27 agosto 2012

Mais de 135 terremotos na Califórnia e um de 7.3 no Equador


Dia 23 comentei com a galera no facebook que a Terra praticamente havia parado de tremer, tomei um susto hoje quando vi o número de terremotos, principalmente na Califórnia...

Entre os dia 21 e 24 ocorrem em média de 15 a 19 terremotos, quase metade do "normal", depois começou a subir e ontem dia 26, eu contei 135 terremotos sendo 97 só na Califórnia.

Parece que a Terra estava realmente "armazenando energia", acho que podemos esperar um grande terremoto ou a dispersão dessa energia assim, em vários sismos de pequena magnitude.

Para o bem das pessoas que moram naquela região, esperamos que seja a segunda opção.

Até agora (27/08 as 11:04 hrs) foram 57 terremotos, incluindo um muito forte no Equador de 7.3.
Ate hoje, nunca vi algo assim, a não ser naqueles terremotos com magnitude maior que 8, que geram as benditas réplicas, mas não houve um grande na Califórnia que justifique esse enxame de terremotos acontecendo com magnitudes menores. 

Vamos acompanhar.

Abraços
Ravena

41 comentários:

  1. I'm gone to inform my little brother, that he should also visit this webpage on regular basis to take updated from newest news.[url=http://chilipaydayloans.co.uk/]UK payday loans[/url]

    payday loans
    My web site ; UK payday loans

    ResponderExcluir
  2. Li em um texto esses dias que devemos enxergar os terremotos assim:

    Terremotos superficiais : Esses terremotos causam grandes danos materiais e perda de vidas, situações de transtorno na superfície da terra.

    Terremotos profundos: Esses não devem ser descartados ou avaliados como ''menos'' prejudiciais por não causar danos materiais, esses terremotos profundos são perigosos por que causam ''avarias'' no interior da terra, e dai sim causando terremotos seguidos na superficie de todo o planeta por causa de um grande terremoto em grandes profundidades.

    ResponderExcluir
  3. Ravena, a Terra é um gigantesco gerador de energia, duas "obrigações" mútuas; A Terra gera energia livre e infinita e nós a canalizamos e a utilizamos para os mais variados fins. A ganância humana em não querer gerar energia livre e gratuita sempre nos levará para a "destruição" até que aprendamos que o compartilhar gera mais e mais abundancia. A partir do momento em que compreendermos isso, entenderemos que as energias se renovam na medida de nossas necessidades, não mais em excesso pois o excesso é o desequilíbrio. Os excessos (leia-se as catástrofes) são resultado do acúmulo e da não utilização das energias geradas. Os Maias, Astecas, Incas, Hopis, Egípcios entre muitas outras civilizações antecedentes a nossa, sabiam disso apesar de não terem o domínio perfeito desse conhecimento. Tudo que eles criavam era no sentido de buscar a harmonia e o conhecimento. Nós somos os únicos que não sabemos disso, e o que é pior, não nos interessa saber. Avançamos no "tempo" mas não como espécie. Um belo contra senso não!?
    Bom, a questão de nossa ignorância e de suas razões são um assunto à parte.Os nossos antepassados deixaram um legado inestimável para o nosso futuro das espécies que aqui estariam . As construções megalíticas deixadas por eles(com uma ajudinha especial) são os pontos exatos onde essas energias se convergem. Este é o chamado "pulo do gato". As elites sabem disso, sempre souberam, em todas as épocas foram detentoras desse conhecimento. "Conhecimento é poder somente enquanto meia dúzia de indivíduos o detiverem".
    O que eu quero dizer é que enquanto o ser humano não aprender a canalizar a energia gerada pelo planeta Terra, utilizando tecnologias e até a si próprio, somente o planeta estará cumprindo com as "obrigações naturais" ou seja, gerando energia. Perceba que existe um enorme desequilíbrio acontecendo. O desequilíbrio é o contrário do harmônico. Como nós ainda estamos na era das cavernas no que diz respeito a geração de energia e não fazemos a nossa parte em evoluir e aprender, criando assim condições para que cumpramos nossas "obrigações naturais" como seres desenvolvidos, o acúmulo de energia é inevitável e as consequências desse acúmulo são os terremotos entre outras catástrofes que o ser humano sequer imagina que estão intrinsecamente ligadas a nossa própria condição evolutiva.O que escrevi acima, é tão somente e exatamente aquilo que denominamos como responsabilidade e comprometimento. Percebam o tamanho da responsabilidade e a importância de estar "vivo", aqui, nesta dimensão e o comprometimento de deveríamos ter com a "vida", em todas as suas formas. Entender que não estamos aqui a passeio e sim, o quanto temos que trabalhar no sentido de melhorarmo-nos é fundamental, e como consequência natural desse processo de melhora, o equilíbrio, a harmonia.Desculpe-me por mais um extenso comentário.

    ResponderExcluir
  4. Ravena, mais uma vez esqueci de algo, rs.
    Gostaria de ter descrito que o HAARP é apenas um exemplo da utilização dessa energia de forma irresponsável. Os acontecimentos que se sucedem à utilização do HAARP é consequência do desequilíbrio energético resultante da utilização não harmônica da energia gerada pela Terra. Energia utilizada em excesso, sem responsabilidade e sem comprometimento com a evolução da vida causam a necessidade de uma reestruturação das bases energéticas naturais do planeta fazendo com que a Terra busque naturalmente o reequilíbrio, e como consequência desse processo, os distúrbios que comumente conhecemos como "catástrofes naturais". Sabendo que o reequilíbrio é um processo inevitável e muitas vezes conturbado da natureza, "eles" causam o desequilíbrio, entretanto isso não nos isenta de responsabilidade.
    O manipulação do átomo é outro exemplo simples de visualizar.
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  5. Os caras estao guiando o furacao isac vai ser um katrina 2 aconselho o documentario recem lancado "Why in the world are they spraying"enquanto isso haarpstaus no maximo 10.0 a maior medicao desde da criacao do projeto.

    ResponderExcluir
  6. Ravena, gostaria de lhe pedir um favor.
    Em virtude da pressa, por falta de tempo, postei meu primeiro comentário abaixo, o mais extenso de ambos de forma, digamos, não muito organizado. Ao lê-lo percebi que algumas
    idéias se misturaram um pouco e me parece que alguns contextos ficaram meio vagos. Gostaria de lhe pedir que delete -o para que eu possa postá-lo novamente um pouco mais organizado. Editei-o com um pouco mais de calma e acredito que seria bem mais proveitoso para seus leitores que meu comentário reeditado fosse postado novamente. Postá-lo-ei assim que o anterior for deletado. Obrigado e me desculpe pelo inconveniente da pressa.

    ResponderExcluir
  7. Olá Ravena! saudações! eventos assustadores! espero que não mas podem ser os primeiros sinais do tão anunciado desastre que os sismologistas frequentemente alertam, foi uma sequência considerável de tremores na casa dos 3 e uns dois ou três na casa dos 5. Califórnia é o estado mais rico dos EUA, um grande terremoto da forma como se espera trará péssimas consequências p todos nós, inclusive, pois se trata de um grande importador de produtos agro-pecuários do Brasil. Bjs e abs, RRBL.

    ResponderExcluir
  8. Adriano, concordo em partes com o seu argumento. Concordo com a parte que ainda estamos na idade da pedra em termos de geração de energia. Principalmente energia motora, pois esta envolve petróleo e este, por sua vez, carrega inúmeros interesses. Em relação a energia elétrica, há realmente formas muito mais limpas de gerá-las, como a maremotriz, ou a geotérmica, a eólica, a solar, etc, além de outras ainda nem descobertas mas que com certeza são mais sustentáveis e com maiores produtividades. Já sobre os terremotos, acho que a questão é mais de transformação energética, não? Tipo, a placas de movem e não provocam tremores simplesmente por se moverem, porém muitas vezes geram energia potencial, estável. Quando ocorre um movimento que quebra esta estabilidade, aí tem-se a liberação desta energia destrutiva. Em camadas mais superficiais, acontece o mesmo princípio.

    ResponderExcluir
  9. Oi Adriano,


    Adorei seus comentários, já abordei em texto de maneira muito sutil o que você desenrolou de maneira sublime nos comentários.


    Tanto no macro como no micro. O planeta "existe" dessa forma, porque é a maneira como o projetamos, nossas consciências ainda inconscientes desse poder é que moldam tudo que acontece aqui, mesmo os fatores digamos externos (fora do planeta) como a Nexus, a atividade solar, ou mesmo a queda de um meteoro, seria uma espécie de projeção de nossas mentes, nosso desejo de mudança (mesmo que a pessoa não reconheça isso) de forma mal canalizada que acaba gerando aquilo que entendemos por desequilíbrio da natureza, quando na verdade atraímos o que precisamos.


    Nós somos os co-criadores, estamos vivendo num "espaço e tempo" que foi criado, moldado por outros seres mas quem desenvolve a realidade agora, somos nós. Por isso existem os scripts, que são as tendências ou um jogo mental idealizado por quem reconhece conscientemente que somos os "mantedores" dessa realidade.


    Todos nós somos responsáveis pelas chuvas, terremotos, vulcões. Na minha opinião o haarp é uma máquina que usurpa energia, mas só quando existe condições favoráveis.


    Tudo que está acontecendo no mundo, seja visto de forma positiva ou negativo, é nossa responsabilidade, o problema é que a responsabilidade verdadeira só se instala quando conscientes disso e a grande maioria não está, pensam que as coisas acontecem ou não acontecem por causa de um Deus ou de um Diabo, que a natureza ou mãe Terra está se revoltando, quando na verdade é só uma resposta às nossas vibrações (nossa frequência).


    Todos que eu conheço sem nenhuma exceção estão de alguma forma cansados DESSE TIPO ESCRAVAGISTA DE VIDA, desejam mudar mas não sabem como e eu acredito que tudo aquilo que vemos como tragédia é reflexo desse nosso cansaço.


    Por isso, a tendência das "tragedias" é aumentar até que a verdadeira mudança ocorra.


    Adriano, você ainda deseja que eu apague o comentário?


    E não se desculpe, escreva sempre que quiser, foi um prazer!!


    Abração

    ResponderExcluir
  10. Ah e sobre o petróleo, se não é a mais pura e densa forma de energia deletéria que se instala nos confins do interior da Terra, longe da presença benéfica dos raios solares e cósmicos que muta, limpa e energiza, então eu não sei o que é.


    Com tantas formas de energia limpa já descobertas e sem contar a energia magnética que também existe mas ainda sem investimento porque não dá lucro, os caras que mandam nesse planeta escolheram justamente aquilo que foi armazenada lá nos confins da Terra por um motivo claro, é pegajoso, fede e faz um mal danado.

    ResponderExcluir
  11. O planeta "existe" dessa forma, porque é a maneira como o projetamos, nossas consciências
    ainda inconscientes desse poder é que moldam tudo que acontece aqui, mesmo os fatores digamos externos "... " quando na verdade atraímos o que precisamos. " ...
    quando na verdade é só uma resposta às nossas vibrações (nossa frequência)."... Cansados DESSE TIPO ESCRAVAGISTA DE VIDA, desejam mudar mas não sabem como e eu acredito que tudo aquilo que vemos como tragédia é reflexo desse nosso cansaço. PERFEITO...a pergunta maior pra nós é :Como com este nosso corpo físico sujeito a todo tipo de intempéries,como amar a maioria de semelhantes que desde que vc nasce até morrer, te odeiam,roubam ,te matam,te estupram,invejam,debocham,não compartilham mesmo que vc queira,não te respeitam e pior não respeitam a si mesmo!De onde retirar sinceramente o verdadeiro amor para estes seres, pra que essa energias mude?Como viver ou conviver com seus pares que se aproximam de sua frequência? estão sempre bem longe,mas dizem que atraímos sempre o que pensamos e sentimos,será ?E as interferências não existem?E para encompridar o paradoxo,aprendemos com a diversidade! Penso que agora já deu, rs..rs..O negócio é torcer mesmo para o verdadeiro joio do trigo, só assim,talvez alguma massa crítica mude e MUDE-SE rs.....Abraço fraterno.

    ResponderExcluir
  12. Ravena, agradeço as gentis considerações. Quanto ao comentário, gostaria sim que fosse apagado, assim posso postá-lo novamente um pouco mais organizado, de mais fácil entendimento.
    O comentário é o que diz: "Ravena, a Terra é um gigantesco gerador de energia...,"
    obrigado.

    ResponderExcluir
  13. Concordo com todos vocês. Esse planeta é literalmente a nossa cara. O espiritismo o chama de prova e espiação não é à toa. Aqui sofremos... mas aqui aprendemos. Este planetinha azul pode tanto ser nossa prisão quanto nossa escola, fica a critério da pessoa. Mas com certeza é a nossa casa. Sofrimento é totalmente opcional, já a dor não. Se estamos aqui, experimentamos a dor a cada escolha mal feita. Como ainda fazemos escolhas mal feitas (e muitas, na verdade), essa é a casa que melhor abriga a humanidade. Porém, parece que estão querendo nos despejar, pois acho que andamos delapidando nosso patrimônio...


    Também acho que a Terra seja um organismo vivo e como um organismo vivo, ela sente as vibrações emanadas pela sociedade. Bem, antes éramos muito menos, por isso ela equilibrava bem. Agora, talvez estejamos chegando ao fechamento deste ciclo pois a Terra já não mais equilibra nossas baixas vibrações. É isso tudo é um circuito que se retro-alimenta, pois doenças "de velhos" estão acontecendo cada vez mais em pessoas com 30 ou menos. Depressão? Quem ainda tiver avós, pergunte a eles quantas pessoas eles conheceram, na época deles, com depressão? Lógico que nesse meio ainda entra alimentação venenosa, chemtrails, agrotóxicos, medicamentos, vida pós-moderna, etc...


    Só discordo um pouquinho sobre o petróleo e outros processos. O petróleo se forma a partir de processos quimicos, sob determinada temperatura e pressão. E mesmo uma substância que traz tantas guerras, também pode prover a vida. Uma vez li em algum lugar que estavam borrifando porções do deserto de Israel com petróleo e a produtividade resultante foi altíssima.

    ResponderExcluir
  14. O petroleo depois da agua é o segundo liquido mais abundante no planeta ele é abiótico é o visgo q lubrifica a crosta terrestre e esta em constante porem lenta producao.

    ResponderExcluir
  15. Oi Erico,


    Sobre o petróleo, eu estava me referindo a energia concentrada que existe nesse processo químico que não é um combustível fóssil, mas de origem abiótica:


    o petróleo é formado por processos não biológicos, a partir de material primordial, que compreende moléculas de hidrocarbonetos estáveis a altas pressões e temperaturas, nas profundezas da Terra (manto), sofrendo posterior contaminação biológica (por bactérias) em níveis de baixa pressão e temperatura, na crosta terrestre.



    http://pt.wikipedia.org/wiki/Origem_inorg%C3%A2nica_do_petr%C3%B3leo



    ...Na verdade, aí está, segundo a teoria dos combustíveis abióticos, a origem do petróleo, do gás natural e do carvão: eles se originam do carbono que é "bombeado" continuamente pelas altíssimas pressões do interior da Terra em direção à superfície...


    http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=petroleo-gas-natural-nao-fosseis



    É renovável e existe em grande abundância no mundo todo.


    Lindsey Williams diz que uma enorme quantidade de petróleo existe nos EUA e que a ideia de combustível fóssil e não renovável existiu somente para elevar o preço do petróleo.


    Abraço

    ResponderExcluir
  16. Oi querida Sucris,

    ......Gente, esse mundo primitivo é o que vivemos e as diretrizes da Nova Ordem Mundial é o regime perfeito para domar, moldar, controlar os Espíritos (as mentes) que ainda se "comportam mal". ...
    ...Mais vale o ditado que diz: "os incomodados que se mudem" do que um exilamento planetário ...
    Trechos do seguinte texto:http://evoluindo-sempre.blogspot.com.br/2012/06/admiravel-mundo-novo.html


    Beijão

    ResponderExcluir
  17. Oi Spock, bem lembrado, já coloquei uns links para o pessoal estudar a respeito...Abração

    ResponderExcluir
  18. Apagado! Não esquece de postar novamente...

    ResponderExcluir
  19. Hmmmm, agora "understendi"... valeu!!!

    ResponderExcluir
  20. O problema é que eu concordo que criamos a realidade,no entanto temos que descobrir quais padrões de pensamento que estimulam esta realidade.Ficar só dizendo "oh voce cria esta realidade,voce é culpado de tudo" ,sinto muito,mas este papo de monge me incomoda.

    ResponderExcluir
  21. Não sei porque escolhemos viver num submundo tão infeliz .Algumas vezes penso que a missão espiritual tem amor a tortura.

    ResponderExcluir
  22. Oi Cristal, eu detesto papo de monge!! Não é esse o caso...veja só:

    Não existe culpa quando não se tem consciência do fato em si. O que acontece é que tudo que pensamos e as atitudes que tomamos EM TUDO, no geral, geram consequências.


    Os padrões de pensamento que estimulam essa realidade é tudo que conhecemos, tudo que fomos programados para acreditar e fazer acontecer.


    A concorrência desde a infância, a importância do ter e não do ser, a busca no exterior (comida, drogas, consumo exagerado) para tapar os buracos que só podem ser preenchidos com o autoconhecimento, toda e qualquer crença religiosa que relega tudo que acontece de bom ou ruim a terceiros (Deus, Diabo, Santos, Jesus, Alá, Miguel, Sananda, Isis etc...), a crença de que adoecemos por causa de vírus, bactéria, imperfeição, hereditariedade e a lista é grande...


    Tudo que implica esse sistema que tão bem nos acostumamos mas que nos torna aprisionados por seres que conhecem o funcionamento de nossas mentes, do nosso poder em criar. Eles cortaram nossas asas porque de certa forma permitimos, entramos no jogo sem saber jogar e agora estão todos tão desequilibrados que tornamos o mundo doente.


    Mudanças não acontecem da noite para o dia, a não ser que seja de alguma maneira impostas por algum tipo de adversidade. É o que está acontecendo. O mundo está mudando, porque todos desejam mudanças, mesmo que não tenham consciência disso, o problema é que e a maioria está seguindo o script fornecido pelos pestinhas, aquele que não deseja permanecer numa realidade 3D um pouquinho melhor do que conhecemos, está tendo a chance de mudar sem seguir esse script.


    Só que para não seguir o roteiro é preciso conhece-lo. Se você segue a linha do mundo doente, provavelmente vai continuar co-criando na 3D de acordo com as normas e a realidade que já foi projetada pelo arquiteto disso tudo aqui.


    Nós criamos a realidade - está no plural.
    Quando escrevo: Você cria sua realidade. O que você sente?


    Frustração, raiva, tristeza, alegria, gratidão?


    Está tudo uma droga ou SEU mundo está bem?


    Muita gente vivendo uma droga de vida, cheia de frustrações, raiva, tristeza, vingança, intolerância, ingratidão, egoísmo, ruins demais, bonzinhos demais, competitivos demais, geram a realidade que conhecemos. Tanto no micro como no macro.


    Os padrões de pensamentos que precisam ser mudados, são aqueles que nos fazem mal e alimentam o sistema.


    Eita, que todos esses comentários vão virar um post...


    Beijo grande

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida Ravena, saudações fraternais! parece que a chave das mudanças é através da "crise", é interessante, todas as "pequenas" e "grandes" mudanças na história da humanidade ocorreram através de alguma crise, a inércia é inimiga da evolução. Bjs e abs, RRBL.

      Excluir
  23. Sabe quando falamos para uma criança: "não coloca o dedinho na tomada porque você pode se machucar"...é virar as costas pra que ela coloque a mão, o dedo, se duvidar até a língua. É a mesma coisa!


    "Eu quero experimentar viver numa 3º dimensão"


    Na época distante, talvez pensássemos que iria ser fácil escalar de volta pra casa ou que não iríamos "cair em tentação".


    A tentação dos 5 sentidos e dos prazeres temporários concedidos pela matéria.


    Caímos do cavalo não é não?!! He he...mas agora é hora de voltar, quando chegar a hora, saberemos o que pensar e como agir, enquanto isso, treinemos por aqui.

    ResponderExcluir
  24. Oi Adriano,


    Posta de novo esse comentário no reply do primeiro comentário (Roberto21), se não o povo não vai entender nada mesmo...rs...

    ResponderExcluir
  25. Comunicação por símbolos (palavras) é uma meleca né?! he he...

    ResponderExcluir
  26. cristal_azul, quando procuramos padrões em algo, invariavelmente encontramos uma assinatura de origem. O que eu chamo de assinatura de origem é tão somente seu ponto de partida, onde tudo começou. Entretanto quando falamos em "culpa" óbvio que se trata de algo subjetivo pois suas origens não demonstram as razões pelo qual esses padrões partiram de um ponto de inércia para a "construção" de fato. Creio que não nos cabe utilizar a palavra culpa na forma literal em contexto algum já que, temos sim uma assinatura de origem mas não a compreendemos de fato.
    Concordo com você mas tente pensar um pouco mais além da literalidade das palavras, pois acredito que fora dela, exista um campo muito mais fértil para o desenvolvimento de novas idéias não presas a determinados padrões de linguística que tanto nos impedem de compreender as causas, padrões como você mesma citou e elementos mais simples da natureza não humana mas, universal.

    ResponderExcluir
  27. Ah sim ,mas era bom a gente pensar e descrever que padrões geram as consequencias que passamos.Ah e sou do sexo masculino .Vou mudar meu nome.Valeu

    ResponderExcluir
  28. Erico, nós(energia) alteramos facilmente a densidade do petróleo(energia) através de padrões de pensamentos(energia) mais elevados. O fato de terem utilizado o petróleo para borrifar o deserto de Israel e tê-lo tornado altamente produtivo não contraria essa teoria, pelo contrário, corrobora para que encontremos coerência de fato em acreditar que literalmente interferimos na fisicalidade dos objetos(energia) de forma muito simples, porém não de forma compreensível, ainda.

    ResponderExcluir
  29. Os Crop Circles gritaram o tempo todo e poucos lançaram seus olhos para eles. Algo fantástco e convenientemente desprezado pela ciência e pela mídia. Vale a pena olhá-los, e questioná-los sem radicalismos.

    ResponderExcluir
  30. O rover Spirit mostra imagem de uma possível cidade em Marte


    http://caminhoalternativo.wordpress.com/2012/08/28/o-rover-spirit-mostra-imagem-de-uma-possivel-cidade-em-marte/

    ResponderExcluir
  31. http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/afp/2012/08/28/governo-da-bolivia-diz-ter-achado-duas-toneladas-de-uranio-perto-da-embaixada-do-brasil-em-la-paz.htm


    Acabou de sair no uol. Uma das notícias mais estranhas e bizarras que já li na vida. 2 Ton é uma quantidade absurda de urânio

    ResponderExcluir
  32. Obrigado ravena pelo comentário.É porque é algo dificil né.Ninguém quer levar um missil ou ser fuzilado se voce perguntar a pessoa,mas mesmo assim acontece.Tem que saber onde ela alimenta o padrão de pensamento para ver porque isso acontece

    ResponderExcluir
  33. voce tem namorado ?

    ResponderExcluir
  34. Raveninha, voce tem namorado gata ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vide o post "Homens que encatavam Cabras", 10/ago; terás a resposta à sua indagação.

      Excluir
  35. Aqui tem uma explicação interessante para as mazelas humanas. Parte da idéia que não são causadas por nós, mas sim como parte de um processo que visa nosso adiantamento, ou seja, nossa evolução. Acho que pode somar de forma a introduzir novas idéais nos comentários.

    Ravena, se possível gostaria que você comentasse, quero muito saber sua opinião a respeito dessa linha de pensamento. O vídeo tem uma hora mas vale a pena, pois é bem explicativo.

    Abraços!

    http://www.youtube.com/watch?v=K_0ARzLQqb4&list=UUrTOgpFMaBkZMzPrO_8-hig&index=1&feature=plcp

    ResponderExcluir
  36. Oi João, assim que assistir dou minha opinião aqui mesmo. Obrigada pelo comentário.


    Abração

    ResponderExcluir
  37. Sou bem casada Sávio.

    ResponderExcluir
  38. Que beleza hein!! Será quem vem confirmação por aí? Duvido, mas vamos acompanhar...Valeu Roberto! Abraço

    ResponderExcluir
  39. Oi Raveninha! OOps ...que cantada hein..rs...Incrível né,que cheguemos a conclusão que a maioria desses seres precisem da NOM!Ela faz 2 papéis no seu encaminhamento.De pela dor fazer aprender,amadurecer,retirar a preguiça, educar "desinfantilizar" ,a inércia espiritual!E ao mesmo tempo os seus aplicadores locupletarem-se com essa bad trip! É mesmo uma loucura a ordem no caos! Petróleo? Somo seres carbono,lembram-se?todas nossas células contém estruturalmente carbono e hidrogênio.Tá tudo interligado.De agora em diante é só pancadão na moleira!rs... Ravena já tô no oitavo pedreiro ,não sei se vou resistir ...Affeee.. . Abraço fraterno

    ResponderExcluir

Comentário anônimo não será mais publicado devido a inúmeras discussões sem o menor sentido que alguns sem sintonia nenhuma no blog insistem em discutir com o objetivo de tumultuar o espaço que é feito para complementar e compartilhar informações e opiniões (não ofensas), a identificação também facilita o "diálogo".