ainda...Abração

      Excluir
  2. Oi Ravena. Realmente, e olha que o mês nem acabou ainda. Só completando sua notícia, este mês li uma notícia que o celio postou http://celiosiqueira.blogspot.com.br/2012/03/forte-terremoto-sacode-australia-em.html?utm_source=BP_recent que aparentemente passou despercebida por muita gente, mas que eu achei estranho. Terremoto de 6,1 na Autrália? 6,1 é um terremoto considerável para uma região de interior de placa! O governo autraliano disse que foi 6,1 a 3km de profundidade... 3km???! É muito raso. Por sua vez, o USGS rebaixou para 5,6 e para 10km, o que, ainda assim, é bastante raso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito raso...por "sorte" foi no meio do nada, ainda bem...Abraço Erico

      Excluir
  3. Ops, desculpe, esqueci de assinar.
    Erico.

    ResponderExcluir
  4. Olá Ravena! excelente post! parabéns! bjs e abs.RRBL.

    ResponderExcluir
  5. Outro dado interessante é que dos dias 20 à 27 de março tivemos 7 terremotos acima de 6 graus ( FORTES E MUITO FORTES ). Li em um site que infelizmente não me recordo qual, que isto está acontecendo porque a partir do dia 20 de março NIBIRU saiu de trás do sol e por isso aumentou e aumentará ainda mais a intencidade dos terremotos.

    Um abraço RAVENA e obrigado pelas informações.
    André.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi André, de acordo com aquele documento elaborado pelo Starviewer é isso mesmo que está acontecendo, outro fator...Obrigada pelo comentário, abração

      Excluir
    2. Ravena, você tem alguma ideia, serve suposição, sobre quando Nibiru se tornará visível?

      Erico.

      Excluir
  6. Olá Ravena!!!

    Vale lembrar que a mancha solar 1429 esta muito ativa ainda e este final de semana ela começa a ficar em direção a terra novamente e com certeza teremos mais um show de explosões em direção a terra, resta saber até onde ela aguenta tanta surra rsrsrsrsrs, quanto aos cientista, tecnicos da nasa, NOAA eu nem leio mais o que eles escrevem pois só não vê quem não quer, só aceitam suas explicações aqueles que não estão preparados para o amanhã.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois, a "manchinha" ainda está bem ativa, mais alguns dias e ela estará a vista novamente. Vamos aguardar. Valeu e abração

      Excluir
  7. POR QUE NÃO PODEMOS VER NIBIRU? NÃO CONSEGUIMOS ENCONTRAR NIBIRU E DE ACORDO COM A TEORIA (PSEUDO), JÁ ERA PARA ESTARMOS A VÊ-LO A OLHO NU E O PLANETA TERRA A SOFRER A SUA INFLUÊNCIA GRAVITACIONAL, LOGO ESTA TEORIA ESTÁ REDONDAMENTE ERRADA!!!

    ResponderExcluir
  8. Se essa "manchinha" durar até 20 de maio e no transito de vênus em 6 de junho e ainda por cima ficar virada para a Terra! O.0... Acho que eu vou conseguir ver aurora boreal o brasil !!!

    ResponderExcluir
  9. Olá Ravena,
    dê uma olhada nessa matéria no G1
    '' NA ÍNDIA,DILMA DEFENDE NOVA ORDEM MUNDIAL E REFORMAS NA ONU ''
    http://g1.globo.com/economia/noticia/2012/03/na-india-dilma-defende-nova-ordem-mundial-e-reformas-na-onu.html

    ée 2012 ta ai mesmo né

    ResponderExcluir
  10. Muitos acontecimentos são esperados para 2012 e todos nós precisamos estar preparados. Acho que nossas maiores ameaças não vem do céu ou do núcleo da terra. Nossas maiores ameaças vem das maquinações humanas. Pouco a pouco a verdade vem a tona. O projeto Haarp tem sido comentado abertamente por instâncias políticas e científicas, mas antes só nós "teólogos da conspiração mundial" falávamos nisso. Sinto dizer que mais há para ser revelado, mas de uma forma pouco confortável para a maioria.

    Ricotiers

    ResponderExcluir
  11. HÁ ALGUMA VERDADE EM SUA FICÇÃO E ALGUMA FICÇÃO EM SUA VERDADE
    http://stelalecocq.blogspot.com.br/2012/03/ha-alguma-verdade-em-sua-ficcao-e.html

    ResponderExcluir
  12. O problema é só que a gente quer , através de catástrofes provar nossos propósitos. Concordo com tudo, exceto a expectativa de provar o que pode acontecer. Porque pode, não acontecer. Tudo acontece de forma inesperada, já percebeu?? Ninguém sabe como, qdo... contrariando a todos nós. E quando acontece, ninguém sabia... nem os mais avisados.

    ResponderExcluir

Comentário anônimo não será mais publicado devido a inúmeras discussões sem o menor sentido que alguns sem sintonia nenhuma no blog insistem em discutir com o objetivo de tumultuar o espaço que é feito para complementar e compartilhar informações e opiniões (não ofensas), a identificação também facilita o "diálogo".