27 março 2012

Obama diz a Medvedev que terá mais flexibilidade após eleição segundo conversa captada em vídeo - Será mesmo outra gafe?

SEUL, 26 Mar (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, assegurou ao presidente russo prestes a deixar o cargo, Dmitry Medvedev, que ele terá "mais flexibilidade" para lidar com questões controversas como a defesa antimísseis após a eleição presidencial norte-americana, segundo conversa captada em vídeo nesta segunda-feira.

Durante conversa em Seul, Obama pediu a Moscou para lhe dar "espaço" até depois da votação de novembro, e Medvedev disse que iria repassar a mensagem ao próximo presidente russo, Vladimir Putin.

A conversa franca incomum aconteceu quando Obama e Medvedev se encontraram na véspera de uma cúpula global de segurança nuclear na capital sul-coreana, sem saberem que suas palavras estavam sendo captadas por microfones quando repórteres eram levados para a sala.

Os planos dos EUA para um escudo antimíssil têm complicado as relações entre Washington e Moscou, apesar de Obama tentar "retomar" as relações entre os dois antigos inimigos da Guerra Fria. Os adversários republicanos de Obama acusaram-no de ser aberto demais a concessões para a Rússia sobre a questão.

Inclinando-se para Medvedev, Obama foi ouvido pedindo ao líder russo por tempo - "particularmente na defesa de mísseis" - até que ele esteja em melhor posição politicamente para resolver essas questões.

"Eu entendo a sua mensagem sobre espaço", respondeu Medvedev, que vai entregar a presidência a Putin em maio.

"Esta é minha última eleição ... Depois da minha eleição eu tenho mais flexibilidade", disse Obama, expressando confiança de que ele vai ganhar um segundo mandato.

"Vou transmitir esta informação para Vladimir", afirmou Medvedev, protegido de Putin e há tempos considerado o segundo mais importante na estrutura de poder de Moscou.

A conversa, parte dela inaudível, foi monitorada por um grupo de jornalistas de televisão da Casa Branca, bem como por repórteres russos ouvindo ao vivo do seu centro de imprensa.

A Rússia se opõe fortemente ao baluarte de engenharia norte-americano que está sendo construído em torno da Europa contra mísseis balísticos.

Os Estados Unidos insistem que a intenção é proteger contra um ataque com mísseis por países como o Irã, mas a Rússia diz que teme que o sistema pudesse enfraquecer sua intimidação nuclear.

A Casa Branca, inicialmente pega desprevenida com perguntas sobre a conversa dos líderes, mais tarde divulgou um comunicado se comprometendo com a implementação de defesa antimísseis, "que temos dito repetidamente que não visa a Rússia", mas também reconhecendo os obstáculos de um ano de eleição para a questão.

"Como 2012 é um ano eleitoral em ambos os países, com uma eleição e transição de liderança na Rússia e uma eleição nos Estados Unidos, não é claramente um ano em que vamos conseguir um avanço", disse o vice-conselheiro norte-americano de segurança nacional, Ben Rhodes.

"Por isso, o presidente Obama e o presidente Medvedev concordaram que era melhor instruir os nossos técnicos para fazer o trabalho de melhor compreender nossas respectivas posições, proporcionando espaço para discussões contínuas sobre a cooperação de defesa antimísseis no futuro", disse ele.

(Reportagem de Matt Spetalnick)

Fonte: Reuters

E aqui o vídeo da suposta gafe...engraçado, depois da outra suposta gafe com o Sarkozy, Obama ainda não aprendeu que não pode falar certas coisas antes de entrevistas? Será mesmo que os dois acontecimentos foram gafes?

Ravena




Certidão de Nascimento de Obama é falsa








5 comentários:

  1. Oi Rave,
    Não acredito que seja uma simples gafe.
    Essa gente ja faz tudo bem coordenado ja para ir trabalhando sobre o que querem fazer e qual reaçao do publico coletivo.
    Nao da para se enganar com este Obambancanao, esse cara e como alguns dizem: Trabalha nao pelos EUA mas contra os EUA. Esse cara e um agente externo infiltrado no poder dos EUA e esta la para executar as ordens da elite globalista que quer seus planos estabelecidos e e claro os EUA desmontados serao parte desse esquema.
    Esse cara nao inspira confiança. Sera que o povo norte americano nao acordou para o fato que essa turma esta desmontando tudo nos EUA? Eu achava um absurdo de inicio pensar desta maneira, mas hoje nao duvido.
    Bem sei la , mas deixo aqui meu comentario.
    Bjs Rave

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é e já começa pela certidão de nascimento desse Obambacanão que é falsa igal ele.
      E o pior que não tem um com culhão para peitar o cara nas instâncias judiciais nos EUA e levanta a bandeira e de bandeirada que a eleição do Obambacanão para o um segundo mandato está na agenda da elite globalista.
      Tudo já prontinho pessoal, uma derrota de Obama é só o plano B dos elitistas, eles sempre pautam por aqueles que vão lhes dar menos dores de cabeça e que vão lhes dar ganhos fabulosos. It's the question: Obama or not Obama? hahahahaha
      Mas seja quem for tudo faz parte da engenharia até o que o povão decidir, bem que lá não manda muito o fato do voto nas urnas e sim os dos delegados dos colégios eleitorais.
      Aguentem o ditador Obama e o que esteja por vir. Não era o Papa negro que algumas profecias queriam dizer que seria um Papa e sim o vejo como o Papa negro o Obambacanão aquele que quer transformar os EUA em um Estados Falidos da América para entregá-los de bandeja para os algozes globalistas e seus blocões econômicos. Depois do NAFTA pr lá, o sonho de uma UNA-União Norte Americana pode estar na agenda elitista.
      Bjs miga Rave

      Excluir
  2. Ave, Daniel! Mandou muito bem, muito bem mesmo. Faço um pequeno adendo: o papa negro é o próprio que está no cargo agora: Benedito 16, o beneditino que tem o mesmo nome papal do santo negro Benedito. Valeu

    ResponderExcluir
  3. Ravena, toda paz para você. Acho que você gostará disso http://saturndeathcult.com/

    ResponderExcluir
  4. Gafe? claro que não. passou no jornal nacional.....então........

    ResponderExcluir

Comentário anônimo não será mais publicado devido a inúmeras discussões sem o menor sentido que alguns sem sintonia nenhuma no blog insistem em discutir com o objetivo de tumultuar o espaço que é feito para complementar e compartilhar informações e opiniões (não ofensas), a identificação também facilita o "diálogo".