16 novembro 2012

Video - A noite do ultimo Katun

Adorei o vídeo que a Laura Botelho achou de um chefe maya e resolvi compartilha-lo também, está em espanhol e inglês,  mas perfeitamente compreensível em espanhol, vale o esforço

Faz sentido pra mim, então vou passar adiante. 

Ravena


Vocês sabem que sou adepta de ler e ouvir de tudo para ligar os pontinhos.

Achei esse vídeo de uma palestra recente de um chefe - Ac Tah, do povo maya, que deu uma palestra em Santa Monica (USA) no mês passado falando sobre muita coisa que faz algum sentido.

Os antigos, com sua ciência avançada, viram claramente os eventos galácticos e solares que antecederam a nova era que chegará em torno da data de 2012. 

Seus calendários não só contavam o tempo com uma precisão incrível, mas o mais importante mapearam as flutuações na consciência humana ao longo do tempo e sobre o que poderia ocorrer em torno de 21 dezembro de 2012 e o significado para o mundo. 

Em seu livro - "A Noite do ultimo Katun" - Ac Tah revela as circunstâncias da partida / desaparecimento de seus antepassados ​​mayas e do seu plano de voltar. Ele explica por que as pirâmides foram construídas e como elas funcionam. Como, usando a tecnologia codificada Maya cada um de nós pode ativar seu DNA e origem a uma frequência mais alta a de um ser desperto. 

Ac Tah nos diz que os mayas eram cientificamente avançados e iluminados e que nos deixaram informações codificadas de tecnologia para este momento crucial na evolução da Terra e da humanidade.

Bom, há algumas incoerências na fala de AcTah com o que sua fisiologia, mas não vamos nos apegar a esses detalhes. Vamos focar na informação, se ela faz sentido com aquilo que intuímos.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentário anônimo não será mais publicado devido a inúmeras discussões sem o menor sentido que alguns sem sintonia nenhuma no blog insistem em discutir com o objetivo de tumultuar o espaço que é feito para complementar e compartilhar informações e opiniões (não ofensas), a identificação também facilita o "diálogo".