30 janeiro 2012

2012 - O ano das Mudanças - O colapso da economia e os rumores de guerra - Parte 2

Clique aqui para ler a Parte 1

O General Wesley Clark, aposentado 4 estrelas do Exército dos EUA diz que seriam desestabilizados sete países no Oriente Médio, começando com o Iraque, e depois a Síria, Líbano, Líbia, Somália, Sudão e finalizando, o Irã. Se não houvesse petróleo lá, seria como a África, ninguém está ameaçando intervir na África, diz o general.

Os caminhos da agressão à Síria passam através do Líbano. Os caminhos que estrategicamente agridem o Irão passam através da Síria. Os caminhos que agridem ou afetam estrategicamente a Rússia e a China passam através da Síria e do Irão.

Quase nove anos após a invasão que capturou e matou Saddam Hussein, o governo americano acabou com sua presença militar no Iraque e retirou cerca de 5,5 mil soldados remanescentes. A guerra teve um custo de cerca de US$ 1 trilhão (cerca de R$ 1,8 trilhão) para os cofres americanos.

Tira e Põe... Os Estados Unidos enviaram 12.000 soldados a Líbia, na primeira fase de mobilização na nação norte africana rica em petróleo.
Segundo o diário Asharq Alawsat, as tropas chegaram à cidade oriental portuária petrolífera de Brega. Ainda que se diga que presença militar está destinada a geração de estabilidade e segurança da região, se espera que as tropas tomem o controle dos campos chaves de petróleo do país e os portos estratégicos.

E cerca de 9.000 soldados norte-americanos desembarcaram em Israel para formar parte de um contingente militar que se prepara para um possível ataque ao Irão. Segundo informou uma fonte do Ministério da Defesa de Israel, os exercícios militares em conjunto estavam planejados há algum tempo e não estão relacionados diretamente com as manobras iranianas no estreito de Ormuz.

Elite, governo americano e CIA estão ocupados fabricando um novo cenário com o objetivo de distrair principalmente as mentes americanas dos gravíssimos problemas internos que o país enfrenta e aterrorizá-los novamente com problemas fabricados fora daquele país.

O Irã se estende desde a região do Mar Cáspio, ao norte, até o Golfo Pérsico e o estreito de Hormuz, no sul. São áreas com um alto valor estratégico. O Mar Cáspio é um dos maiores produtores de petróleo e gás; um Irã dominado pelos EUA facilitaria o trânsito dessas matérias primas para o Japão e Europa. Pelo estreito de Hormuz passam, por dia, 40% do petróleo mundial. “Se estabelecer o controle sobre o Irã, Washington teria também o controle militar da costa oriental do Golfo e da costa sul do Mar Cáspio, das suas reservas de petróleo e gás, consideradas ambas como as segundas em importância no mundo.

Os EUA já tem o controle militar de parte da bacia do Cáspio e do corredor que permite a comunicação dessa região com o Oceano Índico (Afeganistão e Paquistão). A maior parte do Golfo (Arábia Saudita e Iraque) também já está sob controle militar dos EUA. Ao final desta operação, Washington seria senhor e mestre das mais importantes áreas de exploração de hidrocarbonetos e das principais reservas ainda por explorar.

Irã quer fazer as suas vendas de petróleo em moedas que não seja o dólar. Embora a quantidade de dólares que circulam pelo mundo já não reflete qualquer riqueza real – pois os EUA botaram para funcionar “a máquina de imprimir dinheiro” sempre que necessitaram nos últimos 40 anos – a maioria das transações econômicas no comércio mundial são feitas em dólares; esta é a única “força” que resta para essa moeda. Se em algum momento o dólar deixasse de ser a moeda de referência para o comércio internacional, a economia mundial entraria em colapso. E não está em perigo só o dólar como moeda, mas também uma série de operações especulativas; quase as totalidades das bolsas de futuros de petróleo têm a sua sede em Nova York e Londres, e ambas as praças trabalham em dólar. Nestas bolsas ocorrem aumentos do preço do petróleo para beneficiar um punhado de especuladores.

O Irã aceita euros em suas vendas de petróleo desde 2003. Esta é uma das principais causas da crise EUA-Irã. Lembramos que Sadam Hussein quis fazer o mesmo com o petróleo do Iraque em 2000 e depois aconteceu o que aconteceu. Desde 2008 o Irã está deixando de vender petróleo em dólares e passou a negociar em euros e yuans. Digamos que, por outro lado, esta medida permitiu-lhe ganhar, em um ano, sete bilhões de dólares. Desde 2006, o Irã está transferindo suas reservas em divisas de bancos europeus para bancos asiáticos.

Três países não assinaram o Tratado de Não Proliferação (TNP): Índia, Paquistão e Israel. Todos os três são potências militares nucleares (o Irã não é); os três conseguiram isso com a ajuda dos EUA, nenhum dos três representa “perigo” algum para a comunidade internacional (o Irã é um perigo). Concretamente, Israel possui entre 200 a 300 armas nucleares e não permite nenhuma inspeção da AIEA (diferente do Irã, que já recebeu diversas visitas e receberá outra em breve); além disso, Israel viola a resolução do Conselho de Segurança de 1991 para que todo o Oriente Médio fosse zona livre de armas nucleares e de destruição em massa.

Há poucos meses, o Irã anunciou que tinha um orçamento de 250 milhões dólares para pesquisas nucleares com fins pacíficos. Por sua vez, os EUA tem 81 bilhões de dólares, não só para pesquisa, mas também para incrementar o seu arsenal nuclear, que atualmente é de 5.000 bombas nucleares.

A União Europeia proibiu a assinatura de contratos de petróleo com o Irã enquanto mantêm as transações existentes até 01 de julho de 2012, quando o embargo europeu, como a medida imposta pelos Estados Unidos, tornam-se total. Os ministros europeus estrangeiros também aprovaram um congelamento dos bens do Banco Central do Irã, que lida com todas as transações de petróleo do país. No entanto, acordos de petróleo podem ser canalizados através de bancos estatais turcos e indianos. China por sua vez declarou sua oposição às sanções contra o Irã.

DEBKAfile citam as fontes de inteligência que revelam que Teerã criou mecanismos alternativos financeiros com a China e a Rússia para ser pago por seu petróleo em outras moedas que não o dólar dos EUA. E ainda de acordo com Debka, a Índia é o primeiro comprador de petróleo iraniano a concordar em pagar por suas compras em ouro em vez do dólar dos EUA.

Em relação às novas sanções, Irã responderá aos boicotes em 11 de fevereiro e Mohamed Kousari, vice presidente da Comissão de Segurança Nacional e Política Externa do Palarmento iraniano, diz que se o Irã fechar o Estreito de Ormuz, os EUA e seus aliados não serão capazes de abri-lo e também acrescentou que 'se depois do fechamento do Estreito de Ormuz os EUA responderem, no menor tempo possível o Irã desestabilizará o mundo para os americanos e todos os militares serão obrigados a abandonar o Oriente Médio'

Compreenda a importância do Estreito de Ormuz no vídeo perfeitamente produzido abaixo (o cara literalmente desenhou):


A FEMA Transporta Tanques APC na Califórnia. Os tanques são armamento do tipo anti-pessoal, para enfrentar a população.
A filmagem foi feita na cidade de Watsonville, ao sul de Santa Cruz, no estado da Califórnia, dia 19/01/2012 pelo celular de Andrew Tuckman. O mesmo trem também foi filmado nas cidades de Castroville e Morgan Hill.


Helicópteros militares sobrevoam Los Angeles em simulação de guerra urbana. As imagens, capturadas pela cadeia CBS em Los Angeles, mostra um enorme helicóptero Blackhawk aproximando-se do edifício do U.S. Bank junto com outros quatro.
Helicópteros OH-6, conhecidos como “Little Birds”.
Os jornalistas do helicóptero da CBS informaram ter visto o Blackhawk realizar uma aterrissagem e despegue num parque próximo antes de levantar vôo novamente sobre o céu de Los Angeles. Os helicópteros, que tiveram sua base no Dodger Stadium durante todo o exercício, foram vistos mais tarde voando a baixa altitude sobre o Staples Center de Los Angeles enquanto os Lakers jogavam em seu interior.

A polícia de Los Angeles disse que o objetivo do treinamento foi em parte para garantir a capacidade dos militares para operar em ambientes urbanos.
A polícia de Los Angeles também disse que as precauções de segurança foram tomadas para prevenir os riscos para o público em geral, bem como o pessoal militar envolvido.
Exercícios semelhantes foram vistos em Miami e Boston.


O sistema econômico que conhecemos está fadado a cair, para nascer uma única moeda mundial é necessário que as outras desapareçam e as últimas guerras tiveram o propósito de preparar o inconsciente coletivo das pessoas para a grande guerra que está a caminho. O Irã, não é como a Líbia, o Iraque, Afeganistão ou Síria. Um conflito com o Irã provocará a guerra descrita nos "textos sagrados", que aliados à ataques de falsa bandeira e possíveis eventos naturais num mesmo período, estabelecerá o ambiente perfeito para tudo que "eles" desejam e precisam para efetivar a implementação da Nova Ordem Mundial.

Uma população em permanente estado de choque não faz perguntas. 
O desejo de guerra se torna o desejo do povo. 


Nenhuma arma do mundo funciona sozinha, é preciso algo que apelidamos de ser humano para apertar o gatilho. O que foi programado está sendo concretizado, porque a humanidade em conjunto o concretiza, por isso não há como lutar contra o sistema, porque estaríamos lutando contra nós mesmos. Os pais educam seus filhos desde pequenos a violar e agredir outro da mesma espécie, nossa civilização está programada (educada) para matar. 


Mesmo alguns que se dizem religiosos aguardam ansiosos pela Terceira Guerra Mundial, a guerra que terá gatilho na terra prometida (Israel), que prenuncia a chegada de seus respectivos messias e delimita a suposta divisão que reinará entre os "bons" e "maus".  Estão todos aguardando para ver seus desafetos sofrerem durante a tribulação para depois se estabelecer o Paraíso na Terra. Num mundo onde reina a dualidade, não poderia ser diferente e enquanto houver mentes afinadas nesse programa, ele se reinstalará passando pelos devidos upgrades: as pessoas não mais se divertem assistindo os gladiadores ou enforcamento em praça pública, a moda agora é sexo no BBB, hipnose "futebalística" e a luta dos novos gladiadores em show de horror da UFC




A maioria momentaneamente se solidariza com essa imagens e pensa que tem solução, mas não compreende que onde há “senhores” haverá sempre algum tipo de escravidão. :

O reino de "Deus", o Paraíso à la Nova Ordem Mundial "nascerá" e os escolhidos nem se darão conta disso. 


Continua...

Ravena

Não senhor, sim senhor, não senhor, sim senhor!!




Fontes de pesquisa:
http://2012umnovodespertar.blogspot.com/2012/01/nada-mais-nada-menos-que-george-soros.html
http://2012umnovodespertar.blogspot.com/2012/01/eua-se-retiram-do-iraque-mas-pulverizam.html
http://existenciaconsciente.blogspot.com/2012/01/ira-o-que-esta-por-detras-do-embargo.html
http://2012umnovodespertar.blogspot.com/2012/01/um-duro-golpe-ao-dolarindia-vai-comprar.html
http://celiosiqueira.blogspot.com/2012/01/eua-sob-tensao-estaria-china-se.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+blogspot%2FOKwaz+%28A+Verdade+Liberta%29
http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2011/12/111201_celac_desafios_cj.shtml
http://exame.abril.com.br/economia/brasil/noticias/onu-tera-sede-propria-em-brasilia
http://www.brasilindomavel.com.br/sistemas-de-controle/lei-marcial-e-aprovada-nos-eua-e-podera-iniciar-revolucao
http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=frwKYvMeoMc#!
http://noticias.r7.com/internacional/noticias/alunos-desmaiam-de-fome-em-escolas-da-grecia-20111218.html
http://www.nucleodenoticias.com.br/2011/11/30/american-airlines-pede-falencia/
http://g1.globo.com/economia/noticia/2012/01/kodak-pede-concordata-nos-eua.html
http://www.nucleodenoticias.com.br/2008/12/09/sony-eliminara-8-mil-empregos-no-mundo-todo-diante-da-crise/
http://g1.globo.com/economia/noticia/2012/01/standard-and-poors-preve-leve-alta-de-quebra-na-europa-em-2012-estudo.html
http://economico.sapo.pt/noticias/sp-classifica-divida-de-portugal-de-lixo_135870.html
http://eindtijdnieuws.blogspot.com/2012/01/something-very-big-will-happen-on.html
http://www.tvi24.iol.pt/internacional/governo-britanico-portugal-plano-contigencia-tvi24/1309663-4073.html
http://brasil247.com.br/pt/247/mundo/30404/Estados-Unidos-entregam-%C3%BAltima-base-no-Iraque.htm
http://usa.sionismo.net/eua-destaca-9-000-soldados-em-israel/
http://anncol-brasil.blogspot.com/2012/01/se-os-eua-atacarem-o-ira-sobrevivencia.html
http://g1.globo.com/mundo/noticia/2012/01/ira-respondera-a-sancoes-e-boicote-de-petroleo-em-11-de-fevereiro.html
http://www.youtube.com/watch?v=oQ1pavSr7ak&feature=player_embedded

29 janeiro 2012

2012 - O ano das Mudanças - O colapso da economia e os rumores de guerra - Parte 1

O colapso da economia e os rumores de guerra

Presidentes e representantes dos 33 países da América Latina se reuniram no dia 2 de dezembro, em Caracas, para formalizar a criação da Comunidade de Estados Latino-americanos e Caribenhos (Celac). Foi a primeira vez que os países do continente se articulam em uma mesma plataforma política - com a tarefa de tentar aprofundar a integração regional - sem a presença dos Estados Unidos e do Canadá.

Disse Hugo Chávez: "Este processo tem que ser independente do socialismo cubano, do socialismo venezuelano, ou do sistema de governo e ideologia do governo do Brasil, da Colômbia (...) é a união política, geopolítica, e sobre esta união vamos construir um grande pólo de poder do século 21."

Para o o economista americano Mark Weisbrot, co-diretor do Center for Economic and Policy Research, de Washington, a Celac é criada em um momento em que a América Latina se consolida como uma região "mais independente do que nunca".
"Washington ainda é o principal problema no hemisfério, especialmente com respeito à democracia e à auto-determinação nacional".

E todos os especialistas concordaram que o Brasil deve assumir o papel de "liderança natural".

"O Brasil é uma potência regional, tem sido (protagonista) pró-democracia e em defesa independência regional na América Latina. Deve ajudar a desempenhar este papel dentro Celac", disse Mark Weisbrot.

Aproveitando a onda de concordâncias dos especialistas em relação à liderança natural brasileira, a ONU pegou carona e terá sede própria em Brasília. A entrega do primeiro módulo do projeto está prevista para o segundo semestre de 2012. No dia 8 de dezembro foi lançada a pedra fundamental do complexo que irá abrigar agências especializadas, fundos e programas da organização internacional. A ONU tem mais de 60 casas no mundo.

A área total de construção da primeira fase da obra é 3.135 metros quadrados (m²) e O custo da obra está orçado em US$ 5,147 milhões.

O coordenador da assessoria Internacional do Distrito Federal, Salviano Guimarães, que estava representando o governador Agnelo, falou sobre a importância da obra. “Esta obra que tem um significado impar para nós porque é uma das poucas sedes da ONU no mundo”.

O coordenador também falou sobre o futuro Parque das Nações Unidas que será construído para abrigar outras agências da ONU, como a Organização Internacional do Trabalho (OIT) e a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Já na terra do Tio Sam, o Congresso americano aprovou a Lei Nacional de Autorização de Defesa (NDAA), que dá poder ao Governo Federal de usar as Forças Armadas contra a sua própria população, de prender por tempo indeterminado americanos em qualquer lugar no mundo, sem nenhuma acusação formal e sem o devido processo legal, para que esta lei entre em vigor, deverá ser sancionada pelo presidente Nobel da Paz Barack Obama. De acordo com o ex-editor do Wall Street Journal, Paul Craig Roberts, Obama deverá vetá-la porque já estaria fazendo uso desses poderes ilegais independente da aprovação do Congresso e porque uma eventual sanção colocaria os Estados Unidos numa posição de violação da Convenção de Genebra, uma vez que entre as implicações da detenção militar está o fato de que os detidos são considerados prisioneiros de guerra.

Bom, Obama não precisou da autorização do Congresso para autorizar o ataque militar à Libia...

Junto a aprovação da Lei de Autorização de Defesa Nacional (NDAA), o governo americano está ativando os campos da FEMA por todos os Estados Unidos, contratando pessoas para opera-los, os campos precisam estar prontos num período de 72 horas depois de solicitado. Foram mais de duas décadas construindo e agora em fevereiro estão contratando mais de cem mil vagas para especialistas nos EUA. Veja na íntegra no vídeo do Alex Jones:


Enquanto o Tio Sam se prepara para a guerra civil, o colapso do dólar entre ataques de falsa bandeira e desastres naturais, na Grécia, alunos desmaiam de fome nas escolas. O primeiro caso de desmaio ocorreu há cerca de um ano. A ele seguiram-se mais denúncias de professores, que garantem que alunos ficam na escola até às 16h sem comer nada o dia inteiro.



A Europa está enfrentando uma descida ao caos e conflito. Na América ele prevê tumultos violentos nas ruas que levará a uma repressão brutal que irá reduzir drasticamente as liberdades civis. O sistema econômico global pode desabar completamente.

"Eu não estou aqui para animá-lo. A situação meu caro é tão séria e difícil como eu já experimentei na minha carreira ".

"Estamos enfrentando um momento extremamente difícil, comparável em muitos aspectos à década de 1930, a Grande Depressão. Estamos enfrentando agora uma retração geral no mundo desenvolvido, que ameaça nos colocar em uma década de estagnação ou mais, ou pior. O melhor cenário é um ambiente deflacionário. ” O pior cenário é um colapso do sistema financeiro ".

"O colapso do sistema soviético foi um evento realmente extraordinário, e atualmente estamos experimentando algo semelhante no mundo desenvolvido, sem compreender plenamente o que está acontecendo."

“Ocupar Wall Street "é uma manifestação, incipiente liderança de protesto", mas vai crescer. À medida que aumenta a raiva, tumultos nas ruas de grandes cidades americanas são inevitáveis. "A resposta à agitação poderia ser mais prejudicial do que a própria violência. ” "Vai ser uma desculpa para aqueles que querem reprimir e usar táticas de força para manter a lei e a ordem, que, levado ao extremo, poderia levar a um sistema marcial repressivo político, uma sociedade onde a liberdade individual é muito mais restrita, o que seria um romper com a tradição dos Estados Unidos”.



Michael Lombardi previu quase todos os principais eventos e ações de mercado da década passada.

E em janeiro de 2011, ele advertiu seus leitores que o mercado de ações poderia iniciar uma queda livre exatamente em 02 de maio de 2011. A partir desse dia até 04 de outubro de 2011, o Dow Jones Industrials caiu gritantes 2.472 pontos .

Hoje, Michael está fazendo sua maior previsão: a data exata, do crash da bolsa americana em 2012, prevista por ele em 13 de abril de 2012.

Lindsey Williams diz que o euro deve colapsar antes do dólar e o governo inglês já tem um plano de contingência para retirar os seus nacionais de Portugal e Espanha de aviões, barcos e autocarros se o euro colapsar, os britânicos que vivem em Espanha e em Portugal podem ter ajuda do Governo para deixarem os países se a crise na zona euro arrastar os seus bancos e eles deixarem de ter acesso às suas contas bancárias.

A experiência e história mostram que os grandes conflitos sempre tiveram conotação econômica, é parte fórmula da doutrina de choque praticada pela Elite há séculos. 

O Terrorismo e a alegação de armazenamento e fabricação de armas nucleares são as desculpas das últimas décadas e tem funcionado...Mais recentemente a intervenção humanitária foi usada como a mais pobre das desculpas para a invasão a paises como a Líbia.  

Continue lendo a parte 2


Ravena



28 janeiro 2012

Vento da Mudança

Oi pessoal, espero que todos vocês, meus queridos leitores estejam bem, saudáveis, felizes e que tenham começado 2012 com disposição para as mudanças, com ênfase nas internas, porque as externas acontecerão de qualquer forma, preparados internamente tudo fica mais fácil e ocorre naturalmente sem impactos que possam lhe fazer qualquer mal.

O conhecimento nos dá vantagem e por termos informações que a maioria nem desconfia, ficamos na expectativa dos acontecimentos, mesmo que esses aconteçam bem debaixo de nossos narizes, a impressão que temos é que tudo está rolando a passos de tartaruga, mas isso se deve justamente porque sabemos de ante mão com base na observação dos fatos de modo a compilar uma visão geral dos acontecimentos, mesmo faltando algumas pecinhas do quebra-cabeça, conseguimos visualizar a imagem completa. A peça de teatro se desenrola enquanto sabemos um pouquinho do que rola também nos bastidores.

Estou fazendo um apanhado geral e fica impossível num único post, por isso vou dividi-los em partes. Minhas férias foram ótimas e o ano começou cheio de novas experiências que só contribuíram para a minha disposição em modificar o que não estava 100% de alguma forma e dar ênfase no que me faz bem.   

Prometi fotos do Sol durante minha estadia em Balneário Camburiu - Santa Catarina, infelizmente, foram 9 dias de céu nublado, em função disso, tenho poucas fotos do Sol e nem sinal de qualquer corpo celeste pertinho dele...snif...separei algumas do pôr do Sol que enaltecem sua beleza mas as "bolinhas" que aparecem nas fotos, são apenas reflexos ou lens flares:








Quem sabe na próxima...

Gostaria de compartilhar com vocês meu carinho e minha gratidão a todos que deixaram comentários carinhosos, emails ou mesmo questionaram minha ausência a outros blogueiros amigos. 

Gosto de fazer as coisas com calma, no silêncio e com a mente focada naquilo que desejo desenvolver e o começo do ano foi corrido, mas tudo tem seu tempo não é mesmo? 2012 para o blog começa hoje e ainda temos muito a desenrolar. 

A primeira parte do apanhado geral será sobre a economia e os rumore de guerra, seguido por temas que nos proporcionará uma visão geral dos últimos acontecimentos e quem sabe os eventos futuros que já estão se desenvolvendo. 


Einstein "A única fonte de conhecimento é a experiência" "Somos arquitetos do nosso próprio destino"


Você disse em algum lugar que "A imaginação é mais importante do que conhecimento."


Einstein: "A única coisa realmente valiosa é a intuição."


Todos estamos escutando o vento da mudança.


Beijo no coração de todos.
Ravena