23 outubro 2012

Receitas para ficar doente


Hoje é muito fácil adquirir doenças desde as mais simples as mais destruidoras, graves e mortais. Leia abaixo, dicas competentes e fáceis para adoecer.


• Beba muito álcool. Seja um escravo desse prazer ridículo e diminuto. Beba álcool e não namore. Acredita-se que 9% dos brasileiros são dependentes de álcool, inclusive alguns dos seus principais dirigentes. Beber e dirigir causa 60% dos acidentes com vítimas fatais e limitações físicas graves.

• Se a bebida alcoólica for insuficiente para criar um inferno em sua vida e dos próximos a ti, também seja viciado e escravo de jogos de azar, loterias, bingos, etc.

• Tome todos os remédios possíveis que estão na moda nas farmácias, preferindo os sem receitas e fuja da homeopatia que é ótima inclusive para se evitar desequilíbrios. Fique longe também de fitoterapia, tai-chi, Yoga, alimentação natural, vida saudável, argilaterapia, caminhadas, exercícios moderados, contato com a natureza.

• Sofra da coluna mantendo sempre uma má postura, vendo TV uma boa parte do dia jogado no sofá, sente-se por várias horas de forma incorreta, em automóveis, e no trânsito aproveite para se irritar, xingar, gesticular quando o mesmo está parado.

• Tenha o porco como um exemplo de alimentar-se caoticamente e sem limites. Eles vivem dormindo e pouco fazendo sexo. (O ideal é se alimentar muito da carne de porco para ser igualzinho a ele.) Não tenha como exemplo de vida os Yoguins sérios.

• Fique diabético (hoje é moda) consumindo muito açúcar. É fácil: Beba muito café com açúcar, sorvetes, massas, todo tipo de comida industrializada. No mercado. fuja dos orgânicos, das frutas e verduras. Prefira à seção de salgadinhos, bolachas, patês de carnes em geral, congelados e encha o carrinho.

• Vícios como o álcool e drogas alucinógenas causam impotência, a demência lesa os órgãos digestivos e se você não morrer nas mãos de um traficante, ou num acidente, você pode cultivar um bom câncer de estômago ou fígado que te ajudará a “viajar no barato” da quimioterapia.

• Quando visitar uma livraria compre livros de receitas gordurosas além de assistir na TV, a tarde, os programas que ensinam receitas deliciosas cheias de gordura e açúcar. Não beba líquidos nem chás diuréticos como a pata de vaca, não faça jejum, almoce todos os dias no self service com sobremesa incluída, não use cereais integrais, missô, sal marinho, açúcar mascavo ou mel, saladas frescas ou frutas em geral.

• Cultive e preserve uma enorme barriga consumido muita cerveja e refrigerante (dilatam o estômago). 
Ande muito de carro o que ajuda a poluir o planeta e com o pagamento de impostos, sustenta os parasitas que supostamente dirigem o País, fique sentado em sofás “confortáveis” sofra de prisão de ventre, tenha gases e seja um conformista acreditando que sua barriga é genética. Atenção: não pratique o Yoga que equilibra o sistema glandular e nem artes marciais sérias como Karatê-do, Kung fu, Aikidô e Iai-Dô.

• Engula suas emoções e sentimentos e tenha preconceito que terapia é para loucos. Não faça o grupo Anima Soma da Humaniversidade que pode lhe conduzir a uma vida plena e feliz e nem outras formas competentes de terapias como a Junguiana.

• Viva sempre estressado, correndo muito, trabalhe muito e cada vez mais, trabalhe com algo que odeie, não siga suas vocações e desenvolva uma úlcera digestiva, gastrite nervosa, insônia, bruxismo e desenvolvendo isso tome seus analgésicos, antibióticos, ansiolíticos, calmantes, vá sempre a consultas médicas e você ficará muito feliz com o atestado que o médico te dará de 2 dias em casa. Hoje é normal ser dependente de remédios assim jamais faça meditação, dança sagrada, Liang Kung, Chi-Kung – pois isso te daria paz.

• Eduque seus filhos para serem doentes não dando amor, atenção, ternura, e obrigando os mesmos a serem falsos e mentirosos. Matricule-os em esportes competitivos e em escolas que ensinam matérias (conhecimento) e jamais que ensinem vida (sabedoria).
Não dialogue com os mesmos, principalmente sobre sexo que quando ensinado deve ser apontado como algo sujo e pecador. Não abrace ou massageie seus filhos, pois isso é tão terapêutico que não terás filhos doentes.

• Saiba que é fácil ter problemas menstruais e corrimento vaginal, tanto é, que 92% das mulheres o tem. Coma todo tipo de alimento industrializado, não viva grandes amores e não utilize banhos fitoterápicos de assento, própoles, pólen, chás como nabo e alho, não pratique Do-in e acupuntura e não utilize emplastos de argila (consulte um naturopata)

• Consuma ao máximo tudo que você vê nas propagandas da TV, do computador e navegando na net. Aproveite ainda para criar tendinite, perder preciosas horas de meditação, oração, leitura saudável ou de sono nos msn’s, orkut’s, nas pornografias e mantendo-se isolado, sem intimidade com os outros seres, cultural ou intelectual.

• Não estude investindo assim em ignorância. Quando estudar algo, desista no meio o que é um ótimo exemplo para seus filhos. Quem estuda é mais inteligente e tem saúde cerebral, assim não leia nenhum livro para que possas cultivar uma genialidade como teus líderes políticos.

• Torne-se cada vez mais preguiçoso, evite as caminhadas, principalmente ao ar livre. Corridas leves são indicadas a quem busca saúde o que não é o caso dessas receitas. Seja sedentário e quando for fazer eventualmente algum esporte prefira o futebol aos finais de semana, que além de estimular a competição, e não a solidariedade, ainda pode lesionar os joelhos.

• Em toda sua vida nunca faça monodietas ou jejum. Também não faça peregrinações espirituais, meditação ZEN, sexo tântrico ou dieta do Limão.

• Alimente-se com muitas salsichas, presunto, frituras, margarina, gorduras abundantes, feijoada que em alguns restaurantes são servidas diariamente (aproveite), carnes em geral optando pelas calabresas e todos os derivados de porco.

• Não tenha força de vontade jamais. Coma muitos doces, sorvetes, alimentos enlatados sem limites.
Se entregar a vícios e hábitos negativos é melhor do que persistir e superar a si mesmo. Ser controlado pelos hábitos negativos é melhor do que ser forte e persistente, não se inspire em líderes de verdade como Gandhi, Tereza, Coen, Dolano, Mandela, Dalai Lama, dentre outros que se superaram e renasceram como seres humanos de verdade.

• Não fique próximo a natureza. Em momentos de lazer prefira os shoppings principalmente, aos sábados e domingos onde os mesmos ficam lotados com pouco ar puro, muito barulho e valores materialistas. Leve seus filhos desde pequenos aos shoppings, principalmente quando estão lotados, assim estarão ensinando o consumismo e os estressarão com locais caóticos e barulhentos.

• Prefira desistir de tudo o que inicia. É ótimo deixarmos uma série de situações mal resolvidas e abertas em nossa vida. O ideal é ficarmos relaxando tudo e adiando tudo para um futuro ilusório. Desistir também é um ótimo exemplo que deixamos para quem tem família. (Amanhã é uma miragem).

• Invista todo seu tempo em ter um corpo idealizado pelo Big Brother, não o saudável, por que o importante é a estética, não o equilíbrio. Faça exercícios físicos que te deixam musculoso ou te estimulem a violência, mas corra do Yoga (que te traz paz e saúde) Tai-chi chuan (longevidade e equilíbrio), dança (celebração da vida).

• Tome ansiolíticos ao invés de fazer exercícios respiratórios, soníferos ao invés de praticar relaxamentos ou fazer massagens.

• Assista muita novela e entre em discussão sobre futebol, política, vida de artistas, Big Brother, e outras pérolas do saber e da paz, assim você será conhecido como uma pessoa normal. Evite arte, teatro, (quanto tempo faz que não assiste?) dança, naturismo, cultura, etc.

• Tenha expectativas positivas de todos os órgãos municipais, estaduais e federais assim você ficará “louco de raiva” quando precisar dos mesmos. Confie plenamente no seu sistema de saúde, segurança, justiça, leis, educação e faça todo o possível para depender dos mesmos.

• Viaje sempre em feriados prolongados por exemplo no carnaval, páscoa e no final do ano, para lugares abarrotados de pessoas o que impede a reflexão a paz e prejudicam a natureza. Jamais busque refúgios em lugares silenciosos, não faça “jejum” de palavras ou jornadas espirituais silenciosas como Santiago de Compostela.

• Quem mora em São Paulo é facílimo ter um infarto ou uma vida miserável: Irrite-se no trânsito e tenha esperança de que seus prefeitos e governantes façam algo ao invés de só cobrarem impostos. Irrite-se com os impostos cobrados pelos parasitas no início do ano e vote ou trabalhe para eles.

• Mastigue pouco os alimentos e beba líquidos com pedras de gelo (causam má digestão e enfraquecimento do estômago). Isso é ótimo para desenvolver a úlcera, atrapalhar a digestão, criar gases. Se isso acontecer, corra até a farmácia e use aquele remédio milagroso que foi indicado pela sua amiga/vizinha.

• Envelheça antes do tempo ou tenha uma velhice doentia tendo uma vida com desgaste emocional, pense só em dinheiro e não faça meditação e nem oração. Faça tudo o que a “sociedade” aconselha e assim será um idoso decrépito bem antes do tempo.

“Os homens... Eles perdem a saúde para juntar dinheiro, depois perdem o dinheiro para recuperar a saúde. E por pensarem ansiosamente no futuro, esquecem do presente de tal forma que acabam por não viver nem o presente, nem o futuro.

E vivem como se nunca fossem morrer...
E morrem como se nunca tivessem vivido...”
Dalai Lama

• Alimente-se todo o tempo e evite os jejuns e monodieta. Ingira muitas frituras, coxinhas, bolinhos, guloseimas e tudo o que for encharcado de óleo reutilizado e não esqueça da gordura artificial.

• Perca o controle, quando não localizar um local para estacionar seu carro ou por ter um transporte público de péssima qualidade. Desenvolva seu stress por isso, que além de acabar com sua vida faz a alegria dos seus dirigentes, assim como crie expectativas dos atendimentos sempre educados e rápidos de alguns órgãos governamentais.

• Use dentaduras e faça implantes dentários ainda na juventude não utilizando fio dental e nem escovando corretamente os dentes.

“As autoridades sanitárias mandam aplicar flúor na água das torneiras, e é bom você ficar feliz com isto. Não que esse tipo de flúor tenha alguma influência na questão das cáries, mas porque, ingerindo constantemente flúor nos alimentos e nos cremes dentais, você pode adquirir outras doenças cuja relação de causa e efeito com o flúor talvez seja difícil, mas possível, como o câncer, a osteoporose, as colagenoses, a arteriosclerose e diversas doenças renais.”

Marcio Bontempo

• Não viva um dia sequer sem produtos com aditivos químicos, açúcar branco, carne principalmente de vaca (visite muitas churrascarias e ajude a acabar com o planeta junto com sua saúde, afinal quem destrói não está nem aí para o próximo). Use pães e massas brancas, sal refinado, frutas e legumes com agrotóxicos, álcool, tabaco e assim terá prisão de ventre, constipação, mau hálito.

• Jamais conheça o sistema de alimentação vegetariano, naturalista, vegano, cereais integrais, ervas medicinais, frutas, saladas, aurículopuntura, massagens, yoga, tai- chi, meditações.

• Trate todos seus relacionamentos afetivos como coisas e não como seres humanos. Seja autoritário, repressor ditatorial, ciumento, grosso e não dê amor, carinho. Assim terão uniões amorosas com seres desequilibrados e medrosos.

• Perca sua vida agora, esqueça de viver, sempre se preocupando com o futuro. Não viva agora e sim tenha o pensamento voltado para o que virá. Todos os mestres ensinam que a chave da felicidade esta no agora, mas não escute isso.



O mais bacana nesse texto é que o cérebro não reconhece a palavra não. Espero que cause efeito!

Site indicado por Yuri Reis no facebook.

Ravena

24 comentários:

  1. Oi rave otimo post, te mandei e-mail pelo antigo mas nao obtive resposta, me amnda o novo mail, acolon

    ResponderExcluir
  2. e... evite o filtro solar e opte por tomar sol das 10:00 às 16:00.

    ResponderExcluir
  3. Menina em cima...adorei...e olha quem vejo nos comentários, Acolon...viu 2 em 1...prazer como sempre nas exatas postagens da Rave e saber que Acolon continua por aqui...menino sumido esse...beijocasssssssssssssssssss aos 2...

    ResponderExcluir
  4. excelente post, sempre te critiquei pelo exagero, mas esse foi realmente muito bom.
    parabéns

    ResponderExcluir
  5. RAVENA! DESSA VEZ VOCÊ POSTOU TUDO O QUE EU PRECISAVA LER!

    ResponderExcluir
  6. ué...deve ser aquele probleminha de novo!! Já te enviou um email...beijo

    ResponderExcluir
  7. Oi Cris flor!!


    Então, o Acolon acompanha tudo nos bastidores he he. Ele está bem!!
    Obrigada querida!


    Beijão

    ResponderExcluir
  8. Grata Silvio! Abraço

    ResponderExcluir
  9. Ah que bom Thiago. Adoro quando essas coisas acontecem, vivem acontecendo comigo, é maravilhoso tropeçar em textos ou vídeos que na hora sabemos que era exatamente aquilo que precisávamos no momento. Legal!! Beijo

    ResponderExcluir
  10. Muito bom mesmo, Rave. Muito difícil estar "em dia" com todas as recomendações, mas algumas já fazia há tempos, outras comecei a fazer depois de ler os blogs, mas outras, hehehe, tem jeito não!!! Mas não fico encucado com isso não, acho que o mais importante é ter a consciência limpa. É pegar o nosso conjunto (o de melhor + o de pior) e seguir em frente, tentando sempre melhorar ambos. É como o homem em construção. Quando estaremos prontos? Nunca, estaremos sempre em construção. Quando alguem diz que está pronto, temos que nos entristecer por ele, pois indica que esta pessoa não tem mais nada para aprender. E sabemos que no contexto terrestre, isso cheira a arrogância. Se a casca já está podre, imagina o interior.

    ResponderExcluir
  11. O importante é explorarmos sempre o melhor de nós. Não é arrogância pensar que se sabe tudo, acho que é burrice mesmo...rs...valeu Erico...abração

    ResponderExcluir
  12. Oi Ana,


    Legal "te ler" por aqui também!! Obrigada! Beijão

    ResponderExcluir
  13. Olha Ravena, eu concordo plenamente com td o q vc disse! Mas pelo lado alimentar fica meio complicado de se privar dos alimentos industrializados e sem agrotóxicos, pois, o q ñ tem agrotóxicos q seriam os orgânicos custam mto caro, e nem todo mundo tem condições de comprar e mto menos maneiras de plantar de td em casa! O máximo q conseguiríamos fazer é por um limite na hora de se alimentar com esse tipo de coisa, certo?

    Bjos ;*

    ResponderExcluir
  14. Certíssimo Áurea!! Os alimentos orgânicos são muito caros, se você não tem acesso a um pequeno produtor fica mais difícil ainda, já está tudo envenenado de qualquer forma, mas sempre podemos reduzir os alimentos "menos naturais" e não cair na neura de que não podemos comer mais nada porque estamos sendo envenenados, isso é cair na polarização. Acho que podemos comer de tudo equilibradamente e ter sempre em mente que precisamos comer para viver e não viver para comer, aí já é meio caminho andado, o restante fica por conta de nossos pensamentos e a maneira como repomos e gastamos nossas energias.


    Grande abraço

    ResponderExcluir
  15. .... coma diariamente frango (Sadia, Perdigão...) já estressado desde o quebrar do ovo, injetado diariamente com esteróides, anabolizantes, sofrimento e dor durante toda a sua curta vida, depenado vivo de ponta de cabeça, mais uma vez, consumirá uma carne estressada e se consumi-lo sistematicamente com tanta química que injetaram no frango, o consumidor acabará borando ovo!

    ResponderExcluir
  16. GENTEEEE vamos nos intupiu de calabresa carne vermelha carne de sol,salaminho,carne de porco,rabada,para completar fôlhas de comigo ninguém pode,cianureto fornecida tatu gargarejo de criolinaetc, um abraço,

    ResponderExcluir
  17. Resposta do post – PARTE I

    Prezada Ravena, eu gostaria de fazer algumas observações, se você me permitir, é claro, sobre este post e que foram adquiridas através de experiência própria:

    "Fuja da homeopatia (...)" – Eu conheço a homeopatia de longa data. Desde o tempo em que um pequeno frasco de medicamento homeopático durava meses (5 gotas por dia, de acordo com o caso), por exemplo. Com o decorrer do tempo, com o aumento pela procura de medicamentos homeopáticos por parte da população – especialmente a do publico que frequenta centros espiritas aonde são prescritas estas medicações por médiuns – a diluição das tinturas homeopáticas aumentou exponencialmente na mesma proporção em que a ganancia, a ambição e corrupção entre proprietários de farmácias homeopáticas associadas sob a forma de parcerias com os dirigentes de instituições que aparentemente tem um cunho filantrópico, sem fins lucrativos, aumentou. Eu frequentei por mais de vinte anos centros espiritas. Sem duvida, é claro que existem muitas coisas boas dentro de instituições como estas e de acordo com os motivos e a natureza pessoal de cada individuo que resolve buscar algum tipo de apoio ou de ajuda de cunho social, emocional, familiar, espiritual, etc. nestes lugares. Entretanto, é oportuno reconhecer que algumas coisas ruins também existem dentro delas. Parafraseando a situação vivida por Al Pacino, ao interpretar o Diabo no filme “O advogado do Diabo” – Keanu Reaves fez o papel do advogado – ao final do filme, depois de uma aparente vitória do “bem” contra o “mal”, o protagonista do mal se disfarça de repórter e interpela o jovem e vitorioso advogado se ele poderia conceder uma entrevista exclusiva para uma grande rede de televisão. Ao que o advogado interpretado por Keanu Reaves não hesita em aceitar o referido convite. Al Pacino vira-se e segue a sua caminhada falando: “A vaidade é o meu pecado predileto”. Aqui eu fiz uma mera analogia de um filme com uma situação que é recorrente entre os seres humanos: ambição, vaidade, cobiça, inveja, luxuria, orgulho, etc. pois, particularmente, as minhas convicções sobre Deus e a criação, atualmente, são o oposto da que eu tinha quando eu era mais jovem; E, neste sentido, eu posso assegurar que ela difere de uma maneira totalmente contraria ao que o consenso da maioria (religiões tradicionais) e da minoria (espiritualidade alternativa) acredita. Mas, isso já é um assunto para ser conversado num outro “convercê” com você. A “deixa” aqui foi de se salientar a urgente necessidade de se orientar adequadamente as pessoas “temporariamente ignorantes”, sob este aspecto, a procurarem ajuda de qualidade e com o único intento de que elas evitem ir de encontro a oportunistas atuando na área de homeopatia (se possível, pois, pessoas do tipo “Igreja Universal“ são uma realidade gritante tal como moscas irresistivelmente atraídas pelo poste de luz da rua à noite repleto de teias de aranha ao redor esperando por suas presas).

    ResponderExcluir
  18. Resposta do post – PARTE II

    “Yoga” – eu pratico Yoga (do meu jeito e sem a intenção de levitar ou de ser um Jedi, é claro)... E eu sempre fico me perguntando como eu pude viver tantos anos de minha vida sem a Yoga... Picaretas também atuam nesta área, infelizmente... contudo, eu procuro fazer a minha parte como posso orientando gratuitamente todas as pessoas.
    Eu adorei a minha experiência com o Tai Chi e recomendo fortemente esta arte marcial que, para mim, eu particularmente a denomino de a “arte de expressão, união e amplificação das potencialidades do corpo, da mente e da alma”. Eu conheci a Apometria e não me senti atraído por ela da mesma forma com relação aos grupos de “constelação familiar”. Entretanto, eu incentivo para que cada um descubra por si próprio aquilo o que melhor se encaixa e atende às suas necessidades individuais. Afinal de contas, eu sou uma pessoa cheia de imperfeições e eu vou morrer com muitas delas por mais que eu tente todos os dias diminuir a intensidade da presença de cada uma delas no dia a dia de minha vida. Mas, por que eu falo isto? Por que eu sou demasiadamente humano e por isso mesmo demasiadamente relativamente propenso a falhar da mesma forma que todas as pessoas comuns como eu o são. Uma época, como todo jovem arrogante, eu pensei que eu tivesse as respostas. Contudo, para a minha sorte, no uso da lei de ação e de reação, consequentemente, o criador de Universos colocou em meu caminho muitas pessoas que deixaram, cada uma do seu jeito e de acordo com as situações em nos conhecemos, uma “marca” em minha existência. Fosse esta “marca” ou contribuição deixada em minha vida de caráter “bom” ou “ruim” e as respectivas transitoriedades semânticas que estas palavras carregam em si próprias. A verdade é que todos nós estamos caminhando juntos em busca de nossa redenção particular e de acordo com as possibilidades que nós temos enquanto que o momento de nós virmos a transcender e impulsionar o nosso grau de compreensão para um outro nível de existência não desabrocha em nosso intimo...

    “Tome ansiolíticos” – Eu tive um serio transtorno psicológico ha muito tempo atrás e que irremediavelmente me levou a buscar ajuda profissional. E esta, por fim, acabou me receitando fluoxetina e outros medicamentos... Infelizmente, apesar de eu reconhecer os problemas relacionados a compostos que contem flúor e os respectivos efeitos colaterais advindos do consumo, esta foi a única maneira que eu encontrei de suportar a pior fase enquanto que eu lentamente ia me reconstruindo interiormente com a ajuda da Yoga, caminhadas, exercícios, etc... ate o momento em os problemas se perderam lá no ontem e agora nós somos felizes outra vez...

    ResponderExcluir
  19. Resposta do post – PARTE III

    “E vivem como se nunca fossem morrer... E morrem como se nunca tivessem vivido...” Dalai Lama – Eu particularmente sinto um profundo desprezo pela pessoa do Dalai Lama e tudo aquilo o que ele representa. Estude o passado do Tibet e você saberá o por que eu falo isso. Entretanto, eu trocaria a asserção proposta pela frase: “Aprenda como se você fosse viver para sempre. Viva como se você fosse morrer amanhã.... “ de Mahatma Gandhi.

    Eu poderia ficar conversando por horas e horas com você Ravena sobre tudo isso e muito mais... Eu poderia falar sobre a questão do “ser humano” que você com muita propriedade “puxou a orelha” com a melhor das intenções, mas pessoas são pessoas. Cada uma é uma fração do todo e cada uma tem um “ritmo espiritual muito particular”, uma capacidade de discernimento, um comportamento pessoal resultante do ambiente aonde elas cresceram, se desenvolveram e moldaram as suas respectivas personalidades e particularidades inerentes ao caráter de cada uma delas... Tem também a questão das relações sociais e emocionais, a maneira como cada uma delas reage sob pressão social, familiar, laboral, e uma infinidade de outras coisas não menos importantes que poderiam aqui serem citadas e que compõem e contribuem significativamente na formação do “todo” ou do mundo pessoal de cada ser humano.
    Muito obrigado por este belo post.

    Um forte abraco pra você e a sua família.
    Joao Ningishzida.

    ResponderExcluir
  20. Grata pelo excelente comentário Joao Ningishzida.
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  21. Agora eu preciso ir embora, minha criança. E você precisa renascer novamente começando a aprender a abrir mão de um passado, neste blog, que não lhe serve mais. O mundo precisa de pessoas boas estendendo as mãos para que todos juntos, num ato de amor e reciprocidade, busquem dentro de si próprios o desabrochamento do seu Deus interior. Aquele que está adormecido no intimo de cada centelha divina. Esperando o momento certo em que o conhecimento adquirido e a energia espiritual brotem de seus íntimos levando-os em direção ao Deus externo, o Criador de todos os universos e dimensões. Faça de sua vida um ato de amor, de fé e de compaixão. Nada nesta dimensão verdadeiramente é nosso. Tudo nesta dimensão é uma grande sala de aula repleta de testes e provas. Eu tenho fé em você. Um forte abraço com muito carinho. Adeus. Joao Ningishzida.
    https://www.youtube.com/watch?v=gHw55K4ByOA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renascimento é exatamente o que estou vivendo no momento, voltar às mensagens de crescimento faz parte daquilo que escolhi como missão.
      Amei o vídeo e espero que realmente não seja um adeus.
      Grande abraço

      Excluir

Comentário anônimo não será mais publicado devido a inúmeras discussões sem o menor sentido que alguns sem sintonia nenhuma no blog insistem em discutir com o objetivo de tumultuar o espaço que é feito para complementar e compartilhar informações e opiniões (não ofensas), a identificação também facilita o "diálogo".